Início NASCAR NASCAR – Kevin Harvick domina a rodada dupla em Michigan – 2020

NASCAR – Kevin Harvick domina a rodada dupla em Michigan – 2020

97

 4 min de leitura

Cup Series da Nascar realizou duas corridas no oval de Michigan. Créditos : Jared C. Tilton | Getty Images (Nascar.com)

Olá amigos e amigas do Tomada de Tempo e do Kojak! No último fim de semana a NASCAR colocou seus pilotos das principais divisões para trabalhar. Rodada cheia com muitas corridas, inclusive uma rodada dupla da Cup Series que correu no sábado e no domingo.

A Truck Series foi para a pista na sexta feira e mais uma vez consolidou a frase que todos conhecem: “Na Truck não tem corrida ruim”. Muita emoção, disputas acirradas e obviamente várias bandeiras amarelas. Depois de muita história para contar, o vencedor saiu apenas na prorrogação e foi o promissor Zane Smith de 21 anos, que venceu pela primeira vez na categoria.

Já a Xfinity não correu no oval de Michigan e sim no misto de Road America em Elkhart Lake. Cada vez mais, com a chegada das novas gerações de pilotos, a NASCAR vem mostrando que é muito boa virando também para a direita e assim, Austin Cindric conquistou sua quarta vitória na temporada e é o líder na tabela de classificação, perseguido pelo bom Chase Briscoe.

Como escrito acima, na categoria principal, a Cup Series, estavam programadas duas corridas no oval de Michigan. Mas posso afirmar que foram provas bem distintas.

Na corrida de sábado, apesar da disputa principal novamente girar em torno da dupla do momento, Kevin Harvick#4 e Denny Hamlin#11, a prova nos proporcionou boas disputas e grandes momentos, como a recuperação de Martin Truex Jr.#19 que perdeu várias posições, chegando a ficar uma volta atrás em relação aos líderes e mesmo assim, se recuperou e fechou a prova numa incrível P3. Coisas da NASCAR…

Dominantes na temporada, Harvick#4 e Hamlin#11 seguem firmes rumo à final. Créditos : Jared C. Tilton | Getty Images (Nascar.com)

Mas com direito a “totó” em disputa pela liderança com Kyle Busch#18, Harvick#4 venceu a primeira do fim de semana, seguido por Brad Keselowski#2 e Truex. Jr#19. Aliás, sobre o piloto do Ford nº 2, saiu a confirmação da renovação de seu contrato com a Penske. Menos uma vaga a disposição. Por outro lado, o mesmo Keselowski era cotado para o carro 48 de Jimmie Johnson, que se retira da categoria no fim do ano. E agora, quem vai assumir o 48? Ou a Gibbs vai diminuir a sua formação para três carros? Cenas dos próximos capítulos.

O destaque negativo nessa prova foi o novato John Hunter Nemechek#38, que já até elogiei em resenhas anteriores, mas que entrou em “parafuso” nas últimas corridas e se perdeu na temporada, sendo que nesta prova, chamou a bandeira amarela por três vezes! O garoto é bom, mas tem que entender que tem um equipamento limitado e não tem como andar mais que o carro. Quer enfrentar seus rivais Reddick#8, Bell#95 e Custer#41, mas não tem carro para isso.

Na prova de domingo a sensação foi que os pilotos estavam com um pouco de preguiça ou seria cansaço? A corrida nos dois primeiros segmentos foi realmente monótona, deixando alguma emoção para o último terço.

E neste segmento veio a grande imagem desta prova que foi o toque de líderes entre Ryan Blaney#12 e Brad Keselowski#2, companheiros de Penske que abandonaram juntos a prova. “Bad Brad” assumiu a culpa pelo acidente, mas acredito que o chefe Roger Penske não tenha ficado tão comovido assim com o pedido de desculpas.

Após mais uma bandeira amarela provocada por Christopher Bell#95, Harvick veio para cima e assumiu a ponta. Então, mais uma vez o apelido “The Closer” se fez valer e ele colocou a segunda prova do fim de semana no bolso. Dois coelhos numa cajadada só? Harvick#4 chegou a 6ª vitória na temporada. Na P2 fechou ele, Denny Hamlin#11 e Truex Jr.#19 novamente colheu uma boa P3.

Por falar em Christopher Bell#95, sua equipe, a “Leavine Family Racing” infelizmente encerrará as atividades, mas o jovem piloto não ficará sem carro em 2021, já que a forte equipe “Joe Gibbs” anunciou que Bell ocupará o lugar do dispensado Erik Jones no carro 20. Já Jones é um dos candidatos ao carro 48 de Jimmie Johnson, isso se houver carro 48 na equipe Hendrick na próxima temporada. Ou seja, além das emoções nas pistas, tem muita coisa acontecendo nos bastidores também.

Em dois dias, duas vitórias de Kevin Harvick#4 Créditos : Jared C. Tilton | Getty Images (Nascar.com)

A NASCAR volta novamente com rodada cheia no próximo fim de semana. Pela primeira vez na história da categoria, suas três principais divisões vão correr no tradicional circuito misto de DAYTONA. No sábado, dia 15/08 a Xfinity abre o fim de semana e no domingo teremos a Truck Series e depois a Cup Series. Mais um fim de semana repleto de velocidade. Veja o calendário completo aqui!

Na tabela da Cup, cada vez mais a pressão aumenta para quem está na bolha, ou seja, na disputa pelas últimas vagas dos playoffs. Após a rodada dupla em Michigan, acredito que permanece a disputa entre, Bowyer#14, Di Benedetto#21 e Byron#24, que estão dentro no momento, contra Reddick#8, Jimmie Johnson#48 e Erik Jones#20, que ainda respiram na luta por uma vaga. Isso se alguém que está fora dessa briga não ganhar uma prova e diminuir o funil.

Fonte : Mídias sociais da Nascar (@Nascar)

Pois é amigos e amigas, VIVA A NASCAR! E continuem acompanhando tudo pelo TOMADA DE TEMPO! E como diria Kal-El: “Para o alto e avante!!”.

MELHORES MOMENTOS

SÁBADO

DOMINGO

SIGA MINHAS REDES SOCIAIS