Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Alemanha – 2018

FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Alemanha – 2018

4971
Foto: Twitter Oficial F1

E neste domingo tivemos a largada para o GP da Alemanha de 2018 da Fórmula 1. Na pole tínhamos Vettel, seguido de Bottas, Kimi e Max Verstappen. As 2 Haas na terceira fila com Magnussen e Grosjean. Hamilton, devido os problemas na classificação, em 14º e Ricciardo em penúltimo pelas trocas de peças do carro.

Largada tranquila, Vettel consegue manter-se em primeiro, bottas na sequência. Max força para cima de Kimi, mas não consegue. Hamilton, ao final da primeira ganha apenas 1 posição e era o 13º. Ricciardo perde a posição para Gasly, mas ambos ultrapassam Vandoorne. Após 2 voltas tínhamos: Vettel, Bottas, Kimi, Max, Magnussen, Hulkenberg, Grosjean, Perez, Sainz, Leclerc, Alonso, Ocon, Hamilton, Sirotkin, Ericsson, Stroll, Hartley, Gasly, Ricciardo e Vandoorne.

Foto: Twitter Oficial F1

A corrida segue sem incidentes, Hamilton inicia sua recuperação e ultrapassa Ocon, Alonso e Leclerc, assumindo a 10ª posição. Enquanto isso, Vettel crava volta rápida em cima de volta rápida e já abre mais de 2 segundos para Bottas após 4 voltas.

Completadas 10 voltas, seguimos com Vettel na ponta e quase 4 segundos à frente de Bottas. Seguidos de Raikkonen, Max Verstappen e Magnussen. Ricciardo já assumia a 14ª posição (atrás de Alonso) e Hamilton em 7º após ultrapassar Sainz, Grosjean e Perez.

Até então, corrida morna e nem as corridas de recuperação de Ricciardo e Hamilton animaram muito – os motivos são óbvios. Esperança de algo mais animador quando Hamilton ultrapassar Magnussen e depois começar a busca por Max, que naquele momento tinha mais de 16 segundos à frente de Magnussen. Entre os ponteiros, volta 15 e tínhamos VETTEL <3.7s> BOTTAS <2.3s> KIMI <2.0s> MAX <17s> MAGNUSSEN.

Mesma volta em que tivemos as primeiras movimentações de box! Raikkonen entra para troca de pneus, saindo com pneus MACIOS/AMARELOS. Retorna atrás de Max e 1.5s à frente de Hamilton, que acabara de ultrapassar Magnussen.

Porém, ao contrário do esperado, Hamilton não consegue acompanhar o ritmo da Ferrari de Kimi, que na volta 18 já abria 4 segundos. Ricciardo ultrapassa Alonso e assumia a 12ª posição, lembrando que o piloto da Red Bull largou com pneus BRANCOS, os mais duros do final de semana. Voltas seguintes, Ricciardo entrava na zona de pontuação.

Destaque para a apresentação de Perez, mesmo com tantos problemas na Force India, em 6º na prova. Mas por pouco tempo! A equipe, para variar, conseguiu se complicar no PIT e acabou com qualquer chance de bom resultado do piloto!

Volta 26 e Vettel troca seus pneus, saindo com os macios e retorna em 4º, perdendo até a posição para Kimi que já havia parado. Diferença de Vettel para Hamilton era de 3 segundos, e a diferença de Kimi para Vettel era de 1.8s. Três voltas depois, Bottas faz seu pit-stop e retorna em 5º, atrás de Hamilton. Momento em que Ricciardo abandona a prova! Êêêêê laiáááá!

Foto: Twitter Oficial F1

Com a parada de Max Verstappen na volta seguinte, exceto em relação a Hamilton, realinhamos os ponteiros e KIMI é o novo líder, seguido de Vettel, Hamilton, Bottas e Max. Lewis ainda não havia parado. Mas a Ferrari já passou “recado” para o finlandês: “Vettel está atrás com pneus novos e seus pneus já possuem 11 voltas de utilização”. Vettel tem 1.1 segundos atrás do companheiro – volta 31.

McLaren em disputa forte com a Williams pela pior equipe do grid, tem Vandoorne em último e Alonso em 15º. Na Williams, Stroll era 17º, seguido de Sirotkin. Faltando as paradas de box apenas de Gasly, Ericsson e Hamilton, a situação da prova era a seguinte: Kimi, Vettel, Hamilton, Bottas, Max, Magnussen, Hulkenberg, Grosjean, Perez, Sainz, Leclerc, Ericsson, Gasly, Ocon, Alonso, Hartley, Stroll, Sirotkin e Vandoorne.

Via rádio, Vettel reclama com equipe que: “Estou gastando meus pneus aqui atrás!” – EU, particularmente NÃO entendo! Vettel mais de 1 segundo atrás de Kimi, se está realmente mais rápido… QUAL o MOTIVO de não se aproximar e passar? PELO AMOR DE MEUS FILHINHOS, como dizia o saudoso Silvio Luis! No mesmo GP, 8 anos atrás, tivemos a cena DEPLORÁVEL do “Alonso está mais rápido que você” – mensagem enviada a Felipe Massa quando liderava a prova. É VERGONHOSO Ferrari! VERGONHOSO! E antes de algum comentário, não estou dizendo que Mercedes também não faça, mas hoje foi o dia da Ferrari!

Foto: Twitter Oficial F1

Mas desabafo à parte, seguimos com a “prova”, com a “corrida” que além de CHATA ainda se tornou REVOLTANTE, já que na VOLTA 39 Vettel toma a liderança de Kimi com um pedido bem carinhoso do chefe de equipe! Independente de estratégia, LAMENTÁVEL!

Volta 43 e Lewis Hamilton entra nos boxes! Volta com compostos ULTRA MACIOS e na 5º posição! Agora sim, Vettel “líder”, Kimi, Bottas, Max e Hamilton – TOP5 real! Hamilton com 11 segundos atrás de Max, parte para um final de prova agressivo. E… e… e… na volta 44, apenas 1 volta após a parada de Hamilton, a CHUVA chega e Hockenheim!

Em pista, já temos dificuldades para pilotar – Exemplos: escapadas de Max e Hamilton. Verstappen é o primeiro dos ponteiros a colocar compostos intermediários. Alonso e Leclerc já haviam trocado. Aparentemente a pista estava úmida e a chuva regride. Leclerc, entra para RETORNAR aos pneus slicks, assim como Gasly que havia colocado pneus de CHUVA FORTE. E na volta seguinte, Verstappen também retorna para colocação de ULTRA MACIOS novamente! Ao menos a chuva para tumultuar um pouco a prova morna, para não dizer fria até então.

Volta 51, Bottas encosta em Kimi e parte para cima! Curva seguinte, Perez roda à frente deles, Kimi escapa levemente e Bottas ganha a posição!

A chuva aperta e… e… e… VETTEL VETTEL escapaaaaaaaaaaaaaaaa e BATE, BATE! FIM DE PROVA! É o universo conspirando contra atitudes de equipes como essa! Bottas entra nos BOXES imediatamente para colocar pneus ULTRA MACIO. Vettel se revolta, soca o volante, chuta brita! KIMI reassume a liderança, seguido de HAMILTON (o maior vencedor até então), Bottas e Verstappen.

Foto: Twitter Oficial F1

Volta 54, Kimi faz mais uma parada de box e HAMILTON assume a ponta! E o que seria um final de semana terrível para o #44, inverte completamente!

UAU! Valeu São Pedro! Valeu! Safety-car na pista!

Safety-car extremamente demorado! Relargada na volta 57 e a situação em pista é a seguinte: Hamilton, Bottas, Kimi, Verstappen, Hulkenberg, Perez, Ocon, Ericsson, Sainz, Grosjean, Magnussen, Hartley, Vandoorne, Leclerc, Alonso e Gasly.

Foto: Twitter Oficial F1

Estranhamente Bottas parte para cima de Hamilton! Depois de tanta coisa, os dois pilotos da Mercedes “se matando” em pista! Mas Hamilton resolve o assunto e dispara na ponta, abrindo mais de 1 segundo na volta seguinte.

FIM DE PROVA! FIM DE PROVA! FIM DE PROVA! Emoção mesmo apenas nas últimas 20 voltas e graças ao nosso São Pedro! LEWIS HAMILTON sobre 13 posições e VENCE o GP da Alemanha! Que virada de JOGO! UAU! 66ª vitória de Lewis! Vettel erra, bate e juntamente com a VERGONHOSA troca de posição com Kimi, perde a liderança do campeonato – EM CASA! Bottas e Kimi completam o pódio!

Foto: Twitter Oficial F1

Williams abandonam, assim como Vettel e Ricciardo. Leclerc, diferentemente das demais etapas até então, um show de erros e Sauber no seu melhor estilo: ESTRATÉGIA ERRADA e MAIS ESTRATÉGIA ERRADA. Piloto termina apenas em 15º!

RESULTADO FINAL

PRÓXIMA ETAPA

E sem folga, semana que vem teremos o GP da Hungria. Veja o calendário completo!

Marcelo Henrique Dias Abreu .·.

“Um Goiano, acolhido por Mineiros e apaixonado pela família e por esse SUL maravilhoso. Maluco e apaixonado por automobilismo (Fórmula 1, Stock Car, Turismo e as demais), o que não quer dizer especialista!” – Marcelo é o idealizador e um dos colunistas do Tomada de Tempo!