Início Destaque BRASILEIRO DE ENDURANCE – Resultado Final + Corrida Completa – 1ª Etapa...

BRASILEIRO DE ENDURANCE – Resultado Final + Corrida Completa – 1ª Etapa Curitiba/PR – 2018

656
Foto: Bruno Terena/Facebook Oficial Endurance Brasil

E neste sábado (28/04/2018) tivemos a abertura da temporada 2018 do CAMPEONATO BRASILEIRO DE ENDURANCE! Os principais nomes das provas de longa duração no país estiveram na capital paranaense para uma bela disputa desde os treinos livres de sexta, classificatório e corrida neste sábado. Ao todo tivemos 30 carros, 72 pilotos e centenas de profissionais engajados em mais uma bela demonstração de garra e força de vontade para manter uma categoria, principalmente no país do futebol.

Mas falando da etapa, com um temporal no treino classificatório, o numeral #88 de Kray/D. Muffato/V. Orige da classe P1, tinha tudo para dar aquele show na corrida, principalmente após desbancar a toda poderosa Lamborghini Huracán GT3 de Daniel Serra/Chigo Longo e largar na pole “geral”. Mas infelizmente, um incêndio durante uma das paradas de box tirou toda e qualquer chance de bom resultado.

Desta forma, a competição na ponta ficou por conta dos carros #70, #19 e #09 – respectivamente, o Porsche 911, a Lamborghini Huracán e o Mercedes AMG – todos da classe GT3. Logo atrás a disputa na classe P1. Com as dificuldades e problemas dos carros #88 (já comentado) e #26 (ambos da AJR), acabaram dominando a disputa o MC Tubarão #05 (Tiel Andrade/J. Martini), o #18 de Cláudio Ricci/F. Poeta/Giacomello e o MCR #71 de Daniel Claudino/Ian Ely.

Daniel Serra na estreia do Brasileiro de Endurance - Foto: Bruno Terena/Facebook Oficial Endurance Brasil
Daniel Serra na estreia do Brasileiro de Endurance – Foto: Bruno Terena/Facebook Oficial Endurance Brasil

Ao final de 140 voltas, entre paradas de boxes obrigatórias, sol, chuva, muitas rodadas e intervenções de safety-car, a vitória ficou mesmo com Daniel Serra/Chico Longo a bordo da Lamborghini GT3 de numeral #19. Mas quem pensa que foi fácil, engana-se! A dupla teve que literalmente caçar os experientes Ricardinho Maurício/Marcel Visconde do Porsche 911 GT3, campeões de 2017! Em 3º chegaram os também estreantes do ano, pai e filho (Xandy e Xandinho Negrão), a bordo do belo Mercedes AMG GT3 de numeral #09.

“É muito boa a sensação de voltar ao endurance Brasil. Estou parado a muito tempo, é um carro muito técnico, mas o Daniel com toda a expertise dele conseguiu dar um retorno especial a todos. A equipe está de parabéns, tivemos boas estratégias, principalmente pela chuva” – Comenta Chico Longo, vencedor junto com Daniel Serra na classe GT3

Já na classe P1, sem os carros da AJR na briga, a vitória ficou nas mãos de Tiel Andrade/Júlio Martini do MC Tubarão #05. Mas, da mesma forma, quem pensa que foi tranquila, engana-se completamente! Largando em 8º, a dupla conseguiu uma largada BRILHANTE para assumir a 3ª posição, até que em um toque com a Ferrari #155, tiveram que entrar aos boxes para consertar o carro. Voltando aproximadamente em 20º lugar, Tiel e Martini fizeram uma prova de recuperação FANTÁSTICA para vencer e convencer! PARABÉNS PARABÉNS!

“Fizemos uma excelente largada, pulando de 8º para 3º! Mas infelizmente acabamos nos tocando com a Ferrari e nosso carro acabou “desalinhado”, perdendo muito tempo nos boxes para corrigir. Retornamos no pelotão final e passamos a buscar o tempo perdido” – Tiel Andrade #05

“A emoção é melhor possível! Muita competição, muito carro forte. A gente tinha a meta de subir ao pódio e acabar ganhando na classe foi sensacional!” – Completou Júlio Martini #05

Pódio da Classe P1 - Foto: William Inacio
Pódio da Classe P1 – Foto: William Inacio

Ainda na P1, ficou com a 2ª colocação o trio Cláudio Ricci/F. Poeta/B. Giacomello a bordo do #18 e fechando o pódio, de forma BRILHANTE, o MCR71 de Ian Ely/Daniel Claudino da Satti Racing. Com toda a dificuldade de um carro (visivelmente) de menor performance que os demais da classe, comprovado inclusive pela 10ª melhor volta na prova (1:21.971 na volta 85) apenas, Daniel Claudino/Ian Ely apostaram na durabilidade do único motor 8 válvulas da P1 e na constância! Parabéns amigos!

Foto: William Inacio / MCR71
Foto: William Inacio / MCR71

VEJA TAMBÉM: Matéria super especial com Ian, Daniel e Eduardo Sattinho sobre as emoções e dificuldades superadas na 1ª etapa da temporada!

E na classe P2, emoção não faltou! Nas voltas finais ainda tivemos mudanças de liderança e C. Crestani/F. Stedile no #03 venceram com apenas 6 segundos à frente dos experientes H. Assunção/F. Fortes/Padron/F. Oashi no #75. O numeral #72 de C. Antunes/Y. Antunes/R. Dalpont fechou o pódio na classe. Na P3 a primeira posição ficou com o #56 de R. Simon/G. Simon e na classe GT4 com G. Ribas/S. Ribas no carro #63.

RESULTADO FINAL – GERAL

RESULTADOS FINAIS – POR CLASSE

RESULTADO – GT3

RESULTADO – P1

RESULTADO – P2

RESULTADO – P3

RESULTADO – GT4

CORRIDA COMPLETA

E para quem perdeu, lave a louça, coloque as crianças para dormir, prepare aquele aperitivo e sente-se para apreciar quase 4 horas de emoção:

PRÓXIMA ETAPA

E a próxima etapa do BRASILEIRO DE ENDURANCE será em 30 de junho de 2018 – Interlagos – São Paulo (SP)! Veja o calendário completo!