Início Destaque FÓRMULA E – Aquecimento para o E-Prix de Misano – 2024

FÓRMULA E – Aquecimento para o E-Prix de Misano – 2024

305
(Foto: Sam Bloxham)
Saiba as principais informações do E-Prix, detalhes do circuito e o que esperar da disputa inaugural na Itália.

A Fórmula E retorna às pistas nesse final de semana (12, 13 e 14) para realizar a estreia do E-Prix de Misano, a sexta e sétima etapas da temporada 2023/2024, que acontecerá no Circuito Mundial Marco Simoncelli, na província italiana de Rímini, região do Mar Adriático.

A Itália faz parte da programação da categoria elétrica desde a campanha 2017/2018, com o E-Prix de Roma, um evento único, e permaneceu na rodada seguinte (2018/2019) da mesma forma. Devido a pandemia de coronavirus, o país europeu ficou de fora do itinerário de 2019/2020, mas retornou em 2020/2021 como uma rodada dupla, ainda em Roma.

Depois da edição mais recente do E-Prix duplo na capital da Itália, na temporada passada (2022/2023), Misano se torna o 35º local diferente a sediar um E-Prix de Fórmula E, o segundo a estrear este ano, depois da etapa anterior, em Tóquio, no Japão.

Layout do circuito italiano
Layout de Fórmula E do Circuito Mundial de Misano (Imagem: Fórmula E/Divulgação)

O traçado exclusivo da Fórmula E no Circuito Mundial Marco Simoncelli possui 3.381 km de extensão, 14 curvas (9-D e 5-E) e fluxo no sentido horário.

O circuito apresenta como características principais zonas predominantes de alta e média velocidade, com apenas três curvas de baixa. Além disso, a pista oferece boas oportunidades de ultrapassagem, principalmente na sequência de curvas 4, 5, 6, 7 e 8.

O Modo Ataque ficará localizado na curva 12, uma seção em cotovelo, diferente do tradicional grampo presente na maioria dos traçados da F-E. As zonas mais prováveis para o uso do boost extra de 50 kW pelos pilotos é a reta principal (dos boxes) e a oposta (após a curva 7), os dois trechos mais rápidos do local de provas italiano.

Vale mencionar que Misano é o terceiro autódromo fixo a sediar um E-Prix da classe elétrica da FIA, depois do Circuito Ricardo Tormo (que recebeu a categoria elétrica na rodada 2020/2021) e do Autódromo Hermanos Rodríguez, que figura no itinerário até hoje.

Expectativas dos pilotos brasileiros
Lucas Di Grassi (Foto: Andrew Ferraro)

Lucas Di Grassi #11 (ABT CUPRA): “Depois da estreia no Japão, vamos para o próximo novo circuito do calendário. A diferença entre Tóquio e Misano dificilmente poderia ser maior: vamos para uma pista normal, sem solavancos ou saltos.

“A gestão e a estratégia energética desempenharão um papel importante. O objetivo para o fim de semana, claro, é finalmente marcar os primeiros pontos da temporada para o nosso lado da garagem.”

Situação no campeonato: P19 – 0 pontos.

Sergio Sette Camara (Foto: Simon Galloway)

Sergio Sette Camara #3 (ERT): Neste fim de semana temos corrida em Misano, que é uma pista mais adequada para moto. É um circuito grande, com retas longas e bem diferente do típico da Fórmula E. Eu acho que infelizmente não encaixa muito bem com o nosso carro.

Temos um motor ineficiente, no sentido de quanto mais reta o circuito tiver, pior pra nós. Olhando o layout de Misano, eu também já andei no simulador, é bem complicado e acho que vamos sofrer na corrida.”

Situação no campeonato: P17 – 3 pontos.

Treino de Novatos
Sheldon van der Linde fará o Treino de Novatos pela Jaguar (Foto: Jaguar TCS Racing/Divulgação)

Nesta sexta-feira, antes dos Treinos Livres 1 e 2 do E-Prix de Misano, acontecerá o Treino Livre de Novatos (TL0), uma sessão de 30 minutos reservada para pilotos de testes e de desenvolvimento das equipes.

A atividade extra no final de semana, que estreou ano passado, tem o objetivo de oferecer aos jovens automobilistas uma chance de aparecerem no radar das escuderias para uma possível vaga como titulares na classe 100% eletrificada no futuro.

Importante lembrar que teremos um brasileiro no line-up: Caio Collet, que compete na categoria de base da Fórmula Indy/IndyCar Indy NXT e guiará o 4ORCE-04 da Nissan. Collet é piloto reserva e de desenvolvimento da equipe da montadora japonesa de Fórmula E desde o início do ano.

Abaixo, confira a lista completa dos onze inscritos no Treino Livre de Novatos do E-Prix de Misano, nesta sexta-feira.

ABT CUPRA – Tim Tramnitz;

Andretti – Zane Maloney;

DS PENSKE – Robert Shwartzman;

Envision Racing – Paul Aron (substituiu Jack Aitken);

ERT – Mikel Azcona;

Jaguar TCS Racing – Sheldon van der Linde;

Mahindra Racing – Jordan King;

Maserati MSG Racing – Yann Ehrlacher;

NEOM McLaren – Taylor Barnard;

Nissan – Caio Collet;

TAG Heuer Porsche – Matt Campbell.

O que esperar do E-Prix na Itália
(Foto: Alastair Staley)

Como mais um território desconhecido consecutivo desta temporada, o Circuito de Misano sediará uma rodada dupla que promete ser cheia de ação e reviravoltas nos dois campeonatos, com o dobro de pontos disponíveis em duas competições.

Depois de cinco vencedores diferentes no mesmo número de etapas realizadas até o momento, não há favoritos à vitória, mas existem algumas tramas para acompanhar de perto neste fim de semana.

Após uma prova ruim em Tóquio, a Jaguar TCS Racing buscará ter duas corridas limpas na Itália, para não só manter a liderança na tabela de equipes, mas, do lado de Nick Cassidy, recuperar a ponta entre os pilotos. Cassidy está a 2 pontos do atual líder, Pascal Wehrlein, enquanto a terceira posição é ocupada por Oliver Rowland, da Nissan.

Rowland, que garantiu o primeiro pódio em casa para a escuderia japonesa, terá como objetivo manter o ímpeto do excelente resultado no Japão neste final de semana em Misano, com o foco em fazer parte do grupo de dianteira, com mais finalizações fortes.

Vale lembrar que duas escuderias que utilizam o trem-de-força da Nissan finalizaram nas duas primeiras colocações do pódio nas duas últimas etapas: a McLaren, com a vitória de Sam Bird no E-Prix de São Paulo, e na prova anterior, em Tóquio, com a P2 de Oliver Rowland pela equipe de fábrica. Assim, a Nissan pode surpreender as atuais líderes nesta rodada dupla.

No topo da classificação de equipes, a Jaguar TCS Racing se encontra com 100 pontos, seguida de perto pela TAG Heuer Porsche, que soma 83, e pela Andretti, dona da terceira posição com 70 pontos. A Nissan é a quarta colocada, e está apenas 8 pontos atrás da escuderia americana, uma diferença que pode ser superada facilmente em duas etapas.

Top 10 do campeonato de pilotos:

1 – Pascal Wehrlein #94 (TAG Heuer Porsche) – 63 pts;

2 – Nick Cassidy #37 (Jaguar TCS Racing) – 61 pts;

3 – Oliver Rowland #22 (Nissan) – 54 pts;

4 – Jake Dennis #1 (Andretti) – 53 pts;

5 – Max Günther #7 (Maserati MSG Racing) – 48 pts;

6 – Mitch Evans #9 (Jaguar TCS Racing) – 39 pts;

7 – Jean-Éric Vergne #25 (DS PESNKE) – 39 pts;

8 – Sam Bird #8 (NEOM McLaren) – 37 pts;

9 – Robin Frijns #4 (Envision Racing) – 21 pts.

10 – Sébastien Buemi #16 (Envision Racing) – 20 pts.

Transmissão no Brasil

O canal BandSports transmitirá a rodada dupla do E-Prix de Misano ao vivo, neste sábado e domingo, a partir de 10h, de acordo com o horário de Brasília. CLASSIFICAÇÃO COMPLETA você encontra aqui!