Início Destaque NASCAR – Em Phoenix, Joey Logano vence a segunda na temporada –...

NASCAR – Em Phoenix, Joey Logano vence a segunda na temporada – 2020

94

 4 min de leitura

Phoenix recebeu no último domingo a quarta da etapa da Cup Series. Créditos : Christian Petersen | Getty Images (Nascar.com)

#resultado #resultadofinal #nascar #nascarcup #xfinity #2020 #phoenix

Olá amigos e amigas do Tomada de Tempo e do Kojak! A reconhecida imprevisibilidade da Nascar nos brinda mais uma vez com sua aparição. Numa corrida em que as apostas estavam voltadas para a primeira fila do grid de largada, formada pelo pole Chase Elliott #9 e o veterano Kevin Harvick #4, outro protagonista surgiu no último ato do espetáculo e roubou a cena, Joey Logano#22.

Fato é que pelos tempos nos treinos livres e pela pole position conquistada, Chase Elliott #9 era o favorito da prova e o seu antagonista para essa etapa era sim Kevin Harvick #4, já que venceu nesse oval de Phoenix “apenas” nove vezes. Poderíamos ainda, considerar que correndo por fora, tínhamos ainda, Ryan Blaney #12, líder do campeonato que havia chegado no Top5 em todas as etapas anteriores e o vencedor da Daytona500, Denny Hamlin #11, que largava próximo aos favoritos, numa boa P3.

Mas o primeiro segmento já mostrava que a expectativa estava correta, com Elliot #9 e Harvick#4 se distanciando rapidamente do pelotão e andando num ritmo diferente dos demais. E assim seguia a prova, até que Ricky Stenhouse Jr.#47 estampou o muro com seu Chevrolet e chamou a primeira bandeira amarela.

Após a relargada, a história se repetia no duelo entre o #9 e o #4, mas Denny Hamlin#11 resolveu eliminar parte da concorrência (incluindo ele mesmo). Num erro de aproximação, Hamlin#11 tocou em “Bad” Brad Keselowski#2, levando ambos ao muro, e de quebra, levou também o então líder da Cup Series, Ryan Blaney#12.

Isto posto, fechado o primeiro segmento com eles na ponta; Harvick#4 seguido por Elliott#9.

Então, no inicio do segundo segmento, a dita imprevisibilidade da NASCAR resolveu dar as caras pela primeira vez na tarde, pois após o acidente, o Penske #2 de Keselowski começou a andar mais e por outro lado, o carro de Chase Elliott#9 começou a andar menos, perdendo desempenho, e assim, em bandeira verde e de forma inesperada, Elliott foi obrigado a parar com problemas nos pneus e complicou toda sua corrida. A luta dele agora era para entrar novamente na volta dos líderes.

Nesse meio tempo Joey Logano#22 já havia sido punido por um pneu descontrolado nos pits e a equipe de Harvick#4 já o deixava “na mão” com um pit stop demorado. E fechamos o segundo segmento da prova com o recém acidentado Brad Keselowski #2 na liderança, seguido por Harvick#4 e o eficiente Martin Truex Jr. 19. A prova já estava interessante, mas nada disso se comparava com a disputa que estava por vir no último segmento.

Com boa estratégia e sua tradicional agressividade na pista, Joey Logano#22, que havia sido punido e ido para o fim do pelotão, reapareu na corrida, trazendo a tal imprevisibilidade da categoria de volta. Logano liderando o pelotão e no último segmento é difícil superar. Para nos brindar com mais emoção ainda, a frase mais conhecida da NASCAR se fez presente nesta etapa: “Bandeira amarela chama bandeira amarela”. E foi uma sequencia de respeito, começando com Tyler Reddick#8 (que pena), Truex Jr#19, Ross Chastain#6 (volta Newman), John Hunter Nemechek#38 e Stenhouse Jr#47 (de novo), nos levando então a prorrogação.

No final, Harvick#4 não conseguiu fazer valer sua fama de “The Closer”, sendo contido por Logano#22. Segunda vitória dele na temporada em quatro etapas. O campeão de 2018 mostra sua força e segue forte na fase regular e lidera nos pontos de playoffs.

Joey Logano#22 vence a segunda da temporada em quatro etapas. Créditos : Chris Graythen |Getty Images

No que se refere às outras divisões, seguimos ansiosos, aguardando a próxima etapa da Truck Series, principalmente pela participação de Kyle Busch e o desfecho da aposta de 100.000 doláres, oferecidos a algum piloto da Cup que vencê-lo nas camionetes. No sábado, foi a vez de Brandon Jones vencer na Xfinity e mostrar que esse ano, mesmo sem o “Trio de Ferro”, a categoria está forte e revelando novos talentos em ascensão.

A NASCAR volta no próximo fim de semana em Atlanta com o cardápio completo. No sábado, mais cedo, teremos a volta da Truck Series e depois, no mesmo dia, a Xfinity. Já a Cup Series, corre novamente no domingo em sua quinta etapa. A tabela com a pontuação da temporada regular mostra Harvick#4 em primeiro, um ponto a frente de Logano#22. A diferença é que Harvick não está garantido nos playoffs e Logano já está na próxima fase, juntamente com os outros pilotos vencedores e com asterisco na tabela. Que venha Atlanta! VIVA A NASCAR!

Fonte : Nascar.com

E como diria Kal-El: “Para o alto e avante!!”

QUE TAL UM RESUMO DA CUP SERIES EM 15 MINUTOS?

CALENDÁRIO – NASCAR 2020

Veja como está o calendário 2020 da NASCAR (TRUCK SERIES, XFINITY e CUP):

SIGA A GENTE