Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP do México – 2016

FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP do México – 2016

76
Foto: PirelliMotorsport
Foto: PirelliMotorsport

E neste domingo (17:00 Horário de Brasília) tivemos a 19ª etapa do Mundial de Fórmula 1 2016 – GP do México! Hamilton fez seu dever de casa e largou na pole position. Seguido de Rosberg e a segunda fila com as Red Bulls. Apenas uma mudança após a definição do grid no sábado, Grosjean acabou tendo o assoalho trocado e largará dos boxes! Rosberg chega a esta etapa com chances de já garantir o título, mas para isso tem que vencer e Hamilton não pontuar.

Bela abertura e torcida impressiona pelo ânimo e alegria! Foto: Twitter F1 Oficial
Bela abertura e torcida impressiona pelo ânimo e alegria! Foto: Twitter F1 Oficial

As Mercedes largando com pneus macios e as Red Bulls atrás com supermacios para tentar dar o bote! Largada tumultuada, Hamilton larga bem, mas ao final da reta Hamilton travou pneus e passou reto pela grama, mantendo-se em primeiro! Rosberg com o susto ao ver o companheiro travando à frente tira o pé e no contorno da curva 1 ainda se choca levemente com Verstappen, mas sem danos a ambos.

Foto: Twitter F1 Oficial
Foto: Twitter F1 Oficial

Logo atrás enrosco de Gutierrez que toca em Wehrlein, que roda e se choca contra Ericsson. Fim de prova para o piloto da Manor. Outro incidente foi entre Sainz e Alonso, onde o piloto da Toro Rosso praticamente empurra Fernando para fora da pista. Ricciardo aproveita para trocar pneus supermacios por médios.

Foto: Twitter F1 Oficial
Foto: Twitter F1 Oficial

Raikkonen e Hulkenberg na disputa pela 6ª posição, Kimi ultrapassa por fora e Hulkenberg acaba rodando! Volta 67 e Vettel cola em Verstappen! Na tentativa de pressionar, Verstappen passa reto na curva e se mantem à frente, mas a direção indica que investigará após a prova! Parabéns Verstappen pela imbecilidade, se frea normalmente não te passava! Volta seguinte, TODA A EMOÇÃO que faltou na prova vem com a chegada de Ricciardo para cima de Vettel! Se tocam e Vettel segue na frente! Verstappen ganha fôlego!

Após 3 voltas em safety-car, relargada e tínhamos: Hamilton, Rosberg, Verstappen, Hulkenberg, Raikkonen, Massa, Vettel, Bottas, Perez e Sainz no TOP 10. Com 7 voltas, Hamilton já abre quase 2 segundos para Rosberg, que fica sob a pressão de Verstappen – com pneus supermacios e podendo abrir a asa móvel. Um pouco mais atrás Vettel pressiona Massa na disputa do 6º lugar.

A corrida segue morna e em sua normalidade até a volta 12. Tempo que Verstappen conseguiu segurar os pneus supermacios e entra para os boxes, retornando em 11º. E a disputa entre Massa e Vettel continua, com Vettel já perdendo a paciência! Deles para trás praticamente uma fila indiana com 0.500s entre cada um deles! Volta 15 e Massa entra para os boxes para colocar compostos médios e tentar terminar com uma parada só! Naquele momento Hamilton já abria mais de 5 segundos para Rosberg, que tinha as Ferraris atrás, mas sem qualquer pressão por parte dos carros vermelhos.

Volta 17 e temos a primeira parada da Mercedes com Hamilton e troca os compostos de Macios para Médios, retornando em 4º lugar. Nasr em 11º com o “sony” Ericsson em 12º.

Fato curioso e para variar, envolvendo Alonso. O engenheiro da McLaren diz via rádio: “Ok, agora pisa fundo! Vamos vamos vamos!”. Alonso, com aquele VENENO característico responde “educadamente”: “Estou pisando fundo desde a volta 1. Não tenho culpa de ter um tráfego desse durante 15 voltas. Faça seu trabalho aí, que faço o meu aqui!”. É meu amigo… esse é o queridinho espanhol, Fernandito Alonso!

Mas voltemos para a corrida! Rorberg faz sua parada de boxes, retorna em 3º, mas com os mesmos 6 segundos de diferença de Hamilton. Vettel era líder, mas não havia parado nos boxes. Verstappen chega em Ricciardo, que acaba abrindo para o companheiro – pneus gastos de Daniel contra novos de Verstappen. Volta 23 e Rosberg é informado via rádio que os ajustes na sua asa, após a troca de pneus, não foi efetuada completamente! Bottas na disputa pelo 8º lugar, ultrapassa Massa, que sofre agora com a pressão de Perez. Massa muito lento na pista e sem condições de acompanhar o pelotão intermediário.

Volta 32, após a parada de Vettel, a classificação do momento era: Hamilton, Rosberg, Verstappen, Ricciardo, Raikkonen, Vettel, Hulkenberg, Bottas, Massa e Perez no TOP 10. Nasr era 11º, mas ainda não havia parada. Vettel também não havia feito sua parada de box. Perez segue pressionando Massa, mas não consegue ultrapassar!

Chegamos à volta 35 e felizmente uma luz ao final do túnel! Verstappen começa a se aproximar de Rosberg reduzindo a diferença para 1.4s. Hamilton com 4.5s à frente do companheiro e líder da prova. As McLarens em uma péssima exibição, estavam em 15º com Alonso e 16º com Button. Nasr, devido estar com pneus mais gastos que Ericsson, foi solicitado que o deixe passar! Tá feito! Nasr passa a ser 12º.

Volta 43, Rosberg e Verstappen pegam tráfego e Rosberg negocia um pouco melhor, respirando um pouco mais em relação ao piloto da Red Bull. Impressionante o Nasr que ainda não parou! Prova morna e sem muita emoção naquele momento! Kimi faz nova parada e retorna em 7º.

Foto: Twitter F1 Oficial
Foto: Twitter F1 Oficial

E na volta 50 FINALMENTE algo para animar! Verstappen tenta uma manobra para cima de Rosberg, postergando a freada, mas não dá certo e fica bem para trás! Remar novamente! Mas valeu para acordar a galera no México e em casa! Ricciardo acaba tendo que trocar de pneus e fim de estratégia de 1 parada!

E na volta 53, com as paradas de Nasr e Ricciardo tínhamos: Hamilton, Rosberg, Verstappen, Vettel, Ricciardo, Hulkenberg, Raikkonen, Bottas, Massa e Perez no TOP 10. Nasr volta em 16º com pneus supermacios!

Faltando 10 voltas a diferença de Hamilton para Rosberg era 7 segundos, aquela pressão de Verstappen já não é amais a mesma para cima de Rosberg. Única chance seria Vettel se aproximar de Verstappen. Kvyat foi punido em 5 segundos por tirar vantagem, fora da pista, em manobra sobre Grosjean.

E no final das contas, o acidente com Ericsson foi mais interessante que a estratégia de Nasr em fazer uma parada só! Equipe medíocre e ruim é assim mesmo, nas exceções é que se beneficiam. O brasileiro chegou em 15º e o “Sony” Ericsson em 11º. Raikkonen e Hulkenberg na disputa pela 6ª posição, Kimi ultrapassa por fora e Hulkenberg acaba rodando!

Volta 67 e Vettel cola em Verstappen! Na tentativa de ultrapassagem de Vettel para cima de Verstappen, o piloto da Red Bull passa reto na curva e se mantém à frente! Parabéns Verstappen pela imbecilidade, se freia normalmente não te passava! Volta seguinte, TODA A EMOÇÃO que faltou na prova vem com a chegada de Ricciardo para cima de Vettel! Se tocam e Vettel segue na frente! Verstappen ganha fôlego!

Fim de prova, Hamilton atrapalha OFICIALMENTE, pela primeira vez, a festa de Rosberg, que faz sua parte também chegando em 2º. Verstappen chega em 3º mas não leva! Quer dizer, leva 5 segundos de punição e é retirado da sala pré-pódio! Vettel assume o 3º lugar e o pódio! Festa na Ferrari! MERECIDA a conquista pela prova e estratégia de Vettel! Ricciardo acaba levando o 4º lugar e Verstappen fecha o top5.

Vettel sendo chamado para assumir seu posto no pódio! Foto: Twitter F1 Oficial
Vettel sendo chamado para assumir seu posto no pódio! Foto: Twitter F1 Oficial

VALEU esperar as últimas voltas! Valeu México!

Agora meu amigo, nas 2 etapas restantes, para Hamilton ainda não interessa nada menos que a vitória! Já Nico Rosberg pode trabalhar com o regulamento e garantir o título com 1 segundo lugar e 1 terceiro lugar.

ATUALIZAÇÃO: 30/10/2016 – 22:00

E como diz o poeta… só acaba quando termina! Mas opa, aqui na F1 nem isso vale. Não acaba nem quando termina! E após toda a questão da punição de Verstappen e Vettel herdando a 3ª colocação, um novo fato! A direção de prova tinha deixado para investigação posterior o incidente entre Vettel e Ricciardo! E não é que o alemão foi PUNIDO com 10 segundos? Cinco a mais que Verstappen e assim tudo muda novamente! Ficamos então com Hamilton, Rosberg, RICCIARDO, VERSTAPPEN e VETTEL! Feliz da vida o Daniel!

Para quem não viu, o incidente entre Vettel e Ricciardo ocorreu na curva 4 na disputa pela 4ª posição! A direção entendeu que o Ferrarista mudou de traçado durante a frenagem – regra aprovada desde Austin. Foi declarada uma frenagem PERIGOSA.

RESULTADO FINAL

finaldosfinais

GALERIA DE FOTOS

Algumas fotos do Grande Prêmio do México de Fórmula 1 2016. Preparativos, treinos livres, classificação e corrida! Os cliques são de FOTO STUDIO COLOMBO / PIRELLI / FOTOS PÚBLICAS:

PRÓXIMA ETAPA

E a próxima etapa será em Interlagos com o GP do Brasil entre 11 e 13 de novembro de 2016! Veja o calendário completo!