Início Destaque FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP da...

FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP da Grã-Bretanha – 2022

524

 13 min de leitura

(Foto: Lars Baron/Getty Images/Red Bull Content Pool)
Confira o que pilotos e chefes de equipe esperam da décima etapa da temporada.

A Fórmula 1 retorna nesse final de semana (1 a 3 de julho) para realizar o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, a décima prova do calendário 2022, no icônico circuito de Silverstone, na Inglaterra.

Esse GP será a corrida em casa para as equipes McLaren, Williams e Aston Martin, e para os pilotos Lewis Hamilton, George Russell e Lando Norris. Curiosamente, é a primeira vez que a Mercedes terá uma dupla de pilotos inteiramente britânica, e esse fato tornará essa uma disputa especial para a escuderia alemã.

Abaixo, confira o que pilotos e chefes de equipe, que se manifestaram, esperam do GP britânico, em ordem decrescente da classificação atual do campeonato de construtores.

Oracle Red Bull Racing (304 pts)
(Foto: Red Bull Racing/Divulgação)

Max Verstappen #1:Estou ansioso para voltar a Silverstone. Há tantos fãs incríveis e é bom saber que é no caminho da fábrica da equipe, em Milton Keynes, bem próximo do circuito.”

Sergio Perez #11: “Tenho trabalhado muito com a minha equipe e sabemos onde e no que precisamos trabalhar. Por isso, estamos prontos para ter um bom fim de semana em Silverstone.”

Christian Horner (chefe da equipe): Não comentou.

Scuderia Ferrari (228 pts)
(Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação)

Charles Leclerc #16: “Estou ansioso para Silverstone agora. É um dos meus circuitos favoritos do calendário e espero que possamos marcar alguns grandes pontos lá.”

Carlos Sainz #55: “Fomos os mais rápidos na pista no Canadá, e me senti muito melhor no carro, conseguindo pressionar Max [Verstappen] constantemente ao longo da corrida. Agora precisamos levar esse sentimento positivo para a próxima corrida em Silverstone.

Mattia Binotto (chefe da equipe):Ainda temos alguns problemas de confiabilidade e, em Maranello, estamos trabalhando para corrigi-los definitivamente. Charles fez o seu melhor em Montreal, ganhando 14 posições saindo da última fila e terminando em quinto.

“Carlos fez uma grande corrida, que demonstrou a confiança que ele tem agora no carro. Agora vamos para Silverstone, onde esperamos que nossos rivais introduzam algumas atualizações, mas certamente pretendemos ser competitivos lá.”

Mercedes-AMG Petronas (188 pts)
(Foto: Mercedes-AMG F1/Divulgação)

Lewis Hamilton #44: Não comentou.

George Russell #63: Não comentou.

Toto Wolff (chefe da equipe):Silverstone é a próxima prova, e é sempre um destaque em cada ano. Os fãs são apaixonados e experientes. É também o nosso evento local, com Brackley e Brixworth por perto. Os membros da nossa equipe estarão na pista na sexta-feira assistindo das arquibancadas e vendo os resultados de seu trabalho duro em ação, o que é incrivelmente emocionante.

Sabemos que as duas primeiras equipes [Red Bull e Ferrari] têm uma vantagem considerável. Nosso desafio é fechar essa lacuna. Silverstone foi bom para nós no passado; temos algumas melhorias chegando e é uma pista mais suave. Estamos com o objetivo de dar mais um passo à frente nesse fim de semana.”

McLaren (65 pts)
(Foto: McLaren F1/Divulgação)

Lando Norris #4: “Estou muito animado por retornar à minha corrida em casa em Silverstone. Ver os fãs britânicos em todas as arquibancadas enquanto percorremos a pista é sempre muito motivador e um grande impulso para a equipe; nada supera uma torcida em casa. Estou ansioso para ver todos lá e absorver essa atmosfera.”

Daniel Ricciardo #3:O Grande Prêmio na Inglaterra é uma corrida em casa para a equipe e isso significa que definitivamente sentiremos o apoio nas arquibancadas. Houve um mar de ‘Papayas’ no ano passado, então estou animado para ir para lá novamente este ano.

Silverstone é a etapa em que fiz minha estreia na Fórmula 1, então tem um lugar especial no meu coração de qualquer maneira, mas também é um ótimo circuito para correr, então mal posso esperar para entrar na pista.”

Andreas Seidl (chefe da equipe): “Não há nada melhor do que uma corrida em casa e toda a equipe está ansiosa para ver os nossos fãs entre a multidão. Claro, além de ser uma corrida em casa para a equipe, Silverstone também marca o GP em casa de Lando, o que significa que realmente sentimos o apoio das arquibancadas. Muitos da nossa equipe também estarão na corrida, vendo seu trabalho árduo em ação.

Tem sido bom passar algum tempo longe das pistas desde o Canadá. Desde então, revisamos o fim de semana, sabemos onde precisamos melhorar e agora estamos colocando nosso foco total no fim de semana à nossa frente.

A pista de Silverstone em si é rápida. Algumas de suas características icônicas, como a famosa sequência de curvas Maggots e Becketts, são um desafio para qualquer piloto, então certamente será emocionante para os fãs. Logisticamente, é melhor para a equipe, pois é uma jornada mais curta até o circuito, e esta é a vantagem de uma correr em casa.”

BWT Alpine (57 pts)
(Foto: Alpine F1 Team/Divulgação)

Fernando Alonso #14:Silverstone é uma corrida clássica no calendário. Tive vários pódios, pole positions e vitórias lá. É uma pista que costuma oferecer uma ação boa na pista. Geralmente o clima é imprevisível também: às vezes, tem dias de verão muito quentes e outras vezes chove forte e os ventos podem ser intensos no circuito. Seja qual for o clima, será um fim de semana divertido, tenho certeza.

Tem sido um ano misto para mim. Parece que estamos consistentemente entre os dez primeiros e, em algumas ocasiões, estamos um pouco mais altos, especialmente no ritmo de uma volta. No entanto, tivemos muita má sorte até aqui: problemas de confiabilidade, incidentes mal cronometrados e Safety Cars. Há mais por vir e sabemos que o potencial existe. Estou animado para ver como nos sairemos daqui pra frente.”

Esteban Ocon #31: “Saímos do Canadá com orgulho depois de marcar bons pontos. Agora estamos ansiosos para a próxima rodada com o objetivo de lutar ainda mais no grid. Estamos trazendo algumas atualizações para Silverstone, então espero que possamos ter um bom progresso nas próximas duas semanas.

“Do meu lado, usei os últimos dias para me recuperar do que foi uma intensa rodada dupla, mas me preparei para as próximas corridas em Silverstone e na Áustria. Eu estava na fábrica esta semana dissecando a última etapa com os engenheiros e me preparando no simulador. Posso sentir toda a equipe ansiosa por Silverstone, uma de nossas duas provas em casa.”

Otmar Szafnauer (chefe da equipe): Não comentou até o momento.

Alfa Romeo ORLEN (51 pts)
(Foto: Alfa Romeo/Divulgação)

Valtteri Bottas #77: “Silverstone é um lugar que dispensa apresentações: o Grande Prêmio da Grã-Bretanha é uma das grandes corridas do automobilismo e você sente o significado deste evento desde o momento em que passa pelos portões do circuito. Os fãs aqui são incríveis: eles amam o esporte, o conhecem bem e há uma verdadeira atmosfera de festival a partir de quinta-feira.

Estou confiante de que podemos ter um bom fim de semana para continuar na linha do que fizemos em Montreal: a chave para nós será aproveitar ao máximo cada sessão para ajustar o carro às características desta pista, com sua velocidade e trechos onde muito tempo pode ser ganho ou perdido. Se fizermos um bom trabalho ajustando nosso carro, iremos nos divertir muito nesse GP.”

Guanyu Zhou #24: “Estou realmente ansioso para voltar ao carro neste fim de semana. O resultado no Canadá foi um grande aumento de confiança depois de algumas corridas em que não conseguimos mostrar nosso verdadeiro valor. Trazer para casa meu melhor resultado na Fórmula 1 até agora mostra de maneira concreta o progresso que fiz nas nove corridas desde a minha estreia.

“Agora quero continuar construindo isso e trazer pontos para a equipe. Pilotar em Silverstone será muito especial: é uma das pistas mais históricas do calendário, uma em que eu sempre quis correr em um carro de F1, pois é realmente um lugar que tira o melhor proveito dessas máquinas. Acho que temos tudo para ter outro bom resultado mas, pra isso, precisamos executar tudo de forma perfeita para terminarmos na frente de nossos rivais.”

Frédéric Vasseur (chefe da equipe):A disputa no Canadá foi bom e é a prova do que podemos fazer quando temos um domingo sem problemas para ambos os carros. É um resultado que ainda exigiu muito trabalho e duas atuações inspiradas de Valtteri e Zhou, mas é algo que podemos tentar repetir nas próximas rodadas.

“Precisamos continuar trabalhando duro e não nos deixarmos levar: sabemos que estamos travados em uma luta muito apertada e cada classificação e corrida serão decididas em pequenos detalhes.

“No papel, Silverstone deve ser uma pista desafiadora para nós, mas conseguimos lutar em todos os circuitos até agora, então não há razão para não fazermos isso aqui também. Este é um lugar que significa muito para nós, com muita história, e seria ótimo continuar a nossa positivamente aqui.”

Scuderia AlphaTauri (27 pts)
(Foto: Scuderia AlphaTauri/Divulgação)

Pierre Gasly #10:Em relação a Silverstone, devo dizer que é um circuito que aprecio muito. É bem rápido e em certos lugares, como o trecho Maggots e Becketts, você pode sentir uma sensação incrível com o carro. Veremos o que será possível: avaliando objetivamente O AT03, sabemos que nos falta um pouco de aerodinâmica e esperamos um fim de semana que não seja exatamente simples.

“Faremos todo o possível para tirar o máximo proveito do pacote atual, aguardando algumas atualizações que chegarão em breve. Por enquanto, devemos estar prontos para aproveitar qualquer oportunidade, mas no papel Silverstone será uma etapa difícil para nós. É a corrida em casa para a Red Bull Racing e, de certa forma, para nós também, considerando que nosso departamento de aerodinâmica e o túnel de vento não estão longe da pista.

“Estou ansioso pelo fim de semana em Silverstone por várias razões, incluindo poder começar a olhar para frente junto com a equipe pelos próximos 18 meses. Estou feliz que a confirmação tenha chegado cedo, porque isso nos permite planejar a estratégia de construção e desenvolvimento do carro para o próximo ano.

Yuki Tsunoda #22:Conheço bem Silverstone, corri lá pela primeira vez em 2019 na Fórmula 3, marcando pontos em uma das corridas. No ano seguinte, na Fórmula 2, tivemos quatro corridas em dois finais de semana e fiquei em terceiro lugar na primeira Feature Race e ganhei a segunda Sprint Race. Eu sinto que esta é uma pista onde eu posso correr bem.

Mal posso esperar para enfrentar essa pista rápida e antiga ao volante desses carros novos. Eles serão um pouco mais lentos do que no ano passado, mas faremos tempos de volta semelhantes aos vistos em 2021. Com base no que vimos no Azerbaijão, este ano pode ser um pouco mais fácil ultrapassar em Silverstone.

Nosso objetivo, como sempre, é tentar chegar ao Q3 no sábado e depois marcar pontos; pode ser uma corrida difícil para o nosso pacote atual, mas os treinos livres sem problemas podem nos ajudar.”

Aston Martin Aramco Cognizant (16 pts)
(Foto: Aston Martin/Divulgação)

Lance Stroll #18:Depois de Mônaco, Baku e Canadá, estou ansioso para ver como o AMR22 se comportará em Silverstone. Temos encontrado desempenho em cada corrida à medida que aprendemos mais e mais sobre o carro e estamos realmente progredindo.

O pelotão do meio está incrivelmente apertado agora, então seria ótimo se pudéssemos dar mais um passo à frente neste fim de semana. O Grande Prêmio da Grã-Bretanha é um grande evento para toda a equipe e estou realmente ansioso para pilotar na frente das fantásticas multidões em Silverstone.”

Sebastian Vettel #5:Sempre gostei muito dos fins de semana de corrida em Silverstone e sempre fico impressionado com o entusiasmo e a emoção que a torcida britânica mostra às equipes e aos pilotos. É um evento fantástico.

A mistura de curvas deve nos dar uma melhor compreensão de algumas das principais características de desempenho desses carros de 2022 e também deve nos ajudar a melhorar e refinar ainda mais nossa compreensão do AMR22.

O fim de semana de Silverstone é sempre muito intenso, mas espero que possamos nos divertir e marcar alguns pontos sólidos diante de nossa torcida.”

Mike Krack (chefe da equipe): Não comentou.

Haas (15 pts)
(Foto: Haas F1 Team/Divulgação)

Mick Schumacher #47:Silverstone tem algumas boas e más memórias para mim, mas sempre me tratou bem, então estou animado para ir para lá e marcar o início de todas as corridas europeias que estão por vir, o que é bom, pois significa que todos temos um pouco mais de tempo sem tantas fugas.

Esses carros novos são conhecidos por obter um aumento na força aerodinâmica quanto mais rápido eles vão, o que geralmente significa que as curvas mais rápidas devem se comportar um pouco diferente em relação ao ano passado. Será fascinante percorrer a seção Maggotts e Becketts nesses carros novos. Tenho certeza de que será divertido.”

Kevin Magnussen #20:O GP britânico é a corrida em casa da Fórmula 1 em muitos aspectos, é uma prova tradicional. O circuito de Silverstone é, claro, um clássico, por isso é sempre bom ir lá e estou ansioso pra correr lá.

“Esses carros são um pouco mais lentos, mas ainda serão rápidos. Eles são rígidos, então passar pela seção Maggotts e Becketts pode ser um pouco diferente. Isso tornará a disputa mais desafiadora, eu diria, já que os carros são rígidos e muito baixos, mas Silverstone creio que ainda será um ótimo circuito para pilotar.

Guenther Steiner (chefe da equipe):É muito bom, finalmente, podermos fazer nosso evento em família. Não tivemos nada desde a chegada do COVID em 2020. É importante porque grande parte da equipe está viajando muito e é bom que todos os funcionários mostrem para seus familiares o que estão fazendo e por que estão trabalhando tanto.

“Estou realmente ansioso para ver todos os membros da família, pois há um recorde de público planejado em Silverstone.”

Williams Racing (3 pts)
(Foto: Williams Racing/Divulgação)

Nicholas Latifi #6:Mal posso esperar por esse GP na Inglaterra. É a corrida em casa da equipe, por isso vai ser um fim de semana especial nesse sentido. Silverstone é um circuito incrível, especialmente com a enorme participação dos fãs e a atmosfera que eles criam.

Sempre foi uma das minhas pistas favoritas no calendário da F1, com o asfalto de alta aderência, alta velocidade e natureza fluida. Mal posso esperar para percorrer esse traçado e espero que tenhamos um final de semana sólido.

Alex Albon #23:Silverstone é uma corrida em casa para a equipe e, em parte, para mim também. É um circuito especial que se torna melhor por todos os fãs que aparecem para mostrar seu apoio.

Essa pista também foi onde tirei minha licença de kart aos 8 anos e, a partir disso, quando tudo começou para mim. Tem que ser um dos locais de prova mais agradáveis ​​para um piloto, e acho que vai ser muito divertido pilotar em Silverstone nesses novos carros.
Detalhes do circuito
Circuito de Silverstone (Foto: Imagem/Divulgação)

O circuito de Silverstone possui 5.891 km de extensão, 18 curvas (10-D e 8-E) recebe GPs de Fórmula 1 desde 1950 e a corrida terá um total de 52 voltas. O recorde de volta mais rápida no traçado ainda pertence a Max Verstappen, que cravou 1:27.097 na temporada 2020.

A pista é caracterizada por possuir trechos predominantes de média a alta velocidade e várias curvas em formato circular. O principal ponto de ultrapassagem nessa pista é a reta oposta, onde é localizada uma das duas zonas de abertura de asa móvel (DRS) disponíveis no traçado.

A seção mais famosa de Silverstone é a Maggots e Becketts, formada pelas curvas 10 a 14, um trecho de alta velocidade que se apresenta em uma sequência de Ss. Confira abaixo como é uma volta no circuito britânico, através do simulador/game F1 2019.

Um trecho que se tornou famoso de 2021 pra cá foi a curva 9 (Copse), onde ocorreu o polêmico contato entre Max Verstappen e Lewis Hamilton que resultou em uma forte batida do atual campeão no muro a mais de 300 km/h.

Informações sobre os pneus
(Infográfico: Pirelli)

Juntamente com Suzuka, no Japão, e Spa, na Bélgica, Silverstone coloca as maiores exigências aos pneus durante todo o ano, razão pela qual os compostos mais duros da gama foram nomeados: C1 como P Zero Branco duro, C2 como P Zero Amarelo médio, e C3 como o P Zero Vermelho macio. Esta é a terceira vez que esta combinação é escolhida durante o ano.

Curvas rápidas e de alta energia, como o complexo Maggotts e Becketts, não são o único desafio que Silverstone tem a oferecer: o clima pode ser extremamente variável, de muito sol a chuva forte.

A corrida do ano passado foi vencida com duas trocas de pneus: uma delas ocorreu sob bandeira vermelha após a colisão entre Lewis Hamilton e Max Verstappen. Quase todos os pilotos completaram dois stints de médio e um final no duro. Este ano, os compostos e as estruturas são completamente diferentes e, além disso, não haverá formato de classificação em Sprint este ano.

Informações da assessoria de imprensa da Pirelli Brasil.

Previsão do tempo
(Foto: Peter Fox/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Sexta-feira:

Mínima de 10°C e Máxima de 19°C. Tempo parcialmente nublado, com intervalos de sol e brisas moderadas. 11% de possibilidade de chuva.

Sábado:

Mínima 10°C e Máxima 19°C. Céu parcialmente nublado. Intervalos de sol com brisas moderadas. 11% de chance de chover.

Domingo:

Mínima de 10°C e Máxima de 20°C. Intervalos de sol e brisas moderadas. 4% de possibilidade de chuva.

Fonte: www.bbc.com/weather

Transmissão no Brasil

A corrida acontecerá no próximo domingo, às 11h (horário de Brasília), e será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes de Televisão.

Entrevistas disponibilizadas pela assessoria de imprensa de cada equipe.

Artigo anteriorSTOCK CAR – O que esperar da quinta e sexta etapas da temporada – 2022
Próximo artigoFÓRMULA 3 – Programação, Horários e Transmissão – GP da Inglaterra (Silverstone) – 2022