Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – Programação, horários e transmissão – GP da Rússia –...

FÓRMULA 1 – Programação, horários e transmissão – GP da Rússia – 2015

57

gp_russia_2015_f1

E neste final de semana chegamos 2ª edição do GP da Rússia de Fórmula 1 (F1) dos tempos modernos**. O palco será o circuito de Sochi que possui 5848 metros de extensão e é o 3º maior circuito da temporada (perde para os invencíveis Spa-Francorchamps e Silverstone).

Quem chega à Rússia com muita expectativa é a Mercedes, já que pode repetir o feito de 2014 e já garantir o Mundial de Construtores em Sochi. Não que fosse grande a preocupação da equipe, mas ser campeão com 4 etapas de antecedência dá aquela acariciada no ego. O time precisa de apenas 3 pontos a mais que a Ferrari para faturar o título!

Fonte: Wikipédia
Fonte: Wikipédia

Quanto aos pilotos, chegamos na 15ª etapa com Hamilton líder (277 pontos), seguido do companheiro Nico e seus 229 pontos e perseguido de perto pelo Vettel com 218. Dos brasileiros o melhor colocado é Massa com apenas 97 pontos.

Felipe Massa está animado com a etapa russa. Diferentemente de TODO o resto do mundo que aposta em baixo desempenho do seu FW37/Williams, o brasileiro dispara: “Penso ao contrário, é favorável, conforme demonstramos no ano passado. Esse circuito não tem nada a ver com uma pista de rua. Espero ter um fim de semana limpo desta vez e aproveitar a oportunidade que a Williams deverá ter aqui”.

O outro brasileiro, Felipe Nasr, está soltando foguetes! A seu pedido o engenheiro Craig Gardiner foi substituído por Paul Russell e já começa o trabalho neste final de semana! Outro ponto animador é que Nasr terá um carro praticamente novo e quem sabe um recomeço no fim do campeonato! Não que o menino esteja envergonhando seus fãs, já que tem feito até demais com o C34 que prometeu mais que cumpriu. Fora as questões envolvendo seu, agora, antigo engenheiro. “Paul era o engenheiro de Pedro de la Rosa (piloto da Sauber em 2010). Eu trabalhei com ele nos testes da pré-temporada e nos treinos coletivos de Spielberg (Áustria), este ano” – destaca Felipe animado com os próximos GPs. Já em relação a Sochi, o piloto diz “A pista tem algumas características que ajudam o nosso carro. É travada, não requer tanta pressão aerodinâmica, como em Suzuka, por exemplo”.

Já na questão do “Merchân”, Niki Lauda e Tio Bernie se resolveram. Ecclestone havia justificado a falta de exibição das Mercedes no GP do Japão, dizendo que passar apenas os carros do 1º pelotão é tedioso! E concordo com ele, ao meu ver a transmissão apenas falhou em não mostrar os PITS dos ponteiros, mas dar foco aos carros intermediários foi fantástico e deixou claro que existe emoção por aquelas bandas! Mas Lauda reclamou, reclamou, chegou a sugerir que Bernie havia perdido o jeito da coisa, e ao final Tio Bernie garantiu que dará mais exibição aos ponteiros… ops… quer dizer, à Mercedes.

** Duas corridas foram disputadas na Rússia antes da 1ª Guerra Mundial e inclusive do surgimento da F-1 (1950). A primeira corrida foi em 1913, vencida pelo russo Georgy Suvorin. A segunda foi em 1914, vencida pelo alemão Willy Scholl.

SITUAÇÃO DO CAMPEONATO – TOP 10

top10

PROGRAMAÇÃO e TRANSMISSÃO

Detalhe importante neste final de semana é que a Rede Globo não disponibilizou em sua programação se passará ou não o ridículo FLASH de 9 minutos do Treino Classificatório da Fórmula 1. Deve ser pelo fato de que o programa “É de casa” esteja ESTOURANDO a audiência e batendo suas grandes concorrentes SBT, RECORD. #SQN

programacao_formula1_15