Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP da...

FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP da Emilia-Romagna – 2022

1026

 14 min de leitura

Confira o que pilotos e chefes de equipe esperam da próxima competição do calendário, em um clássico circuito europeu.

A Fórmula 1 retorna nesse final de semana (22, 23 e 24), para dar continuidade a temporada 2022 com o Grande Prêmio da Emilia-Romagna, a quarta etapa do campeonato, no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, localizado na região de Ímola – Itália.

Essa prova será a corrida em casa para as equipes Ferrari e AlphaTauri, e sediará o primeiro evento com classificação em formato Sprint deste ano. Outro fato interessante, é que, dentre os 20 pilotos do grid, há um que correrá pela primeira vez em Ímola a bordo de um carro de F1: o estreante chinês, Zhou Guanyu, da Alfa Romeo.

Abaixo, confira o que pilotos e chefes de equipe, que se manifestaram, esperam do GP italiano, em ordem decrescente da classificação atual do campeonato de construtores.

Scuderia Ferrari (104 pts)
(Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação)

Charles Leclerc #16: “No papel, Melbourne era uma pista que esperávamos que fosse difícil para nós, por isso temos de rever os nossos dados porque estávamos de fato muito fortes. A vitória foi uma ótima maneira de começar a temporada, mas temos que ter em mente que concluímos apenas três corridas em um campeonato muito longo.

Não podemos nos dar ao luxo de relaxar e temos que ficar por dentro das coisas, principalmente no desenvolvimento. Estou muito orgulhoso de quão longe chegamos e mal posso esperar para continuar na luta pelo campeonato em Ímola.

Carlos Sainz #55: “A corrida na Austrália foi, definitivamente, um fim de semana difícil de digerir. Depois de tudo o que aconteceu, eu estava ansioso pela corrida, mas tivemos problemas antes mesmo da largada. Nas voltas ao grid tivemos dificuldades com alguns interruptores no volante e tivemos que trocá-lo um minuto antes da volta de apresentação.

Até o Q3 o fim de semana estava indo bem, mas a partir de então tudo deu errado. O carro estava bom, então parabéns à equipe e ao Charles pela vitória. Voltaremos mais fortes em Ímola.”

Mattia Binotto (chefe da equipe):O início da temporada tem sido positivo e o trabalho dos últimos meses está dando frutos. Continuaremos a nos concentrar em nós mesmos e levar uma etapa de cada vez.

“Ganhamos algum tempo com nossas famílias na Páscoa, mas estamos de volta trabalhando na próxima prova, que em Ímola, assume uma importância ainda maior. Mal podemos esperar para estar lá e estamos ansiosos para ver o circuito lotado com nossos fãs, para compartilhar este bom começo de ano.”

Mercedes-AMG Petronas (65 pts)
(Foto: Mercedes-AMG F1/Divulgação)

Lewis Hamilton #44: Não comentou.

George Russell #63: Não comentou.

Toto Wolff (chefe da equipe):Agora olhamos para Ímola e o primeiro evento Sprint da temporada. É um circuito histórico, à moda antiga, com um traçado desafiador que os pilotos realmente gostam. A qualificação é importante devido à pista estreita, enquanto sua natureza arrebatadora realmente coloca os carros à prova. Estamos ansiosos para ver como as máquinas de 2022 enfrentarão a pista.

Houve muito trabalho duro durante o fim de semana de Páscoa na fábrica para trazer melhorias ao carro e prepará-lo para a próxima disputa, e isso mostra a dedicação da equipe em reverter a situação. É claro que devemos ser realistas, levará tempo para obter os ganhos que queremos, mas estamos aprendendo o máximo que podemos em cada GP e encontrando caminhos para nos impulsionar.”

Oracle Red Bull Racing (55 pts)
(Foto: Red Bull Racing/Divulgação)

Max Verstappen #1:Estou ansioso por voltar a correr este fim de semana. O GP em Ímola é, obviamente, o primeiro com modo classificatório Sprint de 2022, por isso é importante aproveitar ao máximo a primeira sessão de treinos, para que tenhamos uma boa compreensão de onde a configuração precisa estar para a classificação na sexta-feira.”

Sergio Perez #11:Voltaremos ao formato Sprint neste fim de semana e tentarei somar o maior número de pontos possível.”

Christian Horner (chefe da equipe): Não comentou.

McLaren (24 pts)
(Foto: McLaren F1 Team/Divulgação)

Lando Norris #4: “Estou animado por estar de volta a Ímola. Foi uma grande corrida para mim no ano passado, conquistando meu primeiro pódio de 2021. Ainda não voltamos a lutar por pódios, mas espero que possamos seguir em frente e tirar o máximo proveito deste GP.

O circuito é rápido, com algumas características icônicas que devem ser interessantes de abordar nos novos carros. A Sprint Race sempre adiciona um pouco mais de emoção para os fãs, então estou ansioso para ver como o fim de semana se desenrola.”

Daniel Ricciardo #3:Ainda estou em alta depois de um resultado forte diante de uma incrível torcida em Melbourne, então espero que possamos manter o ritmo enquanto nos dirigimos para Ímola. Com o retorno do formato Sprint, tudo é possível, então temos que focar, continuar com as melhorias e extrair o máximo que pudermos do carro.

É uma pista tecnicamente difícil, rápida e fluida, então será bom ver como esses novos carros se saem. No ano passado conseguimos bons pontos lá e espero que consigamos alguns este ano. Embora o fim de semana em Melbourne tenha sido definitivamente um passo positivo, ainda temos um longo caminho a percorrer para colocar o carro no lugar que queremos, mas vamos continuar lutando.”

Andreas Seidl (chefe da equipe): “Temos um bom histórico no GP da Emilia-Romagna desde que voltou ao calendário em 2020, com o dobro de pontos para a equipe nas duas corridas. Nosso objetivo é o mesmo este ano, mas uma pista como Ímola geralmente cria oportunidades e a adição do formato de qualificação Sprint significa que precisaremos estar operacionalmente afiados e prontos para capitalizar.

Ímola é uma ótima pista, histórica, e será interessante ver como as ultrapassagens aprimoradas desses novos carros afetarão as disputas. Com o grid de domingo determinado pelo Sprint, certamente haverá muitas corridas emocionantes para os fãs, agora com o incentivo adicional de pontos para os oito primeiros no sábado.

Terminar na P5 e P6 na Austrália foi um grande resultado para a equipe e uma prova do trabalho duro de todos na pista e em Woking. Vamos continuar lutando, continuar dando esses passos à frente e dar tudo o que pudermos neste fim de semana.”

BWT Alpine (22 pts)
(Foto: Alpine F1 Team/Divulgação)

Fernando Alonso #14:Acho que em termos de desempenho parecemos bastante consistentes em três circuitos diferentes até agora, o que é um sinal positivo. Sabemos que será uma grande batalha de desenvolvimento este ano. Faltam vinte corridas, então há muito tempo para recuperar alguns pontos no campeonato.

Na qualificação Sprint, acho que é bom variar e vimos no ano passado que, em algumas corridas, o formato funcionou bem. Se eu olhar para trás, Silverstone foi particularmente agradável para mim. A Fórmula 1 fez algumas mudanças no formato para esta temporada, veremos se valeram a pena.

Ímola é uma pista difícil, mas não impossível de ultrapassar, então espero ver alguma ação do pelotão do meio no sábado e domingo. Há muitos pontos agora disponíveis em três sábados deste ano, e espero que possamos sair com alguns pontos neste fim de semana.”

Esteban Ocon #31: “Três corridas terminando nos pontos é obviamente um bom resultado para mim, então estou certamente feliz com a forma como a nova temporada começou. Pessoalmente, é bom mostrar consistência com performances sólidas nestes estágios iniciais de uma temporada, mas há espaço para melhorias em muitas áreas.

Como equipe, tivemos resultados mistos e não estarmos satisfeitos com nossa posição hoje é uma prova do progresso que fizemos nos últimos meses. Vai ser bom correr na Europa novamente. No que diz respeito à Sprint, sou a favor da evolução do esporte e de tudo o que pudermos fazer para torná-lo mais emocionante para os fãs. Eu pessoalmente gosto desse modo de classificação e estou ansioso para chegar lá e tentar marcar o máximo de pontos possível para a equipe.”

Otmar Szafnauer (chefe da equipe): Não comentou.

Alfa Romeo Racing ORLEN (13 pts)
(Foto: Alfa Romeo Racing/Divulgação)

Valtteri Bottas #77:Definitivamente, há um grande sentimento dentro da equipe: quando você sabe que entra em todos os fins de semana de corrida sabendo que pode lutar na frente do pelotão intermediário e estar na briga por alguns pontos, é uma dinâmica poderosa e enche todos com confiança.

Vimos na Austrália que podemos ser realmente competitivos e temos o que é preciso para estar logo atrás dos líderes; mas também vimos como todas as margens são pequenas e como cada detalhe, como a preparação para a qualificação e o tempo de um Safety Car, pode ter um grande impacto no resultado final. É por isso que temos que estar totalmente focados e executar cada passo da melhor maneira possível.

Ímola é uma grande chance para nós: é uma pista emocionante, onde podemos lutar, especialmente com esses carros, e estou confiante de que podemos alcançar um bom resultado.

Guanyu Zhou #24:Estou mesmo ansioso pela corrida em Ímola. Este é um dos locais históricos da Fórmula 1 e estou muito animado em ver este lugar cheio de fãs apaixonados. Acho que o fim de semana será espetacular e enfrentar algumas dessas curvas em um carro de F1 será uma experiência incrível.

Eu só corri aqui na F3, então não é uma pista completamente nova para mim, mas é claro que fazer isso no C42 será um algo interessante. Também é meu primeiro GP com a nova qualificação em Sprint, então preciso acelerar rapidamente no TL1, mas não estou preocupado. Estamos bem preparados.

Tive um início de temporada sólido e estou orgulhoso do trabalho que fizemos até agora, mas quero mais e continuo trabalhando duro com a equipe para avançar cada vez mais em todas as corridas.”

Frédéric Vasseur (chefe da equipe):Ímola é uma corrida muito importante para a nossa temporada: é, obviamente, uma das nossas provas em casa e um evento de grande relevância para a Alfa Romeo, por isso estamos particularmente interessados ​​em ir bem aqui. É também a primeira etapa europeia da temporada, e com ela vem a primeira chance de trazer atualizações significativas para o carro.

Temos um novo pacote fazendo sua estreia aqui, atualizações no assoalho, e estamos confiantes de que eles podem nos ajudar a dar mais um passo à frente. Ao mesmo tempo, sabemos que todos os outros estão se desenvolvendo e será interessante ver como a hierarquia se formará quando entrarmos na pista – especialmente com o formato de qualificação de Sprint reduzindo os tempos de treino.

Vai ser um fim de semana emocionante e estou ansioso para entregarmos uma apresentação animada na frente da incrível multidão no Autródromo Enzo e Dino Ferrari.”

Haas (12 pts)
(Foto: Haas F1 Team/Divulgação)

Mick Schumacher #47:Acho que Ímola é sempre uma boa pista para ir, gosto muito. Já rodei bastante nela e estou muito empolgado para chegar lá com esses carros novos e espero poder me sair bem. Parece que o uso das zebras em geral será um pouco menor em comparação com o ano passado, mas tenho certeza de que os outros pilotos e equipes encontrarão maneiras de conseguir tirar o máximo das bordas da pista, e espero fazer isso também.”

Kevin Magnussen #20:Ímola é uma pista incrível, mas as características de velocidade, curvas e retas, fazem dela uma pista mais mediana. Como tem um pouco de tudo, e este carro é bom em geral, acho que devemos ser capazes de nos sair bem lá. Estou ansioso por isso porque é um circuito fascinante.”

Guenther Steiner (chefe da equipe):O que eu tenho a dizer para o GP da Emilia-Romagna é que o carro ainda está funcionando, e vamos nos apresentar à medida que avançamos. Espero que cheguemos a Ímola tendo menos casos infelizes.

A corrida Sprint será um desafio porque só temos uma sessão de treinos livres para encontrar um bom acerto do VF-22. Com as dificuldades desses carros e a inexperiência que temos com eles, não será fácil, mas daremos o nosso melhor como todos os outros. Acho que é uma coisa boa para o campeonato ter essas corridas curtas de velocidade e estou realmente ansioso por isso.”

Scuderia AlphaTauri (10 pts)
(Foto: Scuderia AlphaTauri/Divulgação)

Pierre Gasly #10:Seria bom poder dar um passo à frente em Ímola. É uma pista que gosto muito e fica perto da nossa fábrica, por isso queremos ir bem porque sentimos ainda mais o apoio do público e o ambiente é especial. Além disso, acho o traçado tecnicamente bem interessante, com várias curvas bastante singulares, algumas rápidas e outras atípicas.

Sem dúvidas, estou sempre feliz por correr em Ímola e, no passado, também consegui bons resultados na qualificação, como em 2020, quando fiquei em quarto lugar. Seria bom poder obter o nosso melhor resultado da temporada neste domingo.

A ultrapassagem nesse circuito é bastante difícil porque é estreito. Será importante nos concentrarmos na qualificação na sexta-feira, antes de seguirmos para o desafio da corrida Sprint de sábado que, este ano, nos dá outras oportunidades de marcar pontos.”

Yuki Tsunoda #22:Este será um fim de semana interessante, porque é a nossa prova em casa e, pela primeira vez este ano, o formato Sprint também nos espera. No ano passado estava preocupado com o facto de a qualificação de Sprint ter apenas uma sessão de treinos antes da qualificação, mas este ano estou muito mais tranquilo.

A pista é um pouco mais estreita do que as outras em que corremos até agora, e será interessante ver como será correr em Ímola com esses novos carros. Imagino que a maneira de usar as zebras será diferente, veremos como o AT03 se comporta no TL1 e depois nos adaptaremos rapidamente para a classificação.

Acho que estou bem preparado para esta pista depois de correr muito nela e também graças à sessão de simulador que fizemos na semana passada. Estou morando na Itália há algum tempo, então será como uma prova em casa para mim também. Vai ser uma sensação um pouco estranha, mas acho que vai me permitir ficar mais confortável e me concentrar na corrida.”

Williams Racing (1 pts)
(Foto: Williams/Divulgação)

Nicholas Latifi #6:Estou super empolgado para entrar na pista em Ímola. É o primeiro evento com classificação Sprint do ano, então estou ansioso por esse formato e pelas oportunidades que ele oferece. Também gera um desafio adicional para as equipes, o que será ainda mais interessante enquanto ainda estamos aprendendo sobre esses novos carros.

“A pista da Emilia-Romagna é aquela que se adequou bem ao nosso carro nos anos anteriores e certamente é uma em que eu gosto de pilotar; um verdadeiro circuito da velha escola com muitas curvas excelentes. Estou ansioso por isso, com certeza.”

Alex Albon #23:É a minha primeira vez competindo em uma etapa com Sprint Race. Estou ansioso pela abordagem ligeiramente diferente do fim de semana e pelos desafios e oportunidades que ele trará. Historicamente, a equipe tem se saído muito bem em Ímola, então focar, ver o que podemos fazer e usar esse impulso para continuar batalhar nesse GP.”

Aston Martin Aramco Cognizant (68 pts)
(Foto: Aston Martin/Divulgação)

Lance Stroll #18:Foi legal ver Ímola não apenas retornar ao calendário da F1, mas se reestabelecer como uma das pistas clássicas que visitamos. Há trocas por uma volta rápida e fluida, por isso é sobre bravura e encontrar os limites o mais rápido e consistentemente possível. Será interessante ver como as mudanças na Sprint animam o fim de semana de corrida também.”

Sebastian Vettel #5:Ímola é um verdadeiro teste de piloto e máquina, e é isso que todo circuito de F1 deveria ser, como na década de 1980, o que é legal. Estou ansioso para voltar ao carro e acelerar. O GP da Emilia-Romagna nunca sediou uma Sprint Race antes, então também estou animado para ver como isso vai acontecer.”

Mike Krack (chefe da equipe): Não comentou.

NOVIDADES PARA O GP
Sprint Race do GP da Itália de 2021 (Foto: Rudy Carezzevoli/Getty Images/Red Bull Content Pool)

O GP da Emilia-Romagna será umas das três etapas da temporada 2022 que receberá o formato de classificação Sprint, a corrida curta de 100 km e sem pit-stops obrigatórios, cujo o resultado define, respectivamente, o grid de largada para a prova principal de domingo.

Este ano, haverá uma mudança na Sprint Race quanto a pontuação: serão concedidos aos 8 primeiros pilotos que cruzarem a linha de chegada, e serão aplicados normalmente nos campeonatos de pilotos e construtores. O número de pontos ganhos será dessa forma: 8 para o P1 até 1 ponto para o oitavo lugar.

A pole position é concedida ao piloto que fizer o melhor tempo na qualificação. O competidor que conquistar a pole na sexta-feira começará o Sprint na primeira posição. O piloto que vencer a corrida curta, largará na P1 no Grande Prêmio.

Detalhes do circuito
Autódromo Enzo e Dino Ferrari (Imagem: Fórmula 1/Divulgação)

O circuito Enzo e Dino Ferrari possui 4.909 km de extensão, receber GPs de Fórmula 1 desde 1980 e a corrida terá um total de 63 voltas. O recorde de volta mais rápida ainda pertence a Lewis Hamilton, que cravou 1:15.484 na temporada 2020.

A pista é caracterizada por ser estreita e, por isso, as ultrapassagens são menos frequentes. Além disso, o clássico traçado italiano possui trechos predominantes de média a alta velocidade e várias curvas diversificadas acompanhadas de mudanças bruscas de elevação. Esse circuito será um verdadeiro teste para boa parte dos componentes dos novos carros.

O principal ponto válido de ultrapassagem em Ímola, além da única e nova zona de abertura de asa (DRS) localizada entre as curvas 15 e 17, é o trecho de alta que tem início no final do setor 3 até a curva 2.

Informações sobre os pneus
(Infográfico: Pirelli)

O GP em Ímola é uma das duas corridas em casa para a Pirelli (ao lado de Monza), com os pneus C2, C3 e C4 indicados para o GP da Emília-Romagna como P Zero Branco duro, P Zero Amarelo médio e P Zero Vermelho macio, respectivamente. Esta é a mesma nomeação que foi feita para a etapa no ano passado, embora os compostos sejam diferentes com a última geração de pneus de 18 polegadas.

Os pneus são totalmente novos, mas a pista de Ímola está exatamente como no ano passado: estreita e com uma sensação “à moda antiga”. O asfalto data de 2011, o que faz a superfície de 11 anos ser razoavelmente abrasiva. É por isso que não vemos o mesmo intervalo entre médio e macio que tivemos na Austrália há algumas semanas: a superfície mais “madura” em Ímola gera mais aderência e, por isso, mais calor nos pneus, e exige um composto mais macio e robusto.

As forças que atuam nos pneus são geralmente iguais entre laterais e longitudinais, o que torna a pista fluida e faz com que os pilotos precisem encontrar um bom ritmo. Assim como em 2021, em vez de ter 13 jogos de pneus para um fim de semana convencional, haverá apenas 12 jogos. Estes consistem em dois conjuntos de P Zero Branco duro, quatro conjuntos de P Zero Amarelo médio e seis conjuntos de P Zero Vermelho macio.

Além disso, as equipes terão até seis conjuntos de Cinturato Verde intermediários e três conjuntos de pneus Cinturato Azul disponíveis, em caso de tempo chuvoso.

Informações da assessoria de imprensa da Pirelli Brasil.

Previsão do tempo
(Foto: Lars Baron/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Sexta-feira:

Mínima de 7°C e Máxima de 13°C. Céu fechado com média de 43% de chance de chuva.

Sábado:

Mínima 11°C e Máxima 22°C. Tempo nublado com sol entre nuvens. Média de 4% de possibilidade de chuva.

Domingo:

Mínima de 9°C e Máxima de 19°C. Nublado, com média de 12% de probabilidade de chuva.

Fonte: www.bbc.com/weather

Transmissão no Brasil

A corrida acontecerá no próximo domingo, às 10h (horário de Brasília), e será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes de Televisão.

Entrevistas disponibilizadas pela assessoria de imprensa de cada equipe.

Artigo anteriorFÓRMULA 3 – Programação, Horários e Transmissão – GP da Emilia Romagna (Itália / Imola) – 2022
Próximo artigoWSBK (WORLD SUPERBIKE) – Programação, horários e transmissão – Assen (Holanda) – 2022