Início Destaque NASCAR – Brad Keselowski vence com autoridade em New Hampshire – 2020

NASCAR – Brad Keselowski vence com autoridade em New Hampshire – 2020

101

 4 min de leitura

E lá se foi a 20ª etapa da NASCAR em New Hampshire. Créditos : Maddie Meyer | Getty Images (Nascar.com)

Olá amigos e amigas do Tomada de Tempo e do Kojak ! O tempo urge e mesmo num momento tão difícil, a NASCAR já conseguiu realizar sua 20ª etapa nesta temporada, faltando agora apenas seis corridas para o fim da fase regular e para a definição dos dezesseis pilotos que avançarão aos playoffs. Mas, não podemos esquecer que existe um campeão dessa primeira fase, sim, campeão com troféu e pontos de bonificação para serem levados aos playoffs. Não é como ser campeão da temporada da NASCAR, mas tem sua importância e valor. No momento, Kevin Harvick#4 tem ampla vantagem na tabela de pontos.

Neste último domingo, o destino da categoria foi o curto oval de New Hampshire, que com suas curvas com pouquíssima inclinação dificultou a vida dos pilotos, já que é mais difícil segurar a “nave” e se escorregar demais, num oval como esse, a “boiada” passa mesmo e muitas posições são perdidas. Além, obviamente, das visitas ao muro que não são difíceis de acontecer.

Desta vez os “Young Guns” não incomodaram muito as “velhas raposas” e brigando pela ponta, na maior parte da prova, sempre estiveram os conhecidos, Keselowski#2, Blaney#12, Truex Jr.#19, Harvick#4 e Hamlin#11 que venceu o primeiro segmento. Foi outra boa apresentação de Denny Hamlin#11 que é o maior vencedor da temporada com cinco vitórias. Será que chegou o momento dele?

Por falar em momento, que fase vive o atual campeão Kyle Busch#18! Já no início da prova teve um problema no carro e foi ao muro, abandonando a prova. “Buschinho” deve se classificar pelos pontos, não sofre ameaça de ficar de fora dos playoffs, mas a ausência de vitórias claramente incomoda o controverso piloto.

Kyle Busch#18 e sua fase difícil. Mais um resultado ruim na temporada Créditos : Jared C. Tilton | Getty Images (Nascar.com)

O heptacampeão Jimmie Johnson#48 chegou numa mediana P12. Porém, a sua situação no campeonato transforma o resultado de razoável em ruim, já que segue fora do TOP16 e está cada vez mais pressionado em seu ano de aposentadoria. Eu particularmente continuo na torcida para que J.J. consiga se classificar para os playoffs. Faria jus ao seu histórico, mas, desde quando o esporte é preocupado em ser justo?

Virando a chave, “Bad” Brad Keselowski#2 teve uma ótima performance, e além de liderar o segundo segmento, dominou o terceiro e venceu a prova, sendo a terceira conquista da temporada. Porém, as anteriores caíram em seu colo de certa forma e esta não, Keselowski#2 dominou, venceu e convenceu. Como bônus, foi anunciada nesta segunda feira sua renovação com a equipe Penske. Tinha muita gente sonhando com essa vaga. Já era!

Lagosta para o vencedor Brad Keselowski que segue firme na luta pelo título e de contrato renovado. Créditos : Jared C. Tilton | Getty Images (Nascar.com)

Destaques finais. Matt Kenseth#42 conseguiu chamar a amarela por três vezes durante a prova. Será que pediu música? Infelizmente o promissor John Hunter Nemechek#38 entrou num ciclo de batidas que começa a manchar a boa temporada que vinha fazendo, tendo em vista seu equipamento. Destaco ainda as boas apresentações de Matt DiBenedetto#21 que fechou na P6, a sólida P8 de Cole Custer#41 e a P10 de Tyler Reddick#8.

Neste fim de semana não tivemos Truck Series e nem a Xfinity. Em compensação a NASCAR volta no próximo fim de semana com agenda cheia no rápido oval de Michigan. Na sexta feira (07/08), a Truck Series volta com suas agitadas corridas, no sábado (08/08), temos maratona com a Xfinity e na sequencia a Cup Series (a primeira da rodada dupla) e no domingo (09/08) temos mais uma etapa da Cup. Ufa! Calendário COMPLETO aqui!

Na tabela da Cup, todas as atenções seguem voltadas para as vagas que restam para os playoffs. EU acredito que até o 13º Kyle Busch#19, as coisas estejam bem encaminhadas e que nessas últimas seis provas, Bowyer#14, Byron#24, Di Benedetto#21, que estão dentro no momento, brigam com Reddick#8, Jimmie Johnson#48 e Erik Jones#20 por essas três vagas. Porém nada impede de um “outsider” como Christopher Bell#95 ou Ricky Stenhouse Jr.#47 vencer uma prova, se garantir e mudar todo o panorama da disputa. Eis o charme da categoria. E lembro, já tivemos dez vencedores diferentes nas vinte etapas disputadas. Diante de todas essas circunstancias, só tenho mais uma coisa a escrever: VIVA A NASCAR! Obviamente, todas as informações estarão no TOMADA DE TEMPO, acompanhe tudo conosco!

Fonte : Nascar.com

E como diria Kal-El: “Para o alto e avante !!”

SIGA MINHAS REDES SOCIAIS