Início NASCAR NASCAR – O jovem Bowman domina em Fontana e se garante nos...

NASCAR – O jovem Bowman domina em Fontana e se garante nos playoffs – 2020

94

 3 min de leitura

Alex Bowman #88 venceu pela segunda vez em sua carreira na Cup Series. Créditos : Meg Oliphant | NASCAR Digital Media

Olá amigos e amigas do Tomada de Tempo e do Kojak ! Em qualquer modalidade esportiva existe a preocupação dos fãs com a renovação dos atletas e com quem substituirá as referências. No tênis, pensamos em quem substituirá Nadal, Federer e Djokovic? Na NBA, em quem será o sucessor de LeBron James? Na NFL, Tom Brady? E assim por diante. Na NASCAR, podemos ficar despreocupados, pois a geração que chegou e continua chegando, tem o pé pesado e está muito bem preparada para continuar e para evoluir o show dessa categoria que tanto cresce.

E entre estes nomes da nova geração está Alex Bowman #88, que foi dominante neste último domingo na corrida de Fontana. Desde o início esteve entre os ponteiros, vencendo o 1º segmento, chegando na P2 no segundo e no último estágio, o mais importante, liderou com folga e propriedade para vencer sem sustos. Bowman, de 26 anos, esteve no playoff da temporada passada, e com essa vitória já está garantido neste ano. Mas pelo que vem apresentando nesta temporada, dessa vez, não será apenas figurante na fase decisiva.

Enquanto o #88 festejou, outros lamentaram. O pole position Clint Bowyer #14, teve um furo de pneu e ficou apenas com a P23. O promissor Christopher Bell #95 de quem se espera muito, segue numa temporada difícil, sem resultados satisfatórios e dessa vez abandonou com problemas mecânicos. Ryan Blaney #12, vencedor do segundo segmento, estava na P2, faltando apenas três voltas para o fim, quando teve problemas nos pneus e teve que ir para os pits com bandeira verde. Resultado: P19. Por outro lado, ótimo resultado do atual campeão Kyle Busch #18, que largando da P17, fechou na P2, seguido pelo seu irmão mais velho, Kurt Busch #1, que sempre esteve entre os ponteiros. A resenha pós corrida da família deve ter sido boa.

Já, Jimmie Johnson #48, poderia sim ter sonhado com algo melhor que a P7 no final, mas com certeza, as inúmeras homenagens recebidas no local de sua primeira vitória, incluindo a bandeira verde da corrida dada pela sua esposa com suas pequenas filhas, com ele largando na primeira fila, são lembranças que valerão mais que qualquer vitória. A NASCAR mostrou como honrar um ídolo esportivo que se despede nessa temporada da categoria.

Jimmie Johnson#48 recebendo a bandeira verde da família com direito a “joinha” da filha. Sim, ele “venceu”. Créditos : Meg Oliphant |Getty Images

Neste fim de semana não tivemos a Truck Series. Seguimos aguardando ansiosamente o primeiro desafio valendo U$ 100.000 envolvendo Kyle Busch e os “desafiantes”. Já na Xfinity, Harrison Burton venceu pela primeira vez na divisão e confirmou o faro de Kyle Busch para descobrir talentos. O garoto é bom.

A NASCAR volta no próximo fim de semana em Phoenix. No sábado teremos a boa e equilibrada Xfinity. A Cup Series corre no domingo em sua quarta etapa. Nas três primeiras corridas foram três vencedores diferentes. Teremos um quarto? Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Segue a tabela com a pontuação da temporada regular. Em asterisco, os vencedores já classificados para os playoffs. Os demais brigam pelas treze vagas que restam. VIVA A NASCAR!

Fonte : Nascar.com

E como diria Kal-El: “Para o alto e avante!!”

QUE TAL UM RESUMO DA CUP SERIES EM 15 MINUTOS?

CALENDÁRIO – NASCAR 2020

Veja como está o calendário 2020 da NASCAR (TRUCK SERIES, XFINITY e CUP):

SIGA A GENTE