Início Destaque FÓRMULA 1 – Vitória de Verstappen e outros destaques do GP da...

FÓRMULA 1 – Vitória de Verstappen e outros destaques do GP da China – 2024

531
(Foto: Lars Baron/Getty Images/Red Bull Content Pool)
Quinta etapa em formato Sprint mostrou domínio da Red Bull, forte competitividade da McLaren e azar da Visa Cash App.

A Fórmula 1 realizou neste fim de semana (19, 20 e 21) o Grande Prêmio da China, a quinta etapa da temporada, no Circuito Internacional de Xangai. O vencedor da Sprint no sábado foi Max Verstappen, seguido de Lewis Hamilton e de Sergio Perez.

Na competição principal de domingo, Max também levou a melhor, ao terminar na frente de Norris e do parceiro de equipe, Perez, que garantiu a P3 nas duas disputas. O ponto adicional da volta mais rápida no GP deste domingo ficou com Fernando Alonso, enquanto Lando Norris foi eleito Piloto do Dia na votação oficial da F1.

Vale mencionar que Verstappen conquistou a 100ª pole da RBR na Fórmula 1, e essa é a primeira vitória do atual tricampeão no Circuito Internacional de Xangai.

Análise de desempenho geral das equipes

A McLaren teve um final de semana agradável, com um bom aproveitamento das duas corridas na China. Na Sprint, Lando Norris largou na pole mas, ao ficar sem espaço durante as primeiras curvas após a largada, escorregou e acabou fora da pista. O britânico perdeu várias posições no contratempo e terminou na P6, com o companheiro de equipe, Oscar Piastri, logo atrás, na P7.

A prova principal foi uma espécie de redenção para Lando, que viu as luzes se apagarem da P4 e a transformou em uma finalização no pódio, bem no meio dos dois pilotos Red Bull. No outro carro, Piastri também alcançou o top 10 final do GP, ao concluir na P8. Assim, a escuderia britânica apresentou uma forte performance em território asiático.

A Ferrari foi uma competidora do grupo de dianteira que ficou fora do pódio, mas mostrou uma consistência inegável no final de semana. Na Sprint Race, tanto Charles Leclerc quanto Carlos Sainz concluíram a corrida curta entre os oito que marcaram pontos, na P4 e P5, de forma respectiva.

Curiosamente, ao final da prova deste domingo, os dois pilotos alcançaram o mesmo resultado em relação a Sprint, após uma briga acirrada e que gerou até contato entre os dois parceiros da equipe com sede em Maranello. No agregado, a Ferrari teve um fim de semana satisfatório, mas faltou o pódio em Xangai.

A Mercedes vivenciou a quinta etapa da temporada de forma parecida com a rival McLaren, ao garantir um lugar no top 3 final na Sprint e uma dupla finalização nos pontos em ambas as corridas do final de semana. No sábado, Lewis Hamilton, que largou em segundo, cruzou a linha de chegada na P2, enquanto George Russell pegou o último lugar do top 8.

Ao final do GP, foi a vez de Russell liderar a dupla Mercedes, ao receber a bandeirada em sexto lugar, enquanto o parceiro de equipe, Hamilton, foi o nono colocado. No panorama geral, a McLaren foi muito bem na China, mas não o suficiente para diminuir consideravelmente a diferença em relação a McLaren no campeonato de construtores.

A Aston Martin experimentou um final de semana conturbado e cheio de inconvenientes na China. Na Sprint Race, Fernando Alonso, em uma briga acirrada pela P3 com seu conterrâneo Carlos Sainz na volta 16/19, tocou no espanhol da Ferrari, furou o pneu dianteiro direito de seu AMR24 e acabou fora da prova. No outro carro, Lance Stroll ficou longe do parceiro, ao concluir na P14.

No dia seguinte, Alonso se redimiu, ao largar em terceiro e concluir a prova de longa duração em sétimo lugar (com a volta mais rápida). Stroll, mais uma vez, entregou uma finalização ruim para a Aston, ao receber a bandeira quadriculada na P15. Sem dúvidas, quem salvou a escuderia britânica foi Fernando, mas o fim de semana decepcionante no geral resultou em um aumento da distância entre a rival no campeonato, Mercedes que, agora, está 12 pontos à frente.

Entre as equipes da lanterna, a Haas foi a que aproveitou a quinta etapa da temporada, mesmo com apenas um ponto. Na Sprint, a escuderia americana terminou fora da zona de pontuação, mas, no dia seguinte, Nico Hulkenberg garantiu a décima colocação no fim da corrida de domingo, depois de ver o apagar das luzes da P9.

O companheiro do alemão, Kevin Magnussen, não marcou pontos no GP, e ainda recebeu uma punição de +10s no tempo final por causar uma colisão na relargada. Dessa forma, Hulkenberg foi o herói da Haas em território asiático, e o responsável por fazer a escuderia com sede na Carolina do Norte (EUA) se destacar entre as adversárias de fundo do grid.

O GP da China foi o pior final de semana da temporada para a Visa Cash App RB, não só pela falta de pontos marcados, mas pela forma que a etapa se encerrou para a equipe satélite da Red Bull. A Sprint Race foi uma prova ruim para Daniel Ricciardo e Yuki Tsunoda, que receberam a bandeirada final na P11 e P16, respectivamente.

Na competição de domingo, as coisas foram ainda piores. Após o Safety Car gerado por Valtteri Bottas se tornar bandeira verde, Ricciardo sofreu um toque na traseira de seu carro, causado por Lance Stroll, e abandonou a disputa. Tsunoda também foi atingido, mas por Kevin Magnussen, que tocou a sua roda dianteira esquerda na roda traseira direita de Yuki. Por isso, o japonês também não viu a bandeira quadriculada, e consumou o abandono duplo da Visa Cash App.

Entre as outras equipes que terminaram o final de semana em Xangai zeradas estão a Williams, Alpine e Stake Kick Sauber, esta que terminou com apenas um carro na disputa de domingo, devido ao abandono de Valtteri Bottas por problemas em seu C44.

Top 10 do campeonato de pilotos:

1 – Max Verstappen #1 (Red Bull Racing) – 110 pts

2 – Sergio Perez #11 (Red Bull Racing) – 85 pts

3 – Charles Leclerc #16 (Scuderia Ferrari) – 76 pts

4 – Carlos Sainz #55 (Scuderia Ferrari) – 69 pts

5 – Lando Norris #4 (McLaren) – 58 pts

6 – Oscar Piastri #81 (McLaren) – 38 pts

7 – George Russell #63 (Mercedes-AMG F1) – 33 pts

8 – Fernando Alonso #14 (Aston Martin Aramco) – 31 pts

9 – Lewis Hamilton #44 (Mercedes-AMG F1) – 19 pts

10 – Lance Stroll #18 (Aston Martin Aramco) – 9 pts

Campeonato de construtores:

1 – Red Bull Racing – 195 pts

2 – Scuderia Ferrari – 151 pts

3 – McLaren – 96 pts

4 – Mercedes-AMG F1 – 52 pts

5 – Aston Martin Aramco – 40 pts

6 – Visa Cash App RB – 7 pts

7 – Haas F1 Team – 5 pts

8 – Williams Racing – 0 pts

9 – Alpine F1 Team – 0 pts

10 – Stake Kick Sauber – 0 pts

A próxima etapa da temporada 2024 da Fórmula 1 será o Grande Prêmio de Miami, no dia 5 de maio.