Início Destaque FÓRMULA 3 – Resumo – GP da França – 2021

FÓRMULA 3 – Resumo – GP da França – 2021

172

 4 min de leitura

Fonte: twitter.com/FIAFormula3

Em um final de semana marcado por uma incrível performance do piloto da casa, Victor Martins, a F3 teve 3 boas etapas no Circuito Paul Ricard, em Le Castellet-FRA, com 3 vencedores diferentes nas 3 corridas, boas ultrapassagens e uma “quase” corrida dos sonhos da Prema. Para os brasileiros, entretanto, apenas o domingo trouxe boas notícias com o pódio de Caio Collet.

CORRIDA 1

Destaque para o vencedor Alex Smolyar (ART). O piloto russo, que largou da P6, foi abrindo espaço no pelotão aproveitando enquanto Ayumu Iwasa (Hitech), Calan Williams (Jenzer) e Logan Sargeant (Charouz) disputavam o Top 3, assumiu a liderança na volta 17 e enfrentou o piloto da casa, Victor Martins (MP Motorsport) até a última volta.

Martins, por sua vez, largou da P10 e apareceu na disputa pela vitória apenas nas últimas voltas, quando assumiu a P3. O piloto da Academia Alpine mostrava ter um carro bem acertado desde a classificação, onde conseguiu cravar a P3 para a corrida 3 (de domingo).

Arthur Leclerc (Prema) terminou a prova na P12, garantindo a pole position para a corrida 2. Vale citar que o irmão mais novo de Charles fez uma excepcional prova de recuperação após ter largado da última colocação (após seu acidente na sexta).

A primeira prova, no entanto, foi péssima para os brasileiros: Caio Collet, companheiro de Martins, terminou apenas na P13 após largar na oitava colocação, enquanto Enzo Fittipaldi (Charouz) permaneceu na P21 durante toda a corrida.

CORRIDA 2

Leclerc liderou, de ponta a ponta, sem ser ameaçado pelos companheiros de Prema. Méritos do monegasco, que soube administrar seu carro e aproveitou enquanto Hauger e Caldwell brigavam pela P2.

Mas aqui o destaque vai, novamente, para Victor Martins. Largando da P11, o piloto da casa já aparecia no Top 5 no quarto giro, assumindo a P4 após ultrapassar Doohan (Trident) na volta 7. Após uma corrida perseguindo Caldwell (Prema), que perdeu rendimento e viu Hauger abrir 4 segundos de vantagem, o piloto da MP Motorsport fez a ultrapassagem para a P3 na volta 19, quando o #3 já mostrava sinais claros de pneus desgastados, destruindo a esperança da esquadra italiana preencher o pódio.

Jak Crawford (Hitech), que largava em segundo, viu o carro morrer logo que as luzes apagaram e despencou para a penúltima posição. Só não foi ultrapassado pelo brasileiro Caio Collet, que teve o mesmo problema e foi obrigado a abandonar a prova com problemas no motor. Já Enzo, que largou da P21, terminou a prova na P18.

CORRIDA 3

Se os pilotos tendem a ser mais arrojados na corrida de domingo, uma prova com chuva deixa a disputa ainda mais acirrada. Foi com este cenário que Jack Doohan (Trident) conseguiu sua primeira vitória na F3, após largar da P4 e mostrar melhor manejo do carro para encontrar aderência em pista molhada – vale citar que, em 1996, Jack Doohan (pai de Mick) venceu em Paul Ricard.

Doohan assumiu a liderança da prova no 14º giro, quando ultrapassou Dennis Hauger (Prema), que finalizou na segunda colocação e manteve a liderança do campeonato. Victor Martins (MP Motorsport), que estava em um fim de semana incrível, disputava a P3 com o companheiro Caio Collet, aproveitando o erro de Frederik Vesti (ART) na volta 11 – o piloto, que largou na pole position, perdeu aderência em uma curva e acabou saindo de pista, perdendo 2 posições e caindo para P5. O brasileiro, porém, fez a ultrapassagem no final a volta 15 e completou o pódio da etapa.

Enzo Fittipaldi, que largou (novamente) da P21, conseguiu o melhor resultado de sua carreira na F3, terminando na P11 (mas sem pontuar). Leclerc, que largou da última posição, fez novamente boa corrida de recuperação e terminou na 13º posição, com 17 ultrapassagens.

Fonte: fiaformula3.com

Com os resultados deste final de semana, Dennis Hauger (Prema) permanece na liderança do campeonato com 66 pontos, 6 a mais que Victor Martins (MP Motorsport). Jack Doohan, da Trident, fecha o Top 3, com 2 pontos a menos que Martins. Caio Collet é o 7º, com 35 pontos, e Leclerc subiu para a 11º posição, com 15 tentos. Já para as equipes, a Prema permanece na liderança com 122 pontos, enquanto a Trident aumentou sua distância para a MP, com 107 pontos contra 95. A ART aparece na P4, com 81.

A próxima prova da F3 é no Red Bull Ring, na Áustria, no final de semana do dia 3-4 de julho.

CALENDÁRIO 2021
Calendário FÓRMULA 3 2021 - Tomada de Tempo
Calendário FÓRMULA 3 2021 – Tomada de Tempo
Artigo anteriorFÓRMULA E – Resultado Final (9ª etapa) – ePrix de Puebla / México – 2021
Próximo artigoW SERIES – Saiba mais sobre a categoria e conheça as pilotas para 2021