Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado final – GP do Bahrein – 2022

FÓRMULA 1 – Resultado final – GP do Bahrein – 2022

2092

 4 min de leitura

Resultado – GP do Bahrein F1 2022 – Foto: Pirelli F1 Press Area
Resultado – GP do Bahrein F1 2022 – Foto: Pirelli F1 Press Area

E sim, sim, sim! Finalmente chegamos ao grande dia, dia de abertura da temporada 2022 da FÓRMULA 1, com o GP do Bahrein. Na posição de honra, largou Leclerc (Ferrari), seguido de Max Verstappen (Red Bull) e Sainz (Ferrari). Lembrando que Vettel, com COVID19, deu lugar a Hulkenberg na Aston Martin. Largada tranquila, felizmente sem incidentes e Leclerc (largando no espaço mais limpo da pista) conseguiu garantir a liderança após a primeira curva. Max e Sainz seguiram logo atrás. Hamilton largou muito bem e assumiu logo a 4ª colocação, com Magnussen – BRILHANTEMENTE – em 5º. Péssima largada de Bottas, que despencou para 14ª colocação. As McLarens, terrivelmente, em 16º com Norris e ÚLTIMO com Ricciardo.

 

Ao final das primeiras voltas, Leclerc abria mais de 1 segundo para Max, que tinha mesma diferença para Sainz. Destaque para Albon, de Williams, em 11º e a Haas de Magnussen em 5º. Hamilton seguia em 4º, mas já quase 5 segundos de distância para Leclerc. Russell aparecia em 7º, mas 10 segundos atrás do líder.

Após a volta 10, Perez ultrapassava Hamilton, que voltas depois, resolveu antecipar a troca de pneus, retornando com compostos duros em 12º colocação – atrás de Zhou da Alfa Romeu. Leclerc seguia na liderança, com Max, Sainz, Perez e Russell no TOP5. Volta 15 e foi a vez do atual campeão realizar seu pit-stop, seguindo com compostos macios e retornando em 4º, logo á frente de Sainz – que também realizou sua parada, também retornando com macios.

Volta seguinte e os líderes também realizavam suas paradas e assim, o TOP5 real era: Leclerc, pressionado por Max, seguidos de Sainz, Perez e Hamilton. Russell de duros, Magnussen, Gasly e Alonso completavam o TOP9 – todos com suas paradas realizadas.

Até que na volta 17, MAx partia para cima de Leclerc para assumir a liderança! Mas curvas depois, Leclerc dava o troco! UAU! Disputas sensacionais entre os líderes, que abriam mais de 8 segundos para o pelotão liderado por Sainz! Volta 18 e MAAAAAAIS uma vez Max ultrapassava Leclerc, que NOVAAAAAMENTE dava o troco segundos depois! O mesmo se repetiu na volta seguinte, mas uma “fritada” de Max e assim, Leclerc conseguiu abrir mais de 1 segundo, evitando novas aberturas de asa de Verstappen! UAU! Que o DEUS MAIOR DO UNIVERSO nos dê esta F1 em todo o ano 2022!

Passamos das 22 voltas e situação era:

Metade da prova atingido (28 voltas) e Hamilton realizava mais uma parada de box (indicando estratégia de 3 paradas), retornando com médios em 8º. Leclerc tinha quase 4 segundos de vantagem para Max Verstappen, que abria mais de 7 segundos para Sainz. Perez e Russell ainda fechavam o TOP5. No pelotão intermediário, Destaque para Magnussen em 6º, com Gasly em 7º, Ocon e Tsunoda completando o TOP10. E lá atrás, se arrastando em pista, as McLarens com Ricciardo em 18º e Norris em último.

Volta 30, Verstappen antecipa novamente sua parada (em relação ao líder Leclerc), retornando com pneus médios em 4ª lugar. Três voltas depois, Leclerc também realizava sua parada, retornando quase 2 segundos à frente de Max, ainda na liderança. Após as paradas dos líderes, tínhamos o seguinte TOP5: Leclerc, Max, Sainz, Perez e Hamilton.

Faltando 10 voltas para o final, incidente com Gasly (incêndio no motor), causando a entrada do safety-car – praticamente todos realizando novas paradas de box e retornando com compostos macios. O TOP10 era: Leclerc, Max, Sainz, Perez, Hamilton, Russell, Magnussen, Bottas, Ocon e Schumacher.

Relargada ALUCINANTE na volta 50, Max não conseguiu pressionar Leclerc e pelo contrário, recebeu grande pressão de Sainz. Relargada impecável de Leclerc, que garantiu a liderança da prova e abrindo mais de 1.5 segundos em relação a Max de forma muito rápida. Tsunoda conseguiu conquistar a 10ª colocação para cima de Schumacher.

Faltando 3 voltas, Sainz partia definitivamente para cima de Max Verstappen e conquistando a 2ª colocação. E… e… e… MAX VERSTAPPEN logo em seguida, abandonou com problemas no carro! Que loucura! Com isso o novo TOP5 era: Leclerc, Sainz, Perez, Hamilton e Russell.

E na última volta, quando já achávamos que tudo estava determinado, Perez rodou sozinho e sim, sim, sim, a estrela de Hamilton ainda brilhou e mesmo com TODOS os problemas do carro, garantiu um pódio ainda! UAU! Que corrida!

FIM DE PROVA! FIM DE PROVA! E QUE FIM DE PROVA! Vitória de Leclerc e considerando as disputas com Max nas voltas 17, 18 e 19, uma GRANDE vitória do piloto da Ferrrari. Sainz, completando uma DOBRADINHA da Ferrari (em prova fantástica) e Hamilton completaram o pódio. Russell e Magnussen (INCRÍVEL) fecharam o TOP5. Bottas em ótima estreia na Alfa Romeo, Ocon, Tsunoda, Alonso e Zhou (UAU) para complementar um TOP10 incrível com Ferraris, Mercedes, Haas, Alfa Romeo, Alpine, AlhpaTauri e sem as Red Bulls. Que drama para a Red Bull no final das contas!

Quanto a prova, VALEU demais, valeu por esta primeira prova da nova era da F1! Expectativas GIGANTESCAS para a próxima etapa em 27/03/2022 com GP da Arábia Saudita.

RESULTADO FINAL
SIGA A GENTE
Artigo anteriorSTOCK CAR – Grid de largada – Goiânia/GO (2ª Etapa) – 2022
Próximo artigoSTOCK CAR – Resultado final – Goiânia/GO (2ª Etapa) – 2022