Início Destaque NASCAR – Joey Logano vence e é o primeiro finalista da NASCAR...

NASCAR – Joey Logano vence e é o primeiro finalista da NASCAR – Kansas (Edição Outubro) – 2020

244

 4 min de leitura

O oval do Kansas recebeu a primeira etapa do “round de 8” das três divisões da NASCAR. Créditos : Chris Graythen | Getty Images (Nascar.com)

Olá amigos e amigas do Tomada de Tempo e do Kojak ! Agora só faltam mais duas corridas para conhecermos os quatro finalistas que vão decidir o caneco da CUP SERIES em Phoenix no dia 08 de novembro. Neste domingo, no Kansas, saiu o primeiro nome deste quarteto e é o campeão de 2018, Joey Logano#22. Mas as coisas não foram tão simples como pode parecer nesse parágrafo.

Por “falar” em não ser tão simples, além de encarar uma temperatura ambiente de 6ºC, Martin Truex Jr.#19 teve que largar do final do pelotão por ter o carro barrado na inspeção técnica por duas vezes. Após remar bastante, conseguiu chegar ao final em P9, mas sua situação agora ficou delicada nos playoffs. Possivelmente só uma vitória levará Truex Jr.#19 para a decisão.

O começo da prova foi bem agressivo entre os pilotos dos playoffs e um “intruso”, Ryan Blaney#12, que já não está mais na briga. Porém, quem dominava e deixava parecer que seria novamente o dia dele, era Chase Elliott#9, vencedor da etapa anterior no Roval de Charlotte. Fim do primeiro segmento: Elliott#9 na ponta, seguido por Keselowski#2 e Denny Hamlin#11.

Como escrevi, Elliott#9 deixava parecer que seria o dia dele, mas o carro 9 nos enganou e começou a ter sérios problemas no RADIO! Sim Sras. e Srs., um problema no rádio tirou Elliott#9 da luta pela vitória. Mas imaginem ter dificuldades em falar com o Spotter e com seu engenheiro chefe durante uma prova da NASCAR em oval. Com certeza a forma de pilotar mudou e Chase não foi mais visto na ponta do pelotão. Sendo assim, nunca mais diga em sua vida que automobilismo não é um esporte coletivo, afinal, tivemos mais uma prova nesse domingo.

Fim do segundo segmento com Hamlin#11 na ponta, seguido por Harvick#4 (forte a corrida toda) e o “penetra” Ryan Blaney#12. Ressalto que Joey Logano#22 fechou o segundo segmento na P14 e até então era figura apagada na prova. Mas, NASCAR, vocês já sabem…

O segmento final mostrou porque a categoria só cresce mundo afora. No momento da rodada de pit stops, Joey Logano#22 arriscou e adotou uma estratégia diferente trocando apenas dois pneus enquanto os ponteiros trocaram os quatro. Graças a isso, o apagado 22 saiu dos boxes na liderança, mas teria que segurá-la no braço, pois além do desgaste dos pneus antigos, em nenhum momento mostrou ter ritmo para vencer a prova.

Enquanto Logano#22 se virava, alguns concorrentes iam se atrapalhando. Denny Hamlin#11 raspou o muro e teve que para os pits em bandeira verde. Kurt Busch#1 abandonou a prova com problemas de motor e agora só chegará à final se vencer alguma das duas próximas etapas. Por outro lado, o jovem Alex Bowman#88, mineiramente, sem alarde, fazia grande prova e se colocou na briga pela ponta, mostrando que a final é uma possibilidade real.

Péssimo dia para Kurt Busch#1. Bons resultados de Bowman#88 e Keselowski#2 os mantêm na disputa. Créditos : Chris Graythen | Getty Images (Nascar.com)

E foram voltas e voltas com Harvick#4 perseguindo, pressionando e tentando achar uma brecha para atacar Logano#22. Bowman#88 vinha logo atrás, meio que na espreita para se aproveitar da briga entre os ponteiros. Mas Logano#22 deu uma aula de pilotagem, de como se defender de uma “raposa” como Kevin Harvick#4 e venceu de forma brilhante. O carro 22 da Penske está na final em Phoenix e os outros sete pilotos que lutem.

Joey Logano#22 venceu no Kansas e se garantiu na final. Créditos : Chris Graythen | Getty Images (Nascar.com)

A tabela dos playoffs mostra obviamente Logano#22 garantido pela vitória e Kevin Harvick#4 muito bem encaminhado por pontos. Hamlin#11 segue em boa situação, mas já esteve mais tranquilo. Um resultado apenas mediano na próxima etapa pode complicar sua vida nos playoffs. Keselowski#2 e Elliott#9 brigam palmo a palmo por essa quarta vaga. Bowman#88 e Truex#19 precisam de um ótimo resultado na próxima etapa para manter as chances. Kurt Busch#1 só a vitória salva.

Créditos : Nascar.com

Na XFINITY Chase Briscoe fez valer a temporada que vem fazendo, venceu com propriedade e se garantiu na final. Na TRUCK SERIES o ótimo campeão de 2018, Brett Moffitt, também se garantiu.

Reta final de campeonato não tem como segurar a empolgação. Vão ser duas rodadas de arrepiar para definirem os finalistas das três divisões. Que venham as emoções do Texas no próximo fim de semana. Quem abre os trabalhos dessa vez é a XFINITY no sábado, dia 24/10, e no domingo teremos a TRUCK SERIES e logo depois a CUP SERIES. Como sempre, confiram, curtam e compartilhem as informações do TOMADA DE TEMPO e acompanhem as redes sociais (abaixo) do Kojak! Até lá e VIVA A NASCAR!

E como diria Kal-El : “Para o alto e avante !!”

SIGA MINHAS REDES SOCIAIS
Artigo anteriorDTM – Resultado + Melhores Momentos – Corrida 2 – Zolder/Bélgica (8ª etapa) – 2020
Próximo artigoFÓRMULA INDY – Programação, Horários e Transmissão – St. Petersburg – 2020