Início Destaque MOTO GP – Papo de Torcedor – GP da Inglaterra – 2019

MOTO GP – Papo de Torcedor – GP da Inglaterra – 2019

347
Créditos: www.motogp.com
Créditos: www.motogp.com

O PASSADO E O FUTURO? VIVA O PRESENTE!!

Ao final do Q2 da MotoGP de hoje em Silverstone na Inglaterra, confirmei o motivo que me leva a acordar num fim de semana de motovelocidade, em torno de 5 a 6h da manhã, para assistir ou acompanhar Moto-E, Moto3, Moto2 e MotoGP: o prazer que esses pilotos tem por seu trabalho.

Marc Márquez fez a pole novamente, Jack Miller outra vez na P3, script mais do que normal, porém um quarentão conhecido por Valentino Rossi, ficou com a P2 a meio segundo do #93 da Honda.

O “doutor” teria tudo para começar a pensar em aposentadoria, em buscar patrocinadores para criar uma equipe de MotoGP só dele, em ir pescar, ou simplesmente ficar no seu rancho andando de moto para relaxar.

Rossi ao longo da semana, numa de suas várias entrevistas comentou que TODOS os pilotos deveriam aproveitar ao máximo aquele momento só deles em cima de suas motos. Esses caras pilotam a mais de 300 km/h um veículo que não permite erro de jeito nenhum.

Vejam Jorge Lorenzo voltando de seu período de recuperação após uma queda que o deixou fora por duas etapas após GP da Holanda e hoje pilotou tentando se proteger enquanto tentava se superar nos tempos.

Valentino mais uma vez provou para quem quer que seja que se deixarem o velho leão viver sua vida da forma que mais gosta, no assento de sua M1, com a certeza que está tirando o melhor desempenho possível de sua bike e de si mesmo, ainda tem muita pista para rodar.

A garotada que está chegando hoje na Motovelocidade é muito rápida, muito arrojada, com pouco juízo e isso em alguns momentos é o que uma pista exige, mas em outros toda a experiência e toda a trajetória do piloto entre sucesso e fracasso faz a diferença.

Sei que sou suspeito por ser fã incondicional do VR46, independente de vencer, cair ou não correr. Amanhã quero acordar novamente cedo, preparar meu celular e computador para ficar enfrente a TV e assistir esses pilotos e suas máquinas barulhentas correndo.

Vou torcer muito para largada de Rossi, pelo meio, superar Márquez, independente do formiga atômica, por quem também torço, recuperar a primeira posição e a corrida acabar ali, pois ninguém provavelmente poderia superá-lo, mas…

E se amanhã Rossi largar muito bem, se Márquez tiver problemas com a turma de traz, se os deuses da velocidade resolverem que os pilotos tenham que se resolver na pista? Pode ser sim que Rossi vença outra corrida na carreira, porque não?

Assim como Rossi gosta do que faz, eu também gosto de ser colaborador do nosso TDT porque tenho a liberdade de escrever com minha emoção e coração de torcedor sempre que tenho inspiração.

No tomada de Tempo, nosso editor & chefe Marcelo Henrique me disse uma vez que gosta muito quando escrevo sem aquela obrigação que vejo em outros veículos de comunicação que se um piloto espirra, eles tem que dizer: Saúde, para manter a audiência.

Que venha o GP da Inglaterra, que venham todas as corridas, que todas sejam muito competitivas, que tenhamos mais um domingo de velocidade feliz!

VEJA O GRID DE LARGADA COMPLETO AQUI!