Início Destaque FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP de...

FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP de Miami – 2022

754

 12 min de leitura

(Foto: Aston Martin/Divulgação)
Confira o que pilotos e chefes de equipe esperam da inauguração do GP na Flórida, o 11° local nos EUA a receber uma competição da categoria.

Após um intervalo de dez dias, a Fórmula 1 está de volta nesse final de semana (6, 7 e 8), para realizar a quinta etapa da temporada 2022: a estreia do Grande Prêmio de Miami, nos EUA. O novo GP acontecerá em um circuito de rua montado próximo ao Hard Rock Stadium Complex, em Miami Gardens, Flórida, lar da equipe de NFL americana, Miami Dolphins.

Em sua primeira aparição no itinerário da categoria mais alta do automobilismo, o GP de Miami se torna a segunda prova em território americano do calendário deste ano da F1 e mais uma corrida em casa para a equipe Haas. A outra etapa na terra do Tio Sam é o GP dos Estados Unidos, previsto para acontecer no final de outubro (21, 22 e 23).

Abaixo, confira o que pilotos e chefes de equipe, que se manifestaram, esperam do GP na ‘Cidade Mágica’, em ordem decrescente da classificação atual do campeonato de construtores.

Scuderia Ferrari (124 pts)
(Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação)

Charles Leclerc #16:Ímola foi uma disputa muito complicada. O terceiro foi o melhor resultado que poderíamos garantir, pois nossos concorrentes estavam melhores. Voltaremos mais fortes neste final de semana.”

Carlos Sainz #55:Eu queria ter feito uma boa corrida na frente dos nossos tifosi em Ímola. Nos dois últimos GPs as coisas não correram bem pra nós, mas ainda estou confiante e podemos dar a volta por cima. Há muitas provas pela frente e iremos dar nosso melhor em Miami.”

Mattia Binotto (chefe da equipe):Estamos ansiosos por Miami e essa nova pista, o que a torna uma perspectiva ainda mais atraente. Continuaremos trabalhando duro para extrair todo o potencial do F1-75 e otimizar as atualizações que introduziremos nas próximas etapas.”

Oracle Red Bull Racing (113 pts)
(Foto: Red Bull Racing/Divulgação)

Max Verstappen #1: “Estou ansioso para correr em Miami. Pilotei na pista no simulador, praticamos e nos preparamos o máximo que podemos para este fim de semana, sem visitar a pista na vida real ainda.”

Sergio Perez #11:Agora estou lutando por poles e pódios toda semana, o que é uma grande motivação para continuar dando o meu melhor e manter o foco para este final de semana em Miami.”

Christian Horner (chefe da equipe): Não comentou.

Mercedes-AMG Petronas (77 pts)
(Foto: Mercedes-AMG F1/Divulgação)

Lewis Hamilton #44: Não comentou.

George Russell #63: Não comentou.

Toto Wolff (chefe da equipe):Miami é um novo desafio empolgante e um passo completo para o desconhecido. A pista parece exigente, com uma mistura real de curvas de baixa e alta velocidade, e deve ser uma vitrine espetacular do esporte para nossa crescente base de fãs nos EUA. Então, estamos prontos para um evento fantástico e mal podemos esperar para ver como tudo se desenrola.”

McLaren (46 pts)
(Foto: McLaren F1/Divulgação)

Lando Norris #4: “Estou muito empolgado para esse GP. Novos circuitos são sempre algo que eu anseio, e quando você adiciona a emoção em torno de uma corrida nos EUA, especialmente em Miami, fica melhor ainda. O traçado parece rápido, com alguns ótimos recursos. Será um desafio divertido.

“Eu terminei no top 3 na última corrida, e espero manter o ritmo. Embora o pódio não fosse exatamente esperado, é uma prova do trabalho duro e determinação da equipe na pista e na fábrica. Vamos continuar na briga dando o nosso máximo.”

Daniel Ricciardo #3:Mal posso esperar para disputar o GP em Miami. Os EUA são como uma segunda casa para mim, e estou louco para entrar na pista na frente dos fãs e absorver a atmosfera incrível da cidade. Miami sabe como dar um show, então promete um fim de semana incrível.

Estou ansioso para o desafio de uma nova pista. O circuito de rua tem alguns ótimos recursos, e quero muito testá-los. A última corrida foi muito difícil para mim depois de sofrer danos na primeira volta, mas estou me recuperando. Ainda temos muitas melhorias a fazer no carro, mas o resultado de Lando em Ímola foi muito animador. Espero que possamos obter outro bom resultado neste fim de semana.”

Andreas Seidl (chefe da equipe): “Uma nova pista sempre traz grandes oportunidades, e o circuito de Miami parece empolgante. A pista temporária parece ter uma sensação permanente, com algumas pequenas ondulações, ritmo acelerado e foi projetada com algumas boas oportunidades de ultrapassagem, aprimoradas ainda mais por esses novos carros regulados.

Os novos circuitos também vêm com alguns desafios, como a falta de dados, por isso estamos ansiosos para chegar lá e reunir essas informações valiosas. Embora ainda tenhamos um longo caminho a percorrer, podemos continuar a construir parâmetros com base nas boas performances das últimas corridas.”

Alfa Romeo ORLEN (25 pts)
(Foto: Alfa Romeo/Divulgação)

Valtteri Bottas #77: “Estou muito animado para correr em Miami. Acabei de passar alguns dias nos EUA, visitando amigos e pedalando com meu parceiro, e gostei muito do clima: tenho certeza que a corrida na Flórida será um show incrível como a América já nos habituou.

A pista parece muito legal, com boas oportunidades de ultrapassagem e potencial para algumas provas divertidas: acho que os designers de layout fizeram um bom trabalho no papel e espero que isso aconteça na realidade.

Chegamos a Miami sabendo que podemos ter mais um bom fim de semana: marcamos pontos em todas as corridas que terminamos até agora e queremos continuar esse momento forte. Há um sentimento crescente de confiança na equipe, sabemos que podemos ir bem em todas as pistas e está em nossas mãos ir lá e entregar os bons resultados.”

Guanyu Zhou #24: “Miami é uma boa oportunidade para voltar à pista e continuar nosso bom trabalho. Estou feliz com a progressão que fiz até agora. Quero continuar crescendo e trazer mais pontos para casa. Estive perto ou entre os dez primeiros na maioria das corridas até o momento, então estamos indo na direção certa: não tenho pressa e sei que preciso continuar trabalhando duro, então os resultados virão.

A pista de Miami é, obviamente, nova para mim, embora eu a tenha pilotado no simulador: no entanto, é uma novidade para todos, então, nesse sentido, começo pela primeira vez no mesmo nível que os outros pilotos. Como sempre, precisaremos maximizar cada sessão antes do classificatório, garantindo que tiremos o máximo do nosso carro. Estou confiante de que podemos ter outra apresentação forte neste fim de semana.”

Frédéric Vasseur (chefe da equipe): “Estamos muito felizes em ir a Miami para uma nova corrida em um local totalmente novo. Enfrentamos esta prova em uma posição forte e confiante. Em Ímola, lutamos pelas posições mais altas, e nosso forte desempenho desde o início da temporada não foi algo do acaso. Estamos melhorando a cada rodada, mas não podemos relaxar.

Todo o grid ainda está muito comprimido e com uma pequena oscilação no desempenho, seja relacionado à pista ou devido a atualizações. Isso significa que o equilíbrio pode mudar a qualquer momento. Por isso, temos que continuar trabalhando duro para extrair tudo do nosso pacote. Sabemos que podemos pontuar mais em todas as disputas, mas a execução precisa ser impecável se quisermos vencer nossos rivais.”

BWT Alpine (22 pts)
(Foto: Alpine F1 Team/Divulgação)

Fernando Alonso #14: “Gosto de correr na América e vimos nos últimos anos o quão grande a Fórmula 1 está se tornando por lá. Miami é outra novidade e estou curioso para ver como é o circuito na vida real. Vimos que depois de quatro corridas, tivemos resultados mistos. Já está claro que é mais fácil seguir os carros à frente e porque todos estão sofrendo com níveis variados de degradação dos pneus. Isso está criando diferentes estratégias e oportunidades na corrida.”

Esteban Ocon #31: “Parece que estamos falando de Miami há anos e finalmente estamos aqui, o que é muito emocionante para todos os envolvidos no esporte. Vi um pouco de como a pista e as instalações serão e tudo parece ser impressionante. Mas do meu lado, me preparei bem no simulador e discuti com a equipe a melhor forma de abordar essa nova pista. Pilotar em um novo circuito é sempre emocionante porque você não sabe o que esperar até chegar lá. Mesmo assim, a abordagem e a preparação permanecem as mesmas de todos os outros fins de semana de corrida.”

Otmar Szafnauer (chefe da equipe): É absolutamente fantástico que a Fórmula 1 vá para Miami. É um excelente lugar para mostrar a Fórmula 1 pela primeira vez, então estamos todos ansiosos para colocar os carros na pista e pilotar no circuito. Este ano temos duas corridas na América, no próximo ano são três. Há muitas oportunidades e isso é empolgante para o nosso esporte.”

Scuderia AlphaTauri (16 pts)
(Foto: Scuderia AlphaTauri/Divulgação)

Pierre Gasly #10:Corri em Miami no simulador e fiz cerca de 130 voltas. Parece ser uma pista muito divertida, com curvas rápidas, retas longas e seções lentas e técnicas. Assim, acho que há elementos suficientes para uma grande corrida. Esperamos poder continuar a somar pontos em todas as etapas e, no que me diz respeito, voltar ao bom ritmo que tínhamos nas três primeiras provas desta temporada.”

Yuki Tsunoda #22:Miami é um circuito novo, mas teremos três treinos livres para aprender. Já fiz isso no simulador e os dois primeiros setores são bastante rápidos, com curvas de média e alta velocidade. O terceiro setor é o que chamei de “setor da Fórmula E”, com muitas curvas apertadas. Acho que é uma pista bem interessante e vai ser divertido correr lá.

Ultrapassar pode ser difícil, então precisamos nos classificar bem. Com um ritmo de corrida semelhante ou melhor ao de Ímola, seria perfeito. As sessões de treinos livres serão muito importantes porque a pista é totalmente nova, e a coleta de dados de sexta-feira também será crucial.”

Haas (15 pts)
(Foto: Haas F1 Team/Divulgação)

Mick Schumacher #47:Estou animado Miami. É um lugar que eu sempre quis ir. Sempre tem muito show, celebridades que você não teria a oportunidade de conhecer de outra forma e é bom ter todo o show transmitido. Acho ótimo que estejamos nos tornando cada vez mais americanos em alguns aspectos, porque acho que os fãs são ótimos e me divirto toda vez que vou para os Estados Unidos.

Não pilotei na pista de nenhuma forma, então é difícil dizer como será mas, geralmente, uma corrida americana é sempre divertida.

Kevin Magnussen #20:Visitei Miami algumas vezes. No ano passado, competi no campeonato IMSA na América e consegui passar um tempo lá. Eu também estava de férias em Miami quando este trabalho na F1 surgiu novamente. Estou ansioso para voltar, acho que há um verdadeiro burburinho em torno dessa corrida, então será ótimo.

Há duas grandes oportunidades de ultrapassagem com essas duas retas muito longas. A pista então tem uma boa mistura de seções de alta e baixa velocidade. Da curva 4 a 11 é de alta e da 11 a 16 é de baixa. Há duas longas retas para ultrapassar, então espero uma boa corrida nesse fim de semana.”

Guenther Steiner (chefe da equipe):É sempre emocionante correr em casa e, agora com uma segunda corrida em Miami, é ainda mais. Ter um show em torno dos GPs é uma grande sacada e a combinação de ambos o torna mais valioso para o esporte, mas o evento principal é sempre a corrida.

Infelizmente, nunca visitei Miami em si, mas já estive em Homestead-Miami Speedway antes. Eu sei que é uma cidade muito legal, e eu gostaria de ter tempo para visitar, mas acho que estaremos muito ocupados durante todo o fim de semana com muitas coisas acontecendo. Então, devo adiar conhecer a cidade para uma data posterior.”

Aston Martin Aramco Cognizant (5 pts)
(Foto: Aston Martin/Divulgação)

Lance Stroll #18:É incrível ver a popularidade da Fórmula 1 decolar na América, especialmente porque significa que podemos visitar e correr em Miami, facilmente uma das cidades mais legais dos Estados Unidos.

A primeira corrida em uma nova pista é sempre uma das mais emocionantes. Você está entrando com dados limitados e correndo contra o relógio para se atualizar na pista. Dá muito trabalho, mas será recompensador ver a F1 fazer um show incrível em Miami.”

Sebastian Vettel #5:É ótimo ver outro circuito de rua se juntar ao calendário, e a pista de Miami parece ser interessante. Pelo que vimos no simulador, existem algumas curvas desafiadoras. As 13, 14, 15 e16, têm uma quantidade surpreendente de mudanças de elevação e há seções longas onde as ultrapassagens devem ser possíveis com o DRS. Sem dúvidas estou animado para entrar na pista real.”

Mike Krack (chefe da equipe): Não comentou.

Williams Racing (1 pt)
(Foto: Williams Racing/Divulgação)

Nicholas Latifi #6:Estou ansioso para chegar a Miami e experimentar um evento totalmente novo. É um fim de semana realmente emocionante para a Fórmula 1 e ver o esporte se fortalecendo nos EUA é ótimo. Experimentei a pista no simulador, mas parece uma boa combinação de seções técnicas de baixa velocidade e elementos mais rápidos e fluidos, então será um desafio interessante.”

Alex Albon #23:É muito emocionante estar em Miami. É uma pista totalmente nova e uma corrida em casa para Dorilton. Corri na pista no simulador e a minha sensação inicial é que vai ser muito técnica com muitas curvas de estilo diferente. O local em si parece incrível, e tenho certeza que os fãs terão um ótimo fim de semana.”

Detalhes do circuito
Autodrómo Internacional de Miami (Imagem: Fórmula 1/Divulgação)

O Autódromo Internacional de Miami possui 5.412 km de extensão, 19 curvas, vai receber um GP de Fórmula 1 pela primeira vez e a corrida terá um total de 57 voltas. Por ser um estreante no calendário da categoria, o recorde de volta no traçado se encontra nulo, o que mudará neste final de semana, com o piloto mais rápido em território americano.

Essa pista de rua é caracterizada por possuir trechos de média a alta velocidade e curvas rápidas consecutivas, estas presentes no setor 1. O principal ponto de ultrapassagem do novo traçado nos EUA é a reta de alta, do setor 3, onde há uma das 3 zonas de abertura de asa móvel (DRS) disponíveis.

Espera-se que as velocidades máximas fiquem próximos dos 320 km/h, com uma média de 223 km/h e com os pilotos em aceleração máxima por aproximadamente 58% da volta.

Informações sobre os pneus
(Infográfico: Pirelli)

Para a primeira visita ao circuito urbano de Miami, a Pirelli escolheu os três pneus do meio da gama: P Zero Branco duro é o C2, P Zero Amarelo médio é o C3 e P Zero Vermelho macio é o C4. Esta combinação é a mais utilizada durante toda a temporada e é a mais versátil.

Por ser um local novo para todos os 20 pilotos do grid, a Pirelli recorreu aos dados de simulação para obter as indicações de pneus. As informações indicam que os pneus do meio da gama serão os mais adequados para a corrida, que terá extensão de 57 voltas. O asfalto é liso e oferece uma aderência razoável; assim, as forças de trabalho nos pneus são intermediárias.

O novo asfalto gerará um alto grau de evolução da pista, especialmente no início do fim de semana, com os eventos de apoio, Porsche Challenge e a W Series. O clima pode ser imprevisível, com temperaturas ambientes em torno de 20 graus, mas há um alto risco de chuva com ventos na costa da Flórida nesta época do ano.

Informações da assessoria de imprensa da Pirelli Brasil.

Previsão do tempo
(Foto: Aston Martin/Divulgação)

Sexta-feira:

Mínima de 23°C e Máxima de 32°C. Sol entre nuvens, com 19% de chance de chuva.

Sábado:

Mínima 24°C e Máxima 33°C. Tempo nublado com sol entre nuvens. 4% de possibilidade de chuva.

Domingo:

Mínima de 23°C e Máxima de 33°C. Céu fechado, com média de 36% de probabilidade de chuva.

Fonte: www.weather.com

Transmissão no Brasil

A corrida acontecerá no próximo domingo, às 16h30 (horário de Brasília), e será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes de Televisão.

Entrevistas disponibilizadas pela assessoria de imprensa de cada equipe.

Artigo anteriorWEC – Programação, horários e transmissão – Spa-Francorchamps – 2022
Próximo artigoPROGRAMAÇÃO DA TV/INTERNET – Corridas transmitidas no final de semana – 06 a 08/05/2022