Início Destaque FÓRMULA E – Aquecimento para o E-Prix de Mônaco – 2024

FÓRMULA E – Aquecimento para o E-Prix de Mônaco – 2024

610
(Foto: Andrew Ferraro/Fórmula E)
Saiba as principais informações do E-Prix, detalhes do circuito e o que esperar da corrida mais glamorosa do calendário, na casa da Maserati.

A Fórmula E está de volta neste fim de semana (26 e 27) para realizar o E-Prix de Mônaco, a oitava etapa da temporada 2023/2024 que acontecerá em Monte Carlo, bairro localizado na zona costeira do Mediterrâneo, ao sul da França.

A disputa de sábado será a sétima passagem da categoria elétrica pelo Principado de Mônaco, que utiliza o traçado clássico de Fórmula 1 desde a rodada 2020/2021. Além disso, o E-Prix europeu passou a ser uma prova fixa no itinerário da F-E a partir do mesmo período. Nos anos anteriores, a etapa acontecia em intervalos de dois anos.

Essa será a corrida em casa para a equipe Maserati MSG Racing, que terá apoio da maior parte da torcida nas arquibancadas. Vale lembrar que a escuderia com sede em Monte Carlo vem da etapa passada em Misano com uma forte motivação para este final de semana: o terceiro lugar conquistado por Max Günther.

O impulso recente do pódio pode ajudar a Maserati a superar o resultado decepcionante que sofreu em casa na temporada anterior, quando Edoardo Mortara finalizou na P11 e Günther não cruzou a linha de chegada.

Layout do circuito monegasco
Circuito Urbano de Mônaco (Imagem: Fórmula E/Divulgação)

O Circuito urbano de Mônaco possui 3.337 km de extensão, 19 curvas (12-D e 7-E), fluxo no sentido horário e trechos predominantes de média velocidade, com várias curvas de baixa.  A prova terá 29 voltas, o equivalente a uma distância de 96.773 km.

O gerenciamento de energia por parte dos pilotos não é um problema em Monte Carlo, mas requer total foco dos competidores, principalmente no final do setor 3 a caminho do 1, entre as curvas 19 e 5.

Um fator crucial em Mônaco é a classificação. As ruas do Principado são estreitas e ganhar posições durante a corrida é um grande desafio. Assim, o qualifying será ainda mais importante nesse final de semana.

A zona de detecção do Modo Ataque ficará localizado no canto da curva 4, uma área que precede um trecho de média velocidade e que tradicionalmente recebe a área de boost.

Expectativas dos pilotos brasileiros
Lucas Di Grassi (Foto: ABT/Divulgação)

Lucas Di Grassi #11 (ABT CUPRA): “Agora estamos em posição de lutar por pontos regularmente. Esse era o nosso objetivo no início da temporada. Se continuarmos assim, podemos pensar no próximo estágio, que é lutar pelo pódio. Mas o carro ainda precisa melhorar.

“Mônaco é minha segunda corrida em casa, logo atrás de São Paulo, e é uma sensação curiosa pilotar nas ruas em que eu normalmente dirijo com a minha família, com meus filhos no banco de trás. De qualquer forma, estou confiante e nossa meta é conquistar pontos em todas as rodadas daqui para frente.”

Situação no campeonato: P20 – 1 ponto.

Sergio Sette Camara (Foto: Sam Bagnall/Fórmula E)

Sergio Sette Camara #3 (ERT): “Estou feliz de voltar à Mônaco num momento de crescimento na temporada. Estamos animados com as melhorias que conquistamos nas últimas etapas. Agora, o nosso foco será a confiabilidade do nosso conjunto também para a corrida, já que nas classificações conseguimos evoluir bastante.”

Situação no campeonato: P18 – 11 pontos.

Novidades

Revelação do novo Gen3

A Fórmula E e a FIA apresentarão ao mundo o Gen3 Evo, o carro atualizado da terceira geração que será lançado oficialmente nesta quinta-feira (25), em um evento noturno exclusivo de preparação para o E-Prix de Mônaco.

O novo Gen3 estará nas garagens das equipes a partir da próxima temporada (2024/2025) e fará parte do grid até a campanha seguinte (2025/2026). O objetivo da F-E com o Gen3 Evo é gerar disputas ainda mais próximas entre os competidores e garantir batalhas mais próximas e acirradas.

A finalidade do projeto é algo difícil de imaginar, já que a classe 100% eletrificada da FIA sempre foi conhecida pelo seu alto nível de competitividade.

O que esperar do E-Prix em Monte Carlo
(Foto: Sam Bagnall/Fórmula E)

Na temporada anterior, o E-Prix em Mônaco foi conturbado como de costume. Houve vários abandonos e um Safety Car, gerado por Max Günther, que bateu em Dan Ticktum ao tentar ultrapassar o piloto britânico na subida da reta após a curva 1, nas voltas finais.

Além de incidentes, houve muita ação entre os primeiros colocados, com troca de posições constantes entre Mitch Evans, Sacha Fenestraz, Jake Dennis e Nick Cassidy.

No fim, quem levou a melhor foi Cassidy, que ainda competia pela equipe cliente da Jaguar, Envision Racing. Assim, o piloto que atualmente corre na Jaguar TCS Racing é um dos favoritos a vitória no Principado neste final de semana.

Outro competidor que tem boas chances de conquistar o topo do pódio é Pascal Wehrlein, o atual líder do campeonato de pilotos. O alemão da TAG Heuer Porsche já soma duas vitórias nesta temporada, e buscará manter sua posição de liderança na tabela, que está ameaçada pelo atual campeão, Jake Dennis, segundo colocado na classificação.

Dennis se encontra com a mesma quantidade de pontos somados no campeonato que Wehrlein, e tem grandes chances de desbancar o piloto da Porsche após receber a bandeira quadriculada, devido a sua consistência. Vale lembrar que, ano passado, Jake terminou a etapa em Monte Carlo no pódio, e possui um histórico melhor que o de Pascal em Mônaco.

Entre as equipes, a Jaguar TCS Racing se mantém segura na liderança, com 128 pontos, 16 de vantagem sobre a Andretti e 19 em relação a TAG Heuer Porsche, donas da segunda e terceira colocações, respectivamente.

Top 10 do campeonato de pilotos:

1 –  Pascal Wehrlein #94 (TAG Heuer Porsche) – 89 pts;

2 – Jake Dennis #1 (Andretti) – 89 pts;

3 – Oliver Rowland #22 (Nissan) – 80 pts;

4 – Nick Cassidy #37 (Jaguar TCS Racing) – 76 pts;

5 – Max Günther #7 (Maserati MSG Racing) – 63 pts;

6 – Jean-Éric Vergne #25 (DS PESNKE) – 53 pts;

7 – Mitch Evans #9 (Jaguar TCS Racing) – 52 pts;

8 – Sam Bird #8 (NEOM McLaren) – 38 pts;

9 – Jake Hughes #5 (NEOM McLaren) – 25 pts;

10 – Norman Nato #17 (Andretti) – 23 pts.

Transmissão no Brasil

O canal BandSports transmitirá o E-Prix de Mônaco de Fórmula E ao vivo, neste sábado, a partir de 10h, de acordo com o horário de Brasília. A PROGRAMAÇÃO completa e os LINKS de TRANSMISSÃO você encontra aqui!