Início Destaque NASCAR – Em Bristol, Keselowski herda segunda vitória da temporada – 2020

NASCAR – Em Bristol, Keselowski herda segunda vitória da temporada – 2020

80

 4 min de leitura

Em Bristol, arquibancadas novamente vazias, mas uma corrida cheia de emoções. Créditos : Jared C. Tilton | Getty Images (Nascar.com)

Olá amigos e amigas do Tomada de Tempo e do Kojak ! No último domingo tivemos a 9ª etapa da Cup Series da NASCAR no Coliseu de Bristol. Pista curta, com menos de uma milha de extensão, alta inclinação nas curvas e com 40 carros na pista. Receita certa para uma corrida emocionante.

As arquibancadas seguem vazias, também não tivemos treinos livres e nem tomada de tempo para formação do grid. Então, no sorteio dentro de grupos de pilotos, Brad Keselowski#2 ganhou a pole pela segunda vez. A sorte realmente tem olhado para “Bad” Brad.

No primeiro segmento, em apenas oito voltas, já tivemos a primeira aparição de muitas, da bandeira amarela. Ryan Newman#6 rodou sozinho. Já pensando em estratégias diferentes, alguns foram para os boxes e novamente Kyle Busch#18 foi punido por excesso de velocidade, uma constante para o Toyota nº 18 nesta temporada. Chase Elliott#9 assumiu a ponta e não largou mais, vencendo o segmento inicial.

No segundo segmento, Ryan Blaney#12 tomou a ponta de Elliot#9 e vinha firme na liderança até errar sozinho e ser acertado em cheio por Ty Dillon#13. Fim de prova para os dois e nova bandeira amarela. Blaney#12 segue como um vagalume, ou seja, brilha e apaga a cada corrida.

Logo depois, ainda neste segundo segmento, Jimmie Johnson#48 causou um “mini Big One” ao jogar para fora Ricky Stenhouse Jr.#47, que bateu no muro e voltou para pista, virando pino de boliche para Alex Bowman#88, Tyler Reddick#8 e Cole Custer#41. Fim de prova para todos. Podem colocar essa na conta do J.J.

Em bom momento, Elliott fecha também o segundo segmento na frente e vai somando pontos importantes para a fase regular e também para os playoffs.

E veio a parte final da corrida e não deu para descolar os olhos da TV. Kyle Busch#18 que havia caído ao fim do pelotão no início da corrida, assumiu a ponta e então começaram a sequencia de amarelas. Numa delas, Joey Logano#22 e Brad Keselowski#2 foram também punidos por excesso de velocidade dentro dos pits. Guardem esses dois nomes nesta resenha.

Depois de mais amarelas, o quarteto formado por Denny Hamlin#11, Kyle Busch#18, Jimmie Johnson#48 e Chase Elliott#9 brigava pela ponta, estando os quatro carros, dentro de uma diferença de um segundo. Belíssima disputa.
Após alternância nessa briga, faltando 28 voltas, Hamlin#11 estava na P1 e era perseguido por Elliott#9. Logo atrás, já aparecia Joey Logano#22, sim, aquele punido neste segmento. E foi nessa disputa que a corrida foi definida. Hamlin#11 erra, vai ao muro, Logano#22 assume a ponta e é tocado por Elliott#9. Bandeira amarela.

Joey Logano#22 e Chase Elliott#9, a disputa que definiu a prova. Créditos : Jared C. Tilton | Getty Images (Nascar.com)

O panorama era, Hamlin#11 fora, Logano#22 e Elliott#9 na primeira fila da relargada após se acharem na pista. Alguém tinha dúvida que iria sair confusão? Não deu outra. Na relargada, faltando poucas voltas, numa disputa porta a porta, nenhum dos dois quis ceder e ambos foram para o muro, dando de presente a vitória para Brad Keselowski#2, que havia sido punido no inicio do segmento (se lembram do nome a ser guardado?). É a segunda vez nesta temporada que a vitória cai em seu colo. Em erro de estratégia de Elliott nas 600 Milhas de Charlotte, a sorte também sorriu para o Ford nº 2. De presente em presente, Bad “Brad” vai crescendo no campeonato.

Segunda vitória de Keselowski na temporada. Ele agradece os presentes. Créditos : Jared C Tilton | Getty Images (Nascar.com)

Outros resultados que devem ser aplaudidos; a P2 de Clint Bowyer#14, largando da P23, a P9 de Christopher Bell#95, largando da P35 e a P10 de Bubba Wallace#43, largando da P36.

A programação da NASCAR é a seguinte. No sábado, dia 06/06, teremos a ótima Truck Series e também a Xfinity Series. Tudo na mesma tarde. Já a CUP SERIES volta para sua 10ª etapa no domingo, dia 07/06.

No que se refere à tabela da Cup Series, Harvick#4 segue na ponta. Bowman#88 fica um pouco para trás e Chase Elliott subiu. São seis os pilotos já garantidos nos playoffs: Kevin Harvick#4, Joey Logano#22, Chase Elliott#9, Brad Keselowski#2, Alex Bowman#88 e Denny Hamlin#11. Faltando ainda 10 vagas, quem entrará na fase final do campeonato?

Fonte : Nascar.com

Não percam as cenas dos próximos capítulos da CUP e nada de perder a TRUCK SERIES ou a XFINITY. Acompanhem tudo no TOMADA DE TEMPO e VIVA A NASCAR!

E como diria Kal-El: “Para o alto e avante !!”

SIGA MINHAS REDES SOCIAIS
CALENDÁRIO 2020 – NASCAR

E o calendário revisado até JUNHO/2020 está disponível AQUI!