Início Destaque FÓRMULA INDY – Resultado Final – Texas – 2020

FÓRMULA INDY – Resultado Final – Texas – 2020

2363

 6 min de leitura

Foto: Joe Skibinski – indycar.com

E FOI DADA A LARGADA! Sim, tivemos neste sábado (06/06/2020), a 1ª etapa da Fórmula Indy em 2020! Claro, em virtude de todos os procedimentos de segurança #covid19, sem público! Diretamente do Texas Motor Speedway, Josef Newgarden largou na pole, seguido de Dixon e Pagenaud! Na largada, Josef conseguiu manter-se em 1º, seguido de Dixon e Pagenaud.

Com Ganassi com excelente desempenho, boas disputas e trocas de posições entre Newgarden, Dixon e Rosenqvist. Pagenaud acompanhou de perto todo o tempo, mas de forma mais passiva!

Entre trocas de liderança entre Dixon e Newgarden, o piloto da Ganassi assumiu a ponta próximo da volta 90, para não mais perder! Prova SENSACIONAL de Dixon! Josef até tentou complicar, mas ficou mesmo na disputa com Rosenqvist. Para piorar, após a terceira bateria de pits, Newgarden perdeu desempenho e várias posições – para Rosenqvist, Pagenaud, Kimball e Veach.

No restante da prova vimos uma prova sensacional de Rosenqvist, que chegou a pressionar Dixon! Mas.. mas… faltando apenas 10 voltas, envolvido pelos RETARDATÁRIOS, Rosenqvist perdeu a traseira do carro e bateu no muro! Que pena! Bandeira amarela!

Com isso, Pagenaud – que vinha observando sempre de perto – assumiu a 2ª colocação! Relargada faltando 3 voltas, e sem concorrente naquele momento, DIXON, DIXON, DIXON! O piloto da Ganassi não deu chances para ninguém e VENCEU a prova do TEXAS 2020! Pagenaud e Newgarden fecharam o pódio!

Destaque para Hunter-Reay, com uma recuperação sensacional após punição, para terminar em 8º. Também, destaque para Zach Veach, Ed Carpenter e Daly, que foram constantes durante toda a prova e terminaram em 4º, 5º e 6º, respectivamente! Ainda, prova sensacional de Oliver Askew, estreante conquistando uma 9ª colocação.

Tony Kanaan, largou muito bem em 10º, assumiu a 9º posição em seguida, perdendo-a apenas na 1ª parada de boxes. Após bandeira amarela, pagou penalização por velocidade no pitstop e perdeu 7 posições! Em prova fantástica de recuperação e estratégia excelente, recuperou a 10ª colocação, posição em que terminou!

Rossi graças a punição, não conseguiu muito e terminou apenas em 15º! Takuma Sato, pole position em 2019, acabou nem largando em virtude do acidente nos treinos classificatórios!

Pessoal, que sensacional, que maravilhoso foi ouvir novamente estes motores! Vamos para a próxima, que será apenas em 04 de julho de 2020! Calendário completo aqui!

RESULTADO FINAL

PROVA EM DETALHES

Largada, Josef Newgarden na pole, seguido de Dixon e Pagenaud. Tony Kanaan, único brasileiro em pista, largou na 10ª posição. Takuma Sato, pole position em 2019, acabou nem largando em virtude do acidente nos treinos classificatórios! Dixon e Rahal tiverem problemas no alinhamento, Dixon conseguiu largar e Rahal ficou pelos boxes, entrando na pista após a largada! Final da primeira volta e as posições eram (TOP10): Newgarden, Dixon, Pagenaud, Veach, Rosenqvist, Kimball, Will Power, Marco Andretti, Tony e Ed Carpenter!

Após a volta 10, seguia na ponta Josef Newgarden e o mesmo TOP10. Rossi e Hunter-Reay cumpriram punição, caindo para 22ª e 21ª posições, respectivamente. Rahal retornou aos boxes na volta 10, ainda com problemas.

Mais 20 voltas completadas, praticamente sem disputas ou ultrapassagens relevantes. Newgarden se aproxima de Jack Harvey (retardatário), mas encontra dificuldades para ultrapassagem, permitindo que Dixon (2º) diminuísse bastante a diferença. Volta 32, Dixon não perdoa e toma a liderança! Newgarden aproveita o susto e entra para a troca de pneus!

Volta 35, todos pilotos começam a entrar nos boxes, já que devido regra imposta (questões de segurança), cada conjunto de pneus poderia ser utilizado no máximo por 35 voltas!

E na volta de retorno, acidente entre os estreantes Alex Palou e Rinus VeeKay. Rinus perdeu a traseira próximo ao muro, rodou e ao descer a pista acertou Palou!

Bandeira amarela! A classificação era a seguinte: Dixon, Newgarden, Pagenaud, Rosenqvist, Zach Veach, Will Power, Kimball, Andretti, Ed Carpenter, Kanaan, Daly, Hinchcliffe, Ericsson, Herta, Pato OWard, Ferrucci, Askew, Harvey, Hunter-Reay, Rossi e Rahal.

A relargada acontece na volta 49 e posições entre os líderes mantidas! Rossi tenta utilizar a parte superior da pista na relargada e se complica ainda mais na prova! Tony Kanaan, pagou penalização por velocidade no pitstop e perdeu várias posições, caindo de 10º para 17º.

Dixon abre boa distancia para Newgarden, que permite aproximação perigosa de Pagenaud. Rosenqvist acompanhava de perto a disputa! Volta 65, Dixon abria mais de 4 segundos para Newgarden, que respirou e deixou Pagenaud bem distante. Rosenqvist fica por perto e na volta 76 assume o TOP3 – Ganassi com desempenho sensacional!

Volta 78 e tivemos a segunda BANDEIRA AMARELA! Boxes abertos na volta 82 e praticamente TODOS os pilotos nos pit stops! Dixon se complica, perde posição para Newgarden (líder novamente) e também para seu companheiro, Rosenqvist. Will Power teve problema no pit e se complicou, caindo para 16º!

Relargada na volta 87! Newgarden segura a ponta, Dixon pressiona Rosenqvist e assume a 2º posição! Mais algumas voltas e Dixon assume a liderança novamente! Volta seguinte, Rosenqvist passa a pressionar Newgarden também!

Metade da prova (100 voltas) a classificação era: Dixon, Newgarden, Rosenqvist, Pagenaud, Veach, Kimball, Carpenter, Andretti e Daly no TOP 10!

Volta 120, Rosenqvist definitivamente parte para cima de Newgarden e assume a 2º colocação. Pagenaud também aproveira o momento e assume a 3ª colocação, deixando Newgarden em 4º. Volta seguinte, Josef, entra para seu 3º pit stop! Voltas seguintes os demais também executam suas paradas!

Retorno dos boxes e a classificação era: Dixon, Rosenqvist, Pagenaud, Newgarden, Kimball, Veach, Daly, Carpenter, Herta e Ericsson – TOP10.

Volta 128 e Kimball, incrível, ultrapassa Newgarden e assume a 4ª colocação! Volta seguinte foi a vez de Veach também tomar a posição de Josef, que cai o para 6º lugar!

Chegamos na volta 140 e Rosenqvist diminui a distância para seu companheiro (preso nos retardatários). Um pouco mais atrás, de forma sensacional, Kimball começa a pressionar Pagenaud na disputa pela 3ª colocação.

Volta 154 e MAIS uma bateria de pit stops! Newgarden é um dos primeiros a parar! Após todas as trocas, tínhamos: Dixon, Rosenqvist, Newgarden, Veach, Carpenter, Daly, Pagenaud, Kimball, Herta e Ericsson no TOP10.

Volta 168 e Rosenqvist encosta definitivamente no companheiro Dixon na disputa pela vitória! Que corida da Ganassi! Faltando 18 voltas, última bateria de pit stops! Rosenqvist para antes de Dixon, que completa mais 2 voltas antes de sua parada. Sem mudanças expressivas após os retornos, Dixon seguiu na ponta, com o companheiro logo atrás.

Mas.. mas… faltando apenas 10 voltas, envolvido pelos RETARDATÁRIOS, Rosenqvist perde a traseira do carro e bate! Que pena! Em uma prova SENSACIONAL do piloto da Ganassi!

Com isso, Pagenaud – que vinha observando de perto sempre – assume a 2ª colocação! Relargada faltando 3 voltas, sem concorrente naquele momento, DIXON, DIXON, DIXON! O piloto da Ganassi não deu chances para ninguém e VENCEU a prova do TEXAS 2020! Pagenaud e Newgarden fecharam o pódio! Kanaan conseguiu ainda uma recuperação sensacional para terminar em 10º. Destaque para Hunter-Reay, que chegou a figurar em 22º, para terminar em 8º.

CALENDÁRIO ATUALIZADO – 2020

Veja como está previsto o retorno da INDY neste cenário de #pandemia de #coronavirus:

SIGA A GENTE