Início Destaque FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP de...

FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP de Miami – 2023

629
(Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool)
Confira o que pilotos e chefes de equipe esperam da primeira de três corridas do calendário em solo americano.

A Fórmula 1 está de volta nesse final de semana (05, 06 e 07) para realizar o Grande Prêmio de Miami, a quinta etapa do calendário que acontecerá na cidade costeira americana, no extremo sudeste da Flórida, nos Estados Unidos.

Conhecida por suas praias paradisíacas e clima tropical, Miami receberá a maior categoria do automobilismo mundial pela segunda vez, após estrear no itinerário da F1 no ano passado com capacidade máxima de público nas arquibancadas.

A etapa no Autódromo Internacional de Miami será a corrida em casa para a equipe MoneyGram Haas e para o piloto da Williams Racing, Logan Sargeant, estes que terão mais duas provas caseiras mais tarde neste ano: o GP dos Estados Unidos (outubro) e o GP de Las Vegas (estreia em novembro).

Abaixo, confira o que pilotos e chefes de equipe, que se manifestaram, esperam do GP na Flórida, em ordem decrescente da classificação atual do campeonato de construtores.

Além disso, saiba as novidades que essa etapa trará, as características do traçado, informações dos compostos de pneus para a prova e a previsão do tempo para o fim de semana.

Oracle Red Bull Racing (180 pts)
(Foto: Red Bull Racing/Divulgação)

Max Verstappen #1:Miami foi uma pista muito física e também estava muito quente lá no ano passado, então precisamos estar preparados para isso. O circuito é bastante complexo e recebeu um novo asfalto este ano, então vamos ver como isso afeta nosso desempenho.

Estou ansioso pelo final de semana. Além disso, nossos fãs desenharam a pintura do carro deste fim de semana, então estou animado para ver como ficará.”

Sergio Perez #11:Espero que possamos continuar em nossa boa forma de Baku e ser realmente competitivos nesse fim de semana. Fisicamente, Miami é a corrida mais exigente da temporada, mas trabalhei duro para estar pronto para isso.”

Christian Horner (chefe de equipe): Não comentou.

Aston Martin Aramco Cognizant (87 pts)
(Foto: Aston Martin Global Media)

Lance Stroll #18:É ótimo estar em Miami e voltar ao volante depois de um fim de semana agitado no Azerbaijão. É sempre incrível ver o quanto a popularidade do esporte cresceu nos Estados Unidos e adoro ver as arquibancadas lotadas de fãs. Espero que possamos fazer um bom show para eles.

Tenho uma mistura de emoções em relação ao ano passado; tive que largar dos boxes devido a um problema antes da corrida, mas consegui me recuperar e terminei em décimo, o que foi um resultado muito bom. A pista em si é rápida, mas difícil; como deve ser um circuito de rua.

Você precisa correr alguns riscos, mas pode ser punido por ultrapassar os limites de pista. É assim que eu gosto: aproveitar todas as oportunidades possíveis para marcar pontos.”

Fernando Alonso #14:É bom estar de volta a Miami; é um ótimo lugar para se visitar e estamos empolgados com nosso primeiro Grande Prêmio do ano nos EUA. Sempre gostei de visitar o país e gosto da abordagem e da paixão pelos esportes lá.

Estamos frescos de um fim de semana intenso em Baku, que nos viu marcar 22 pontos como equipe e terminar a apenas um segundo de outro pódio no domingo. O carro teve um bom desempenho, apesar do tempo limitado de ajuste.

O circuito de Miami é rápido, com muitas curvas fechadas e longas retas. Será interessante ver se o recapeamento teve algum impacto na pista e teremos muito tempo para avaliar isso na sexta-feira.

Nosso desempenho em Baku foi encorajador e espero ver resultados semelhantes em Miami. Nosso objetivo é continuar superando os rivais mais próximos e fazer um bom show para os fãs americanos.”

Mike Krack (chefe de equipe): Não comentou.

Mercedes-AMG Petronas (76 pts)
(Foto: Mercedes-AMG F1/Divulgação)

Lewis Hamilton #44: Não comentou.

George Russell #63: Não comentou.

Toto Wolff (chefe de equipe):De Baku às ruas de Miami, estamos ansiosos para voltar à pista rapidamente depois de um fim de semana interessante, mas desafiador no Azerbaijão.

Miami é um circuito diferente em comparação com as últimas corridas. Há uma verdadeira mistura de curvas, com algumas seções de alta velocidade, longas retas, mas também áreas apertadas e sinuosas.

Também será um fim de semana movimentado com muitas atividades fora da pista e eventos para a equipe e nossos parceiros. Houve um burburinho incrível no ano passado e não tenho dúvidas de que será outro evento espetacular este ano.”

Scuderia Ferrari (62 pts)
(Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação)

Charles Leclerc #16:Ainda não chegamos aonde queremos em termos de ritmo de corrida e sabemos que é nisso que mais temos que trabalhar no momento. Maximizamos todas as sessões durante o fim de semana em Baku e não poderíamos ter feito nada diferente, mas a equipe fez um ótimo trabalho.

“O ponto principal é que temos que nos concentrar no ritmo de corrida, no gerenciamento de pneus e nos esforçar para progredir ainda mais nas próximas corridas, começando por Miami nesse final de semana.

Carlos Sainz #55:Baku foi um fim de semana muito difícil pra mim, mas agora estou ansioso por uma reinicialização. O GP de Miami está chegando nesse fim de semana e mal posso esperar para entrar no carro novamente e continuar a brigar pela dianteira.

Frédéric Vasseur (chefe de equipe): Estamos no meio de uma parte particularmente movimentada da temporada, com cinco corridas em seis semanas, de Baku a Barcelona, e nosso trabalho continua na pista e em Maranello para desenvolver nosso pacote de carros.

“Miami é mais uma pista incomum com todas as características de um circuito de rua, que ambos os pilotos gostam, então estou confiante de que podemos dar mais um passo à frente com o SF-23.

“Os Estados Unidos têm sido historicamente um mercado muito importante para a Ferrari e a Scuderia tem uma base forte de fãs aqui, o que é mais um incentivo para continuar pressionando para diminuir a diferença para os líderes do campeonato.”

McLaren (14 pts)
(Foto: Andy Rone/McLaren Media Centre)

Lando Norris #4:Sem dúvidas é bom estar de volta aos Estados Unidos. As corridas aqui são sempre emocionantes e estou ansioso para ver os fãs da equipe com força total para criar uma atmosfera incrível neste fim de semana.

O carro se comportou bem em Baku, nossas novas atualizações parecem ser um passo na direção certa e fizemos o melhor que pudemos dadas as circunstâncias. Agora é hora de continuar melhorando a cada etapa e terminar a rodada dupla da melhor forma, tirando o máximo que podemos do MCL60 e tentando garantir mais pontos.”

Oscar Piastri #81:Miami é uma pista nova para mim e mal posso esperar para sentir a atmosfera elétrica de nossos apaixonados fãs americanos. Assim como Baku, Miami é outro circuito do calendário que tem características desafiadoras, mas me preparei bem trabalhando duro no simulador.

As novas peças fizeram o carro se sair bem no Azerbaijão. Na corrida, ficar fora do top 10 por apenas uma posição foi decepcionante, mas estou determinado a concluir a rodada dupla nos EUA após Baku com outra exibição forte.”

Andrea Stella (chefe de equipe):Saímos de Baku com dois pontos conquistados por mérito e satisfeitos com a entrega das atualizações que instalamos. Muito trabalho duro foi feito pela equipe na fábrica e na pista para garantir que este importante primeiro passo de nosso plano de atualizar o MCL60 foi alcançado a tempo.

Agora vamos para Miami com o objetivo de terminar a primeira rodada dupla da temporada. Continuaremos a nos esforçar ao máximo para garantir um resultado positivo no Autódromo Internacional de Miami neste fim de semana.

Miami é outro circuito interessante, com calor e risco de chuva. Será a primeira vez de Oscar [Piastri] no circuito, mas ele se preparou muito bem no simulador. Sabemos que há muito trabalho a fazer para melhorar nosso desempenho, mas vamos para a Flórida com o objetivo de entregar outro fim de semana de corrida limpo e alcançar mais pontos.”

BWT Alpine (8 pts)
(Foto: Alpine F1 Team/Divulgação)

Esteban Ocon #31:Depois de um fim de semana muito complicado em Baku, o objetivo para nós aqui em Miami é fazer um retorno forte. Toda a equipe está feliz por ter a chance de consertar as coisas logo depois de Baku e estamos prontos para enfrentar o final de semana do Grande Prêmio de Miami.”

Pierre Gasly #10:É bom termos uma oportunidade imediata de nos recuperar após uma passagem frustrante pelo Azerbaijão. Miami é um circuito mais normal e devemos aprender mais dele desde a primeira volta na sexta-feira para nos colocarmos em uma posição mais forte e competir no topo do grid.

Depois de duas corridas decepcionantes das últimas etapas, estou determinado a consertar as coisas neste fim de semana e voltar aos dez primeiros é o mínimo em termos de meta para tentar alcançar em Miami.”

Otmar Szafnauer (chefe de equipe): Não comentou.

MoneyGram Haas (7 pts)
(Foto: Haas F1 Team/Divulgação)

Kevin Magnussen #20:O Grande Prêmio de Miami é uma dessas novas corridas nos EUA que parece um novo tipo de evento de Fórmula 1, onde é levado para o próximo nível. É muito original e sensacionalista, tem muitas coisas novas e também acho o layout do circuito divertido, apesar de ser um local de prova exigente fisicamente: ano passado foi muito quente e úmido lá.

Miami não é a corrida mais física em termos de traçado, mas o circuito é complicado de se percorrer. O setor 1 é divertido, pois é o mais rápido da pista. Por outro lado, há os ‘Ss’ e frenagens complicadas nas curvas 7 e 8 antes da reta e a parte mais desafiadora da pista: a seção mais lenta sob a ponte antes da última longa reta.”

Nico Hulkenberg #27:Só vou explorar a pista na sexta-feira em um carro de Fórmula 1, mas dei voltas quentes por aqui em um carro de estrada e pareceu divertido. Estou ansioso para explorá-la e aprender o circuito, pois é bastante técnico e desafiador, com certeza.

O evento do ano passado foi bastante badalado, bem-sucedido e nunca vi um paddock e um grid tão grandes quanto Miami durante meu tempo na Fórmula 1, então pareceu ter sido muito divertido.

Claro que o GP de Miami vai ser um fim de semana agitado e uma corrida movimentada para nós. Temos muitos parceiros e convidados que nos apoiarão; é o negócio de sempre e a abordagem continua a mesma: darei 100 por cento de mim nesse final de semana.”

Guenther Steiner (chefe de equipe):É estranho porque o GP de Miami só aconteceu em uma ocasião, ano passado, mas parece que já existe há muito tempo. Todos na equipe estão ansiosos porque fizeram um bom trabalho lá em 2022. Sempre há espaço para melhorias, mas estou muito otimista, pois é um daqueles eventos em que é ótimo para as equipes voltarem.

Foi uma grande atmosfera na temporada passada e será novamente este ano. Há um burburinho positivo nisso porque os fãs estão realmente esperando que essa corrida aconteça. Essa etapa é movimentada para toda a equipe; tem muita coisa acontecendo nesta semana.

Temos muitos parceiros americanos: MoneyGram, Haas Automation, Chipotle, TravisMathew e também a OAKBERRY e Palm Angels, que têm muitos laços com Miami e é um mercado importante para eles. Temos muitas atividades em Miami, o que é ótimo porque conseguimos exposição e os fãs adoram quando mostramos a eles o que estamos fazendo.”

Alfa Romeo Stake (6 pts)
(Foto: Alfa Romeo/Divulgação)

Valtteri Bottas #77:Baku definitivamente não foi o nosso fim de semana, mas tiramos algumas lições disso e passamos para uma nova semana de corrida. Estou feliz por estar de volta a Miami, tenho boas lembranças da corrida inaugural do ano passado e da recepção que recebemos aqui na Flórida.

“Precisamos fazer uma rápida melhora em termos de desempenho, maximizando as diferentes pistas que teremos a partir de Miami. Estamos mais motivados do que nunca e ainda há muitas corridas pela frente. Estou ansioso para voltar ao volante neste fim de semana, me sentindo confiante e pronto para um novo desafio.”

Guanyu Zhou #24:Chegamos a uma nova semana de corrida e teremos novas oportunidades depois do que não foi o melhor evento para nós em Baku. Tenho negócios pendentes da etapa do ano passado em Miami, por isso estou ainda mais motivado para trazer um bom resultado para a equipe.

Esperávamos mais dessas primeiras corridas, mas estamos determinados a voltar onde precisamos estar. Vimos como as diferenças são menores este ano. Todos na equipe estão trabalhando duro e estou confiante de que em breve daremos o passo à frente que desejamos.”

Alessandro Alunni Bravi (chefe de equipe):Vamos para Miami para a segunda e última etapa desta rodada dupla, deixando para trás um fim de semana difícil no Azerbaijão. Não há como negar que não estamos onde esperávamos estar no início da temporada e, agora, em termos de desempenho, lutar pelos dez primeiros é difícil.

No entanto, devemos manter a calma e não perder o foco no que precisamos fazer; ainda temos a oportunidade de virar o jogo. Vimos em Baku como o pelotão do meio ainda é muito competitivo e pequenas margens podem fazer diferença. Estamos trabalhando duro em melhorias, tanto na base da Suíça quanto na pista, e estamos comprometidos em alcançar progressos significativos como equipe.”

Scuderia AlphaTauri (2 pts)
(Foto: Scuderia AlphaTauri/Divulgação)

Yuki Tsunoda #22:Baku foi difícil, mas cheguei a Miami com uma atitude muito positiva, porque há vários sinais de que estamos progredindo com o carro e as atualizações parecem estar funcionando. Trabalhei muito no simulador para Miami e há algumas seções semelhantes a Baku, então espero que possamos continuar progredindo com o carro.

No ano passado, em Miami, entrei no Q3 e gostei da pista. A atmosfera é muito especial e os fãs americanos são emocionados pelo esporte. Lembro do calor e da humidade elevada que tornaram a prova bastante exigente fisicamente. Em 2022 eu não esperava isso, mas desta vez estarei pronto.”

Nyck De Vries #21:A melhor coisa que você pode fazer depois de um fim de semana como o de Baku é voltar para o carro e, felizmente, é exatamente isso que posso fazer nesta segunda parte de duas corridas consecutivas em dois finais de semana.

O que aconteceu na corrida de domingo em Baku foi puramente minha culpa. Foi um fim de semana difícil, não só para mim, mas principalmente para os mecânicos, a quem dei muito trabalho extra. A boa notícia é que a equipe fez um ótimo trabalho para melhorar o carro e Miami será uma oportunidade de tirar o máximo proveito dele, conhecer melhor o carro e desenvolvê-lo ainda mais.

Miami é uma cidade muito legal e estou ansioso para correr lá. Será uma corrida difícil porque faz muito calor durante o dia. Pelo trabalho feito no simulador, notei que há algumas seções difíceis nessa pista, como o trecho embaixo da ponte, que é muito lento, sinuoso e bastante desconfortável para os atuais carros de Fórmula 1, que são muito grandes.”

Franz Tost (chefe de equipe): Não comentou.

Williams Racing (1 pt)
(Foto: Williams Racing/Divulgação)

Alex Albon #23:Miami foi um circuito interessante no ano passado, sendo uma das pistas mais físicas com calor e umidade, então é definitivamente mais um desafio para o piloto. O traçado da pista também foi bastante difícil, porém com o recapeamento feito para este ano, espero que isso faça a diferença.

Tenho boas lembranças da minha finalização na P9 no ano passado, e este ano torna ainda mais especial uma corrida em casa para a equipe e para Logan, então tenho certeza que as vibrações serão boas e podemos tentar um bom fim de semana.”

Logan Sargeant #2:Mal posso esperar para a minha primeira corrida em casa. Espero que seja um desafio com o calor e o fato de eu não conhecer a pista, mas a minha energia e motivação para estar no meu melhor estão redobradas. Vai ser um fim de semana muito especial para mim e vou aproveitá-lo ao máximo.”

James Vowles (chefe de equipe): Não comentou.

NOVIDADES PARA O GP

Carros da RBR com pintura especial

(Imagem: Red Bull Racing/Divulgação)

A Red Bull Racing correrá com um layout de pintura diferente nesse fim de semana, desenvolvido pelos fãs durante um concurso promovido pela equipe de energéticos em suas redes sociais.

Através da competição “Make Your Mark”, a RBR ofereceu aos fãs a chance de idealizarem três pinturas para os carros de Sergio Perez e de Max Verstappen, para serem utilizadas nos três GPs nos EUA deste ano: Miami, Austin e Las Vegas.

O layout especial de Miami possui faixas simples em azul claro e rosa choque que percorrem da asa traseira até a frontal dos dois RB19s.

Detalhes do circuito
Autodrómo Internacional de Miami (Imagem: Fórmula 1/Divulgação)

O Autódromo Internacional de Miami possui 5.412 km de extensão, 19 curvas (7-D e 12-E), fluxo no sentido anti-horário, vai receber um GP de Fórmula 1 pela segunda vez e a corrida terá um total de 57 voltas. O recorde de volta no traçado pertence a Max Verstappen, que cravou 1:31.361 na temporada passada.

Essa pista de rua é caracterizada por possuir trechos de média a alta velocidade e curvas rápidas consecutivas, estas presentes no setor 1, além de seções técnicas de baixa. Confira como é uma volta rápida no circuito de Miami, através do simulador/game F1 2022.

O trecho mais desafiador da pista improvisada ao redor do Hard Rock Stadium é a sequência das curvas 14, 15 e 16, que formam o trecho mais sinuoso e difícil de acertar do traçado americano.

O principal ponto de ultrapassagem em Miami é a longa reta final, localizada entre as curvas 16 e 17, onde há uma das três zonas de abertura de asa móvel (DRS) disponíveis para os pilotos.

Importante mencionar que a FIA encurtou as duas primeiras zonas de DRS em 75 metros, o que poderá afetar a porcentagem de ganhos de posições no circuito.

Em 2022, o vencedor da estreia do Grande Prêmio de Miami foi Max Verstappen, que largou em terceiro, conquistou a liderança da prova em nove voltas e manteve a P1 até a bandeira quadriculada. Logo atrás de Verstappen finalizou o pole sitter, Charles Leclerc, e Carlos Sainz.

Informações sobre os pneus
(Infográfico: Pirelli)

Para Miami, os compostos que a Pirelli ofereceu são: C2 como o P Zero Branco duro, C3 como o P Zero Amarelo médio e C4 como o P Zero Vermelho macio.

A pista é moderadamente exigente com os pneus. A escolha de três compostos do meio da gama, em vez de conjuntos mais macios, deve-se principalmente às temperaturas normalmente altas da pista, que atingiram 60°C no ano passado.

Os compostos mais utilizados na corrida de 2022 foram médios e duros; além disso, na corrida, a maioria dos pilotos fez apenas uma parada nos boxes. A prova foi neutralizada duas vezes por um safety car e um safety car virtual, o que permitiu que algumas equipes fizessem um segundo pit stop.

Os organizadores do GP promoveram um recapeamento da pista para este ano; por isso, a nova superfície é uma incógnita e os técnicos da Pirelli a analisaram na última quarta-feira (03).

Informações da assessoria de imprensa da Pirelli Brasil.

Previsão do tempo
(Foto: Chris Graythen/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Sexta-feira:

Mínima de 20°C e Máxima de 30°C. Tempo aberto, ensolarado e com 20% de possibilidade de chuva.

Sábado:

Mínima 24°C e Máxima 31°C. Tempo aberto, com intervalos de sol entre nuvens e 40% de chance de ocorrer pancadas de chuva.

Domingo:

Mínima de 24°C e Máxima de 30°C. Céu nublado, com 60% de probabilidade de chuva.

Fonte: www.formula1.com

Transmissão no Brasil

A corrida acontecerá no próximo domingo, às 16h30 (horário de Brasília), e será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes de Televisão.

Entrevistas disponibilizadas pela assessoria de imprensa de cada equipe.

PROCURANDO CAMISAS OU CASACOS DE FÓRMULA 1 COM ESTAMPAS CLÁSSICAS, ATUAIS E DE QUALIDADE CERTIFICADA? CLIQUE AQUI E CONHEÇA A RETRO ESPORTE!