Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Austrália – 2022

FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Austrália – 2022

10944

 4 min de leitura

FÓRMULA 1 – Resultado Final - GP da Austrália – 2022 | Foto: Pirelli Press Area
FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Austrália – 2022 | Foto: Pirelli Press Area

E tivemos, nesta madrugada de sábado para domingo (10/04), o GP da Austrália – válido pela 3ª etapa do mundial de Fórmula 1 / 2022! Pole position de Charles Leclerc, seguido de Max e Perez! Largada sem incidentes, Leclerc impecável para segurar a liderança. Max seguiu em segundo e Hamilton, com largada sensacional, assumindo a 3ª colocação. Perez e Russell completavam o TOP5 ao final da primeira volta. Sainz, com largada terrível, despencou para a 14ª colocação. Norris e Ricciardo figuravam em 6º e 7º, respectivamente, com Ocon, Gasly e Alonso fechando o TOP10.

Volta 2 e “pelo amor dos meus filhinhos”, o que já estava dramático para Sainz, fica ainda pior quando o piloto da Ferrari rodou e ficou preso na caixa de brita! Fim de prova! Safety Car virtual ativado e em seguida o Safety Car convencional em pista! Vantagens literalmente destruídas.

Relargada na volta 7, Leclerc conseguiu evitar qualquer ataque de Max e seguiu à frente! Perez pressionava muito Hamilton na disputa pela terceira colocação. Volta 10 e a diferença entre Leclerc e Max já estava em quase 2 segundos. Hamilton seguia tentando conter o avanço de Perez, mas com asa móvel aberta e de forma inevitável, assumia a 3ª colocação. Hamilton e Russell completavam o TOP5.

Mais 5 voltas completadas e Leclerc já abria mais de 6 segundos para Max Verstappen, que tinha distância similar para seu companheiro – Perez. Hamilton aparentemente segurando o pelotão formado por Russell, Norris e Ricciardo!

Volta 20, Leclerc tinha mais de 9 segundos de vantagem para Verstappen, momento em que o piloto da Red Bull realizava seu pit-stop – retornando em 7º com compostos duros. Hamilton em desempenho sensacional, reduziu a zero a distância para Perez e iniciava seu ataque para a conquista da 2ª colocação na prova – posição conquistada no momento em que Perez partia para os boxes (volta 21), retornando em 9º e com compostos duros.

Hamilton entra nos boxes e ao retornar sofre pressão de Perez, que ganha a posição em boa disputa! Hamilton preparava o contra-ataque, mas com batida de Vettel, safety car em pista!

Os demais pilotos também partem para seus pit-stops, com exceção de Alonso, Magnussen e Albon. Após das trocas de praticamente todos, tínhamos a seguinte classificação (volta 25):

Relargada na volta 27, Leclerc – apesar de ter falhado nos procedimentos de relargada – conseguiu assegurar a ponta! Max e Russell completavam o TOP3. Leclerc começava a construir distância segura novamente e em 2 voltas já tinha 2 segundos de vantagem para o rival.

E.. e… e… “PELO AMOR DOS MEUS FILHINHOS em versão 2”: Volta 39 e Max Verstappen quebra e abandona! Drama para o piloto que também não pontuou na prova de abertura, drama para a Red Bull – sinal de alerta máximo ligado!

E assim, Leclerc seguia na liderança e com mais de 15 segundos de vantagem para cima de Perez. Russell, Hamilton e Norris completavam o TOP5. Seguidos de Ricciardo, Albon (não havia parado ainda), Ocon, Stroll e Gasly fechavam o TOP10.

Prova seguiu, algumas disputas no pelotão intermediário entre Gasly, Stroll e Bottas. Entre os ponteiros, apenas a tentativa de aproximação de Hamilton para cima do companheiro Russell. Volta 50 e Gasly, em bela manobra para ultrapassar Stroll, que seguia pressionado por Bottas, que na volta seguinte conquistava a posição (10ª) para cima do piloto da Aston Martin.

Alonso, que tinha tudo para realizar uma boa prova, acabou prejudicado pelos safety cars, já que pela estratégia de pneus não os aproveitou para realizar suas paradas. Assim, acabou figurando entre a 12ª e 15ª colocação após as paradas de box.

E FIM DE PROVA! FIM DE PROVA! Mais uma vez Leclerc, mais uma vez Ferrari! Pole, vitória e volta mais rápida! Perez conquista um segundo lugar importante, mas para a Red Bull o momento é de drama e preocupação com o segundo abandono de Max em 3 provas realizadas. Russell, apesar de um carro pouco competitivo, conseguiu (com as ausências de Sainz e Max) um importante pódio para a Mercedes. Hamilton e Norris (com uma McLaren em uma aparente evolução) completaram o TOP5. Ricciardo, Ocon, Bottas, Gasly e ALBON (que andou a prova toda com 1 jogo de pneus, trocando na última volta e garantindo 1 ponto para a equipe) fecharam o TOP10.

No campeonato, Leclerc é MAIS líder que nunca com 71 pontos, seguido de Russell com 37 e Sainz com 33. Verstappen segue com 25 e apenas na 6ª colocação. Classificação completa em breve aqui!

IMPERDÍVEL: Não deixe de ler a matéria de Gustavo Fongaro com o nosso pós-corrida!

APP Tomada de Tempo - Informações e Notificações aqui!

RESULTADO FINAL

PRÓXIMA ETAPA

E o próximo encontro será em Imola para o GP da Emilia Romagna (4ª etapa) entre os dias 22 a 24/04/2022. Será a primeira etapa no ano com formato SPRINT. Calendário completo aqui:

Calendário F1 2022 - Tomada de Tempo
Calendário F1 2022 – Tomada de Tempo
👉 SIGA A GENTE
Artigo anteriorMOTO GP – Grid de Largada – GP das Américas (EUA) – 2022
Próximo artigoFÓRMULA INDY – Grid de Largada – Long Beach – 2022