Início Destaque FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP de...

FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP de Abu Dhabi – 2023

675
(Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Confira o que pilotos e chefes de equipe esperam da última disputa do calendário, no Oriente Médio.

Após o retorno da categoria a Las Vegas, a Fórmula 1 está de volta neste fim de semana (24, 25 e 26) para realizar o Grande Prêmio de Abu Dhabi, a vigésima segunda e última etapa da temporada, que acontecerá no Circuito de Yas Marina, localizado na ilha de Yas, que fica a 30 minutos da capital dos Emirados Árabes Unidos, Abu Dhabi.

Com os dois campeonatos decididos (Max Verstappen campeão de pilotos e a Red Bull campeã de construtores), a disputa final no Oriente Médio decidirá o vice-campeonato entre as equipes Mercedes e Ferrari, que ocupam a segunda e terceira colocações na tabela, respectivamente, e apenas 4 pontos separam as duas escuderias.

Outro destaque do final de semana é a aparição de pilotos reserva e de desenvolvimento no Treino Livre 1 de sexta-feira, que assumirão o lugar de metade dos titulares do grid (detalhes no decorrer da matéria). Vale lembrar que na terça-feira (28), após o Grande Prêmio de Abu Dhabi, ocorrerá o teste de pós-temporada, organizado pela Pirelli.

Abaixo, confira o que pilotos e chefes de equipe, que se manifestaram, esperam do GP que encerra a programação 2023 e suas reflexões sobre este ano, em ordem decrescente da classificação atual do campeonato de construtores.

Além disso, saiba as novidades para o GP, as características do traçado, as informações técnicas sobre os compostos de pneus e a previsão do tempo para os três dias de competição.

Oracle Red Bull Racing (822 pts)
(Foto: Bob McCaffrey/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Max Verstappen #1:Abu Dhabi sempre traz boas lembranças para mim e para a equipe; vencer meu primeiro Campeonato de Pilotos aqui é uma lembrança que nunca esqueceremos.

Tem sido uma temporada longa, mas de sucesso, estou ansioso por uma pausa, um tempo livre. Toda a equipe trabalhou muito e todos merecem um bom descanso e um período com seus amigos e familiares. É o último esforço do ano e espero terminar esta temporada em alta.”

Sergio Perez #11:Esta foi uma temporada difícil em alguns momentos e trouxe altos e baixos para mim, mas ir para Abu Dhabi com o segundo lugar no Campeonato garantido me deixa muito feliz.

Vou trabalhar arduamente durante o tempo que tenho no carro para certificar que estamos numa boa janela. Tivemos um ótimo ritmo em Las Vegas e tive duas semanas brilhantes de corridas. Quero tirar o máximo proveito do carro mais uma vez e se acertarmos, teremos um sábado e um domingo de sucesso.”

Christian Horner (chefe de equipe): Não comentou.

Mercedes-AMG Petronas (392 pts)
(Foto: Mercedes-AMG F1/Divulgação)

Lewis Hamilton #44: Não comentou.

George Russell #63: Não comentou.

Toto Wolff (chefe de equipe):A Ferrari diminuiu a diferença no Campeonato de Construtores para apenas quatro pontos e estamos prontos para dar tudo de nós em Abu Dhabi. Eles mostraram boa forma recentemente, mas sabemos que não maximizamos nosso desempenho nas últimas corridas. Será uma luta acirrada e esperamos poder terminar a temporada com um desempenho forte e na frente.”

Scuderia Ferrari (388 pts)
(Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação)

Charles Leclerc #16: Não comentou.

Carlos Sainz #55:Las Vegas foi um bom fim de semana para a equipe, apesar de ter sido uma corrida difícil para mim. Lutamos com a temperatura do motor porque estávamos correndo no meio do pelotão e foi difícil recuperar posições rapidamente.

Seguindo em frente, mal posso esperar para correr em Abu Dhabi neste final de semana. A luta pelo segundo lugar no campeonato de construtores continua e faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para conquistá-lo.”

Frédéric Vasseur (chefe de equipe):O final da temporada está chegando e é hora de todos fazerem um último esforço antes de uma merecida pausa. Trabalhamos muito bem em Las Vegas, mantendo o foco mesmo diante de situações bastante inusitadas. Devemos fazer o mesmo em Abu Dhabi, depois de termos ficado perto da Mercedes na batalha pelo segundo lugar no campeonato de construtores.

“Temos uma boa compreensão do nosso carro e sabemos que não será tão competitivo em Abu Dhabi como foi em Las Vegas, conscientes de que não há muito por onde escolher entre as equipes que atualmente ocupam o segundo, terceiro e quarto lugares na classificação. O menor detalhe pode fazer a diferença e cada ponto conta, por isso faremos o nosso melhor para terminarmos a temporada em alta.”

McLaren (284 pts)
(Foto: McLaren F1/Divulgação)

Lando Norris #4: “O GP de Las Vegas não terminou como eu queria, mas estou me sentindo bem e animado para voltar a correr. Obrigado mais uma vez a todos que trabalharam duro para garantir que eu tivesse um carro para pilotar neste fim de semana e obrigado a todos os fãs que me enviaram mensagens nos últimos dias.

Essa tem sido uma temporada de montanha-russa. De onde começamos até onde estamos é tudo resultado do trabalho árduo de muita gente. É justo que façamos o nosso melhor para terminar a temporada com mais pontos para a equipe em Abu Dhabi.”

Oscar Piastri #81:Estou ansioso para voltar a Abu Dhabi. Tenho ótimas lembranças de correr nas categorias juniores lá e, claro, foi onde fiz meu primeiro teste de estreia com a McLaren no ano passado.

A temporada 2023 foi acelerada em muitos aspectos e foi um ano de grande aprendizado para mim. Alguns dos resultados que obtive ficarão comigo para sempre, e a equipe e eu estamos ansiosos para terminar o ano com o melhor resultado possível. É a luta final e o espírito dentro da equipe de corrida e a da fábrica nos levará ao limite.”

Andrea Stella (chefe de equipe): “Chegamos ao final de uma longa temporada de corridas. O Grande Prêmio de Abu Dhabi é um evento importante para nós, pois encerramos nossa batalha no Campeonato de Construtores. Entramos no fim de semana de forma mais positiva do que o anterior, já que o Circuito de Yas Marina deve se adequar melhor ao nosso carro.

Devo dizer que estou muito orgulhoso de cada integrante da McLaren, tanto na pista quanto em Woking. Toda a equipe trabalhou arduamente desde o início desafiante que tivemos no Bahrein, até estarmos numa posição onde pudemos lutar não só por bons pontos, mas também por pódios. Aproveitaremos esta última oportunidade para fazer o nosso melhor e terminar a temporada em alta.”

Aston Martin Aramco Cognizant (273 pts)
(Foto: Sam Bagnall/Aston Martin Media Global)

Lance Stroll #18: Não comentou.

Fernando Alonso #14: Não comentou.

Mike Krack (chefe de equipe): Não comentou.

BWT Alpine (120 pts)
(Foto: XPB Images/Alpine F1 Team)

Esteban Ocon #31: “Definitivamente foi uma temporada longa e intensa para todos, e sei que estamos ansiosos por um tempo livre para descansar e nos recuperar antes do próximo ano. Nosso foco total agora está em um bom desempenho neste fim de semana, mantendo o impulso de Las Vegas e terminando a temporada em alta.

O Circuito Yas Marina é uma pista que gostamos e conhecemos bem. Claro, ficarei de fora do TL1 neste fim de semana, já que Jack [Doohan] estará no carro e tenho certeza que ele fará um ótimo trabalho. Estamos todos motivados para ter mais um fim de semana positivo, querendo terminar a temporada em alta e dar um impulso extra a todos durante o inverno.”

Pierre Gasly #10: “Chegou a hora da última corrida da temporada, que parece ter acontecido num piscar de olhos. Definitivamente, estou animado com isso depois de uma longa jornada neste ano e de algumas semanas ocupadas com algumas rodadas triplas.

Voltamos a uma pista convencional com tempos normais e formato padrão de fim de semana. É um local de provas que todos conhecemos bem e esperamos que não haja muitas surpresas.

Nosso objetivo é terminar a temporada dentro dos pontos para maximizar nossa contagem no ano. Depois de alguns dias de descanso e de acertar os fusos horários, estou ansioso pela sexta-feira e começar o fim de semana da melhor maneira possível.”

Bruno Farmin (chefe de equipe): Não comentou.

Williams Racing (28 pts)
(Foto: Williams Racing/Divulgação)

Alex Albon #23:À medida que avançamos para a última corrida do ano, temos um objetivo claro a alcançar com o Campeonato de Construtores. Será uma corrida interessante; nem sempre foi a nossa pista favorita, mas com este layout atualizado ao longo dos últimos anos, combina um pouco mais com o nosso carro do que antes. Precisamos apenas garantir que permaneceremos focados na execução de nosso trabalho e em não cometer erros.”

Logan Sargeant #2:Estou ansioso pelo final da temporada em Abu Dhabi. O objetivo é terminar o ano forte com a equipe e manter a 7ª colocação no Campeonato. O Circuito de Yas Marina é um traçado que conheço bem pelas minhas experiências anteriores em monopostos. Espero que possamos progredir ao longo do fim de semana e ter um resultado positivo.”

James Vowles (chefe de equipe): Não comentou.

Scuderia AlphaTauri (21 pts)
(Foto: Scuderia AlphaTauri/Divulgação)

Yuki Tsunoda #22:Estou ansioso por um fim de semana normal em Abu Dhabi. Tenho boas recordações de Yas Marina, onde terminei em quarto há alguns anos. Também temos algumas atualizações chegando aqui, que devem nos ajudar na corrida final, além de serem úteis para o próximo ano, por isso será importante ver o efeito que elas terão.

Franz Tost foi o único chefe de equipe de F1 com quem trabalhei. Quero vencer a Williams por ele em sua última corrida como chefe da equipe. Eu aprecio o que ele fez. Sem ele, eu não estaria correndo aqui e, sem o conselho dele, não teria feito tanto progresso quanto fiz. Espero podermos terminar a temporada da maneira que queremos e sermos capazes de colocar um sorriso no rosto dele em sua despedida.

A última rodada tripla combinada com sessões de simulador foi bastante cansativa, por isso estou ansioso por uma folga. Sempre me esforço cem por cento em todas as corridas e farei o mesmo neste fim de semana. Vou gastar toda a energia que me resta em Abu Dhabi.”

Daniel Ricciardo #3:A última corrida do ano é sempre divertida e é um bom lugar para terminar a temporada. Eles mudaram o traçado da pista há alguns anos e, em geral, embora tenha tornado a experiência de condução um pouco melhor do que antes, não sinto que tenha afetado as oportunidades de ultrapassagem, por isso não melhorou a disputa em si.

Temos atualizações neste fim de semana e mesmo que eu não tenha estado com a equipe o ano todo, sei que uma das principais áreas que foram trabalhadas é tornar o carro mais eficiente e menos sensível ao arrasto. Algumas dessas atualizações foram direcionadas a essas áreas e sei que é algo que queremos melhorar no próximo ano.

No geral, olhando para esta temporada, foi divertida e, embora tenha sido curta para mim, com alguns obstáculos, gostei muito. Acho que, em termos de me sentir confortável no carro e de me adaptar à equipe neste curto espaço de tempo, tudo correu melhor do que eu pensava, o que me deixa feliz e me dá muito entusiasmo para 2024.”

Franz Tost (chefe de equipe): Não comentou.

Alfa Romeo Stake (16 pts)
(Foto: James Moy Photography Ltd/XPB Images/Sauber Media Hub)

Valtteri Bottas #77: “Simplesmente estamos em Abu Dhabi para a última corrida do ano. Tem sido uma temporada movimentada e desafiadora e, embora não tenhamos alcançado as metas que estabelecemos para nós mesmos em janeiro, acho que ainda podemos dizer que trabalhamos muito para entender melhor o nosso pacote e, com ele, muitas lições que irão nos ajudar em 2024.

Foi realmente lamentável ver minha corrida em Las Vegas terminar praticamente depois da primeira curva, já que parecíamos fortes durante todo o fim de semana e eu estava confiante de que poderíamos ter conquistado alguns pontos. Mesmo assim, nenhum dos nossos concorrentes marcou pontos lá e a classificação permanece inalterada.

Neste fim de semana temos mais uma oportunidade de nos sairmos bem e melhorar a nossa posição, e estamos motivados para dar o nosso melhor e conseguir alcançar essa meta.”

Guanyu Zhou #24: “Parece que foi ontem que nos preparávamos para iniciar uma nova temporada no Bahrein e aqui estamos, a caminho do último fim de semana de corrida do ano. Minha segunda temporada de Fórmula 1 chega ao fim e posso dizer que estou orgulhoso do progresso e do crescimento que fiz como piloto este ano.

Infelizmente, as coisas não correram como planejado para nós nesta temporada, mas ainda temos mais uma disputa para tentar melhorar a nossa posição na classificação, fazer uma boa corrida e levar este ímpeto até o intervalo.

Olhando para Las Vegas, tive uma corrida agitada, com muitas batalhas, mesmo que não tenha conseguido melhorar a minha posição de largada. Nossos concorrentes diretos também não ficaram entre os dez primeiros, o que significa que a batalha ainda está aberta.

Toda a equipe está pronta e determinada a dar o melhor de si para tentar melhorar nossa posição na classificação. Seria uma boa maneira de terminar a nossa temporada, para a equipe de Hinwil, que trabalhou tanto ao longo do ano, e para os nossos fãs, pelo seu apoio inabalável.”

Alessandro Alunni Bravi (chefe de equipe): “Uma temporada longa e desafiadora chega ao fim; foram nove meses intensos e não há como negar que não atendemos às expectativas que tínhamos estabelecido para nós mesmos no início. Ao longo destas 21 corridas até agora, houve dias bons e ruins, mas sempre estivemos juntos, como equipe, como sempre deveria ser.

Este fim de semana de corrida marcará o fim da parceria com o nosso parceiro principal, a Alfa Romeo, e pretendemos honrar esta relação uma última vez e celebrar estes seis anos frutíferos juntos, durante os quais ambas as nossas marcas floresceram e cresceram.

Estamos todos prontos para dar tudo o que temos até a bandeira quadriculada no domingo à noite, para tentar terminar a temporada com uma nota positiva.”

MoneyGram Haas (12 pts)
(Foto: Haas F1 Team/Divulgação)

Kevin Magnussen #20:Abu Dhabi é o fim de uma longa temporada para nós e acho que tínhamos algumas expectativas para este ano que não cumprimos. Acho que o lado positivo desta temporada foi que, apesar de termos lutado num carro pouco competitivo, sempre fizemos o melhor que podíamos e faremos isso na última corrida em neste fim de semana, mas estou muito feliz por chegar ao final do ano.

A equipe na garagem sempre merece uma homenagem extra porque eles realmente trabalham duro em todos os tipos de condições. Quer estejam 100 graus lá fora, de dia ou de noite, se tiverem de fazer uma grande mudança no acerto ou reparar o carro após um acidente, não podem fazer uma pausa e trabalham incansavelmente.”

Nico Hulkenberg #27:Foi uma longa temporada para todos e a equipe esteve de bom humor durante todo o período, então tiro o chapéu para eles. Desde a equipe de catering que chega primeiro à pista, à nossa equipe de segurança que tem sempre um sorriso no rosto e, claro, o pessoal na garagem e nas nossas fábricas, espero realmente que todos tenham a oportunidade de recarregar as baterias e tirar algum tempo relaxar.

Já corri muitas vezes no traçado antigo do Circuito de Yas Marina, mas o layout foi modificado e pude testar a nova versão com a Haas no ano passado, mas ainda não corri nele. Estou ansioso por isso, e mal posso esperar pela corrida final, pois traz uma vibração agradável ao paddock.”

Guenther Steiner (chefe de equipe):Eu diria que o início da temporada foi muito bom, parecia promissor. Colocando Nico na equipe, conseguimos exatamente o que queríamos com sua experiência, mas batemos em um obstáculo com o desenvolvimento do carro, não conseguimos encontrar mais desempenho e outros conseguiram. Demos um passo atrás e esperamos poder dar um passo à frente no próximo ano.

Teremos Pietro [Fittipaldi] no carro de testes de pneus, pois é uma boa oportunidade para nós caso precisemos dele no próximo ano como piloto reserva. Não há pneus novos para 2024 e nossos pilotos atuais já testaram pneus o suficiente em 22 corridas, então colocaremos Pietro em um carro, o que deixa o assento de teste do piloto novato disponível. Ollie fez um bom trabalho no TL1, então dissemos que íamos introduzi-lo para lhe dar mais experiência.

Precisamos de trabalhar muito para voltar à nossa forma e levar a nossa competitividade de volta para onde queremos que esteja. Há muito trabalho a ser feito e preciso me preparar para a próxima temporada, para estar em uma posição melhor do que estávamos neste ano. Agora, estamos apenas ansiosos. O que aconteceu, não esquecemos, mas aprendemos o suficiente e está em aberto para 2024.”

NOVIDADES PARA O GP
Pilotos reservas e de testes no TL1
Jack Doohan (Foto: Divulgação)

Para a primeira atividade de pista do Grande Prêmio de Abu Dhabi, 9 das 10 equipes do grid (com exceção da AlphaTauri) colocarão seus pilotos reserva e de testes na pista de Yas Marina, na sexta-feira. O Treino Livre 1 terá 10 automobilistas em desenvolvimento; isso significa que exatamente metade dos competidores titulares estarão de fora da sessão.

Escalado na Mercedes, Frederik Vesti fará o seu segundo TL1 neste ano, no carro de Lewis Hamilton, após o final de semana do GP do México. Enquanto isso, a Ferrari escalou Robert Schwartzman para pilotar o SF-23 de Charles Leclerc, que será a segunda participação do israelense em um Treino livre 1 em 2023, depois do GP da Holanda.

Na McLaren, o atual piloto de Fórmula Indy (IndyCar), Pato O’Ward, guiará o MCL60 de Lando Norris, em sua primeira aparição nesta temporada. Na Williams, Zak O’Sullivan fará a sua estreia em uma sessão inicial de sexta-feira da F1 no cockpit do FW45 de Alex Albon.

Importante destacar que haverá um brasileiro na pista: o campeão de Fórmula 2, Felipe Drugovich, fará o seu segundo Treino Livre em um final de semana de corrida pela Aston Martin, depois da etapa em Monza, na Itália.

Na Alpine, Alfa Romeo e Haas, Jack Doohan, Theo Porchaire e Oliver Bearman foram escalados, respectivamente. Os três pilotos em desenvolvimento mencionados estarão presentes em um TL1 do calendário 2023 pela segunda vez, depois da prova no México.

Presença do mais novo campeão de F-E
Jake Dennis (Foto: Divulgação)

No grid da atual campeã, além de escalar Isack Hadjar no carro de Sergio Perez para o TL1, a Red Bull Racing convidou o atual campeão de Fórmula E, Jake Dennis, para guiar o RB19 de Max Verstappen.

Dennis é piloto de simulador da Red Bull desde 2018, e testou o RB14 na Espanha e na Hungria. Apesar da experiência, o vencedor da temporada 2022/2023 da principal categoria elétrica da FIA guiará o carro atual da equipe de energéticos de forma inédita.

Detalhes do circuito
Circuito de Yas Marina (Imagem: Fórmula 1/Divulgação)

Yas Marina possui 5.281 km de extensão, 16 curvas (7-D e 9-E), recebe GPs de Fórmula 1 desde 2009 e a corrida terá um total de 58 voltas. O recorde de volta mais rápida no traçado pertence ao atual bicampeão Max Verstappen, que cravou 1:26.103 na temporada 2021.

A pista é caracterizada por possuir trechos predominantes de alta velocidade e curvas com ângulos variados. O principal ponto de ultrapassagem no circuito emiradense é a reta oposta, entre as curvas 5 e 6, onde é localizada uma das duas zonas de abertura de asa móvel (DRS) do traçado. Abaixo, confira como é uma volta em Yas Marina através do simulador/game F1 22.

Para este ano, a primeira zona de detecção do DRS foi adiantada para logo depois da curva 4. Na temporada 2022, a área do sensor ficava próxima da entrada da curva 5.

O trecho mais desafiador para os pilotos é a sequência das curvas 10, 11 e 12, que são antecedidas de uma reta e se apresenta em três curvas a direita de forma consecutiva, em que a última (12), é um ponto de frenagem.

Ano passado, Max Verstappen venceu o Grande Prêmio de Abu Dhabi após largar na pole, seguido de Charles Leclerc e de Sergio Perez.

Informações sobre os pneus
(Infográfico: Pirelli)

Para a última corrida da temporada, os compostos indicados são o C3 como P Zero Branco duro, o C4 como P Zero Amarelo médio e o C5 como P Zero Vermelho macio.

Quase todos os pilotos começaram o GP de Abu Dhabi do ano passado com pneus médios. Os três primeiros colocados (Max Verstappen, Charles Leclerc e Sergio Perez) pararam apenas uma vez para colocar o pneu duro, entre as voltas 16 e 21.

A volta em Yas Marina consiste em 16 curvas, bem como algumas seções mais rápidas, incluindo uma reta de 1,2 quilômetro entre as curvas 5 e 6. As modificações que ocorreram na pista em 2021 encurtaram a volta para 5,28 km.

Informações da assessoria de imprensa da Pirelli Brasil.

Previsão do tempo
(Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Sexta-feira:

Mínima de 22°C e Máxima de 28°C. Tempo aberto, sem possibilidade de chuva.

Sábado:

Mínima 21°C e Máxima 30°C. Tempo aberto, sem possibilidade de chuva.

Domingo:

Mínima de 14°C e Máxima de 22°C. Tempo aberto, sem possibilidade de chuva.

Fonte: www.metoffice.gov.uk

Transmissão no Brasil

A corrida acontecerá no próximo domingo, às 10h (horário de Brasília), e será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes de Televisão.

Entrevistas disponibilizadas pela assessoria de imprensa de cada equipe.