Início Destaque FÓRMULA 1 – Alonso volta ao pódio – GP do Catar/Qatar –...

FÓRMULA 1 – Alonso volta ao pódio – GP do Catar/Qatar – 2021

448

 4 min de leitura

Foto: Twitter/@F1
Calma gente, ainda não foi como vencedor… ainda.
A corrida começou e  terminou de ponta a ponta por Lewis Hamilton, Max Verstappen em corrida de recuperação chegou na p2.
Fernando Alonso, da Alpine, no seu retorno para F1 nesta temporada 2021, finalmente chega a um pódio, na terceira posição.
Foto: reprodução.
Alonso p3 no GP do Qatar 2021 – Foto: reprodução.
UM DIA DE DOMINGO
Hoje foi um domingo daqueles na F1, na estreia de um GP no circuito de Losail no Qatar.
Ontem no qualifying, o espanhol se classificou na p5, logo atrás de Pierre Gasly, mas por conta das punições para Verstappen e Bottas, subiu no grid e largou na p3.
Os companheiros de Lewis Hamilton e Sérgio Perez não respeitaram a bandeira amarela no final do Q3 e perderam 5 posições no grid.
AO APAGAR DAS LUZES
Na largada Hamilton mantém e dispara na p1, posição que manteve até o final.
Gasly largou tentando manter a p2 e Alonso arrojado atravessou da esquerda para a direita a pista e tentou passar o francês no final da reta, sem sucesso, permanecendo na p3.
Verstappen sim, com uma boa largada pulou da p7 para a p4 ainda na primeira volta e por sua câmera pudemos ver Alonso passando Gasly por fora de uma das próximas curvas, assumindo a p2.
Como esperado, Max passa Alonso sem problemas e se concentra em sua briga particular com Hamilton que já abria mais de 4 segundos para Verstappen.
Terminaria nessa ordem para os dois concorrentes ao título da temporada.
QUE CORRIDA DE FERNANDO ALONSO
Resolvida a questão dos dois pilotos acima, quero comentar como assisti e curti a corrida da F1.5.
Claro que estou brincando com essa denominação, pois é indiscutível a superioridade da Mercedes e da Red Bull sobre as demais equipes do grid.
O espanhol começa a se preocupar em abrir distância para seus perseguidores, sabendo que em breve poderia ter que defender sua atual p3 para Bottas e Perez.
Mais alguma voltas e os escudeiros da dupla da primeira fila já ocupavam a p3 e p4, fazer o quê?
Alonso seguiu com a possibilidade de um pódio, porque não?
Nada mudou até o início das primeiras paradas para troca dos pneus.
Por conta de todos os tempos gastos no pit-stop, Fernando Alonso retornou para pista exatamente na frente de Daniel Ricciardo, na p8.
Usando de sua experiência, não permitiu que o australiano o ultrapassasse na entrada da curva, seguiu em frente em busca dos pilotos à sua frente.
Mais algumas voltas e vimos Alonso e Perez chegarem em LeClerc com muita pressão, de modo que o piloto da Ferrari precisou juntar no freio dentro da curva.
Alonso passou por dentro enquanto Perez espalhou por fora e precisou de mais algum tempo para passar “Charlinho”.
Perez passa LeClerc e na sequência passa Alonso, p5 de novo para o espanhol.
Formato padrão, com Hamilton, Verstappen, Bottas e Perez, parecia que Alonso precisaria se contentar com a quinta posição, mas…
Os “DEUSES DA VELOCIDADE” de plantão deviam estar gostando tanto quanto Alonso da corrida de hoje pois variáveis começaram a acontecer para mudar a história do final da corrida.
UM SOPRO DIVINO?
Bottas aparece nas imagens com asa dianteira danificada e pneu dianteiro esquerdo furado, perdendo muitas posições e precisando passar no box para arrumar o carro.
Perez faz seu segundo pit-stop e retorna atrás de Ocon.
Alonso pergunta pelo rádio se Ocon pode ajudar a segurar Perez, a equipe diz que podem tentar.
O mexicano chega em Ocon, passa, mas não completa a manobra, Ocon emparelha, tenta voltar, mas a diferença de carros é muito visível e Perez assume a p4.
Agora o espanhol precisa administrar tanto a distância para Perez quanto o desgaste de seus pneus.
Bandeira amarela por conta de Russel, depois bandeira amarela por conta de Schumacher e depois um Safety Car Virtual e pimba, Alonso termina na terceira posição.
Não basta ser bicampeão de Fórmula 1, além de competência, Fernando Alonso teve sim muita sorte por tudo que aconteceu nesta corrida.
Aos 40 anos, afastado desde 2018 da F1, pódio de novo!
COMENTÁRIO DE TORCEDOR
Na estreia do circuito de Losail, Qatar, na Fórmula 1 2021, assisti a uma corrida com o mesmo entusiasmo que tinha nos anos 80 e 90.
Torci demais por Fernando Alonso, competitivo, brigando na pista, usando de sua experiência e malícia, esperto e decidido.
Sei que “CARRERAS SON CARRERAS”, aceito que pode demorar para esse feito se repetir, mas estou feliz com o resultado desse GP do Qatar.
Parabéns Fernando Alonso, valeu muito tua corrida, obrigado por deixar esse seu torcedor emocionado e feliz numa manhã de domingo daquelas.
Alonso feliz da vida com esse pódio – Foto: reprodução.

Agora é esperar pelas corridas de dezembro e esperar outros bons momentos.

Artigo anteriorFÓRMULA 1 – Resultado Final – GP do Catar/Qatar – 2021
Próximo artigoCódigo bônus Netbet para apostar em automobilismo