Início Expectativas FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP da...

FÓRMULA 1 – Saiba as expectativas das equipes para o GP da Áustria – 2024

456
(Foto: Peter Fox/Getty Images/Red Bull Content Pool)
Confira o que pilotos e chefes de equipe esperam da segunda disputa da primeira rodada tripla do calendário, na casa da equipe que lidera o Campeonato de Construtores.

A Fórmula 1 retorna neste fim de semana (28 a 30) para realizar o Grande Prêmio da Áustria, a décima primeira etapa da temporada que acontecerá no Circuito Red Bull Ring, autódromo localizado em Spielberg, vila do estado da Estíria.

A segunda competição em solo europeu consecutiva, após o GP da Espanha, marcará o terceiro evento em formato Sprint da programação 2024, depois de Miami e da China. Assim, haverá uma corrida curta de 100 km no sábado e o Grande Prêmio no domingo.

(Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Essa também será a disputa em casa para a Red Bull Racing e, em parte, para a sua equipe satélite Visa Cash App RB, que representam direta e indiretamente, de forma respectiva, a clássica marca austríaca de energéticos.

Como sempre, a RBR contará com mais de 90% da torcida nas arquibancadas e, assim, Max Verstappen terá o dever de dar um show de desempenho para honrar os seus fãs locais. O belga-holandês, precisará dessa motivação externa para se manter no topo do pódio nas duas disputas do final de semana, algo que, como as etapas anteriores mostraram, não será tão fácil, com a aproximação constante da McLaren.

Abaixo, confira o que pilotos e chefes de equipe, que se manifestaram, esperam do GP austríaco, em ordem decrescente da classificação atual do Campeonato de Construtores.

Além disso, saiba as características do traçado, informações dos compostos de pneus, a previsão do tempo para os três dias de competição e o top 10 do Campeonato de Pilotos.

Oracle Red Bull Racing (330 pts)
(Foto: Rudy Carezzevoli/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Max Verstappen #1:Sempre nos sentimos muito bem ao voltarmos à Áustria, sendo uma corrida em casa para a Red Bull. As paisagens e as montanhas por aqui são ótimas e é sempre bom ver a torcida do Orange Army aqui e sentir realmente aquele apoio da arquibancada. É mais um fim de semana em formato Sprint, que sempre acaba sendo agitado para nós.

É muito importante acertar o quanto antes o acerto do carro e analisar a forma como construímos e melhoramos as nossas corridas anteriores, especialmente porque a qualificação está sempre próxima aqui. A pista permite muitas ultrapassagens, por isso tenho a certeza que será uma disputa emocionante. A equipe teve um bom desempenho aqui no ano passado, então esperamos poder deixar os fãs orgulhosos mais uma vez e trazer para casa outra vitória.”

Sergio Perez #11: “Tive uma passagem difícil pela Espanha, e lutei com o equilíbrio do carro durante todo o fim de semana. Não conseguimos manter o acerto consistente e numa janela para a qualificação ou para fazer a corrida que queríamos, a penalização no grid também nos prejudicou. Dessa vez, na Áustria, temos tudo preparado para ter uma etapa mais limpa, a equipe e eu sabemos onde devemos melhorar e fazer mudanças e vamos implementá-las.

Teremos uma corrida limitada devido à programação no formato Sprint, então preciso aproveitar ao máximo o primeiro treino, o classificatório do GP, e a corrida curta desde o início. Queremos e precisamos de um final de semana completo. A Áustria é sempre uma grande corrida, por ser a casa da Red Bull, e isso cria uma atmosfera brilhante.”

Christian Horner (chefe de equipe): Não comentou.

Scuderia Ferrari HP (270 pts)
(Foto: Scuderia Ferrari/Divulgação)

Charles Leclerc #16: Não comentou.

Carlos Sainz #55: Não comentou.

Frédéric Vasseur (chefe de equipe):As atualizações introduzidas na Espanha funcionaram como esperado, mas é evidente que os nossos concorrentes não têm enrolado e, neste momento, há quatro equipes, todas a menos de três décimos uma da outra. Agora temos a Áustria, uma pista que demora pouco mais de um minuto para percorrê-la, pelo que as lacunas acima mencionadas podem se tornar menores. Estaremos focados totalmente em nós mesmos, porque em Spielberg cada pequeno detalhe pode fazer a diferença.

“Este fim de semana também marca o regresso do formato Sprint, pelo que o trabalho realizado em Maranello será ainda mais significativo, já que falta apenas uma hora de treinos livres antes da qualificação. Todos na equipe, incluindo os pilotos, devem estar no seu melhor para garantir que não percamos nenhuma oportunidade que surja em nosso caminho. Isso se aplica à qualificação, especialmente quando enfrentamos adversários tão fortes e também em termos de como executamos a corrida. Vamos dar o nosso melhor na Áustria”

McLaren (237 pts)
(Foto: McLaren F1/Divulgação)

Lando Norris #4: “Estou animado com o Grande Prêmio da Áustria; é uma pista muito divertida de pilotar e tenho ótimas lembranças ao longo dos anos, por isso estou ansioso para chegar lá. Os fãs também sempre criam uma ótima atmosfera durante o final de semana.

O carro está numa excelente posição, e vamos utilizar o que aprendemos na Espanha e usá-lo para continuar a progredir. Não estamos focados em estabelecer metas específicas, o nosso objetivo é continuar melhorando em cada etapa e deixarmos os resultados falarem por si. Vamos ver o que podemos fazer em Spielberg.”

Oscar Piastri #81:Mal posso esperar para chegar à Áustria e começar a correr. Estou realmente ansioso para voltar ao carro na sexta-feira e trabalhar duro com os engenheiros para começar o fim de semana.

Eu desejava muito mais em Barcelona, ​​mas sair com pontos de uma corrida frustrante mantém as coisas funcionando. Agradecemos à equipe pelo trabalho que estão fazendo de forma consistente e esperamos que todos possamos manter o ritmo.”

Andrea Stella (chefe de equipe):Seguimos para o GP da Áustria para a segunda corrida de uma movimentada rodada tripla, depois de deixarmos a Espanha com mais um forte resultado para a equipe.

Embora tenhamos tido muitos resultados positivos nesta temporada, o Red Bull Ring é um dos traçados mais curtos do calendário, por isso esperamos que esteja muito disputado neste fim de semana. Continuamos focados em nossos esforços para melhorar ainda mais e lutar consistentemente contra as equipes ao nosso redor.”

Mercedes-AMG Petronas (151 pts)
(Foto: Jiří Křenek/Mercedes-Benz Group AG)

Lewis Hamilton #44: Não comentou.

George Russell #63: Não comentou.

Toto Wolff (chefe de equipe):Vamos para a Áustria buscando continuar esse progresso positivo na pista. O Red Bull Ring é um circuito muito diferente do fim de semana passado e isso proporcionará outro desafio e referência para o nosso carro. Tem bastante trechos de baixa velocidade, pontuado por algumas retas mais longas e um setor intermediário de velocidade relativamente alta.

A equipe trabalhou duro para melhorar a competitividade do W15 em circuitos rápidos, como no último final de semana. Esses ganhos nos ajudaram a aproveitar o impulso que estabelecemos em Montreal. Embora não tivéssemos o ritmo ideal para competir pela vitória, foi encorajador estar na frente na disputa. Lewis fez uma grande corrida para conquistar um pódio bem merecido e George administrou bem sua última passagem para chegar à P4. Isso garantiu que saíssemos do fim de semana com uma sólida soma de pontos.

Sabemos que ainda há muito trabalho a ser feito para termos uma chance realista de lutar por vitórias. Esse trabalho está em andamento e estamos em uma trajetória de progresso ascendente. Pela terceira vez em 2024 teremos um fim de semana Sprint, apresentando mais oportunidades para os fãs desfrutarem de corridas mais próximas. O grupo da frente está muito compacto e teremos de dar o nosso melhor para lutar pelo pódio mais uma vez.”

Aston Martin Aramco (58 pts)
(Foto: Steven Tee/Aston Martin Media Global)

Lance Stroll #18: Não comentou.

Fernando Alonso #14: Não comentou.

Mike Krack (chefe de equipe): Não comentou.

Visa Cash App RB (28 pts)
(Foto: Rudy Carezzevoli/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Yuki Tsunoda #22:Gosto do Red Bull Ring; aprecio o lugar em si, a comida local e a paisagem circundante, pois adoro a natureza. A pista em si é na casa da nossa família Red Bull, então espero que possamos ter um bom desempenho lá.

Este será mais um fim de semana com Sprint, então só temos uma hora de treino livre. Sei que todos têm trabalhado muito duro na fábrica para entender por que passamos por momentos tão difíceis na Espanha e espero que possamos compensar isso aqui na Áustria.”

Daniel Ricciardo #3:Tenho muitos motivos para estar empolgado com a Áustria: é o meu 250º Grande Prêmio de F1, o que é bastante louco. Vou fazer um design especial de capacete para este fim de semana, o que deve ser divertido. Esta é uma corrida em casa para a Red Bull, então há sempre muito apoio dos fãs lá.

Vamos tentar mudar as coisas depois do GP em Barcelona. Não temos muito tempo, pois é um fim de semana de Sprint com apenas um treino livre, então realmente precisamos começar a correr e estamos prontos para isso.”

Alan Permane (Diretor de Corrida):Esta semana a maior parte da equipe permanece na estrada e vai diretamente para Spielberg, na Áustria, para a segunda corrida desta sequência tripla. É uma etapa especial para a família Red Bull, e estamos ansiosos para correr na bela zona rural da Estíria.

O circuito é exigente tanto para o carro quanto para o piloto, com retas longas, frenagens fortes, mas também algumas curvas de alta velocidade. É um fim de semana em formato Sprint, então nossa preparação precisará ser perfeita. A Pirelli trará os pneus mais macios da sua gama e um dos desafios será extrair o máximo dos três compostos em uma volta durante a qualificação da Sprint Race na tarde de sexta-feira.”

BWT Alpine (8 pts)
(Foto: Anthony Rew; /Alpine Cars Media)

Esteban Ocon #31: “Sempre gostei de correr na Áustria. Tenho boas lembranças daqui. Em 2020, depois de um ano fora das corridas, as etapas em Spielberg foram as primeiras da temporada. Eu lembro da qualificação muito molhada daquele ano, quando conseguimos nos classificar em quinto. Em 2022, tivemos um bom final de semana aqui, somando dez pontos na quinta colocação.

A pista em si é curta, então geralmente o pelotão está próximo e cada centésimo e milésimo de segundo conta. Temos que acertar o equilíbrio em alta velocidade e o objetivo para nós é manter o tendência positiva em andamento, o que significa estar de olho no terceiro trimestre novamente e, claro, na zona de pontos.”

Pierre Gasly #10:Rodadas triplas são sempre desafiadoras. Depois de Barcelona, vamos direto para a Áustria e para um fim de semana agitado em formato Sprint. Spielberg tem uma volta curta, a mais curta para tempos de volta do ano, com apenas nove curvas. É desafiador com as zebras, nas difíceis zonas de frenagem e há algumas curvas de alta velocidade.

“A Áustria é sempre um evento muito bom, que gera uma excelente atmosfera e um lugar onde adoro correr. Devemos levar o nosso aprendizado de Barcelona, em termos de desempenho e equilíbrio em alta velocidade, e aplicá-los aqui neste final de semana. Temos que estar no ritmo certo para podermos competir da melhor forma em ambas as corridas.”

Bruno Farmin (chefe de equipe): Não comentou.

MoneyGram Haas (7 pts)
(Foto: Sam Bagnall/LAT Images)

Kevin Magnussen #20:Tenho boas lembranças do Red Bull Ring; foi onde tivemos nosso melhor resultado como equipe, então estou ansioso para correr lá novamente. Temos um carro bastante eficiente, então espero que com nossa boa velocidade em retas possamos ser bons lá. Ainda há um bom número de curvas rápidas, o que talvez não seja nosso ponto forte, mas parece que somos consistentemente bons na maioria das pistas. Estou ansioso por um fim de semana de Sprint divertido.”

Nico Hulkenberg #27:O Red Bull Ring é um circuito curto e que traz muita diversão. O comprimento da pista significa que ela agrupa todos na qualificação, o que é um desafio, mas temos duas oportunidades de pontuar, pois é um fim de semana com Sprint. No ano passado, marquei pontos aqui na Áustria, então sei que isso pode ser feito, e queremos voltar a terminar no top 10; essa será a nossa missão em Spielberg.”

Ayao Komatsu (chefe de equipe): Não comentou.

Williams Racing (2 pts)
(Foto: Williams Racing/Divulgação)

Alex Albon #23:Ao deixarmos Barcelona e seguirmos para a Áustria para a segunda parte desta rodada tripla, esperamos nos recuperar depois de uma passagem difícil pela Espanha. O GP da Áustria será um fim de semana com Sprint e, pelo fato de o tempo poder ser um fator a se considerar, haverá uma oportunidade de conseguir um bom resultado. No papel, esta pista combina mais com o nosso carro do que Barcelona, ​​então vamos ver o que esta etapa nos traz.”

Logan Sargeant #2:Estou ansioso por retornar à Áustria para a segunda corrida da primeira jornada tripla do calendário. O Red Bull Ring deve ser uma pista melhor para nós do que a Espanha, e é sempre um lugar emocionante para correr, com muitas curvas rápidas e retas longas. A Sprint Race abrirá algumas oportunidades extras e parece que um pouco de chuva poderá afetar a corrida de domingo, então tudo está em jogo neste final de semana.”

James Vowles (chefe de equipe): Não comentou.

Stake Kick Sauber (0 pts)
(Foto: Sam Bagnall/Sauber Media Hub)

Valtteri Bottas #77: “Tenho gostado de correr na Áustria desde que foi reintroduzido no calendário e estou ansioso por retornar; a pista é emocionante, com curvas rápidas e mudanças de elevação, e junto com as vistas deslumbrantes e os fãs, é uma experiência geral agradável. As corridas aqui podem ter muita ação e há muitos pontos de ultrapassagem, por isso pode ser divertido.

Tive uma série de bons resultados aqui, incluindo duas vitórias e alguns pódios, bem como o meu primeiro em 2014. Em Barcelona, ​​estávamos numa posição melhor do que nos eventos anteriores, mas ainda há trabalho a fazer para voltarmos regularmente aos dez primeiros. Sendo este um evento Sprint, é importante ter a pegada certa desde o início do fim de semana e construir o nosso desempenho com base nisso.”

Guanyu Zhou #24: “É bom estar de volta a Spielberg e espero outro fim de semana divertido. O traçado da pista é bastante único: curto, com algumas curvas e zonas de frenagem intensas e um baixo número de curvas, significando que cada uma delas é ainda mais crucial ao marcar uma volta na qualificação.

À medida que avançamos para o fim de semana, estou motivado e ansioso para voltar à pista: o nosso desempenho em Barcelona foi definitivamente encorajador, mais perto de onde estávamos no início da temporada, e todos nós, tanto na pista como em Hinwil, estão trabalhando duro para diminuir a diferença. Devemos manter o foco e permanecer no topo do nosso jogo durante todo o desenrolar da etapa, dando o nosso máximo.”

Alessandro Alunni Bravi (chefe de equipe): “Seguimos para Spielberg procurando dar continuidade ao passo encorajador que demos na qualificação em Barcelona. Embora não tenhamos marcado pontos lá, saímos do GP da Espanha com uma nova confiança, ansiosos por continuar a trabalhar duro para voltar a concluir entre os dez primeiros. Esperamos ver progresso com as novas peças que introduzimos recentemente, que pretendemos aperfeiçoar ainda mais esta semana.

O Red Bull Ring se tornou um clássico moderno que os pilotos conhecem muito bem, tendo também organizado fins de semana de corrida consecutivos durante dois anos consecutivos. Neste sábado também acontecerá a terceira prova de Sprint da temporada, outra recorrência neste circuito. Com apenas uma sessão de treinos livres antes do início da qualificação da Sprint, será essencial executar tudo da melhor maneira possível, pronto para aproveitar qualquer oportunidade que possa surgir.

Detalhes do circuito
Circuito Red Bull Ring (Imagem: Fórmula 1/Divulgação)

O circuito Red Bull Ring possui 4.318 km de extensão, 10 curvas (7-D e 3-E), recebe GPs da Fórmula 1 desde 1970 e a corrida terá um total de 71 voltas. O recorde de volta mais rápida nesse traçado ainda pertence a Carlos Sainz, que cravou o tempo de 1:05.619 na temporada 2020 pela McLaren.

Essa pista tem como características principais a predominância de trechos de média a alta velocidade, retas interrompidas por frenagens fortes e grandes mudanças de elevação presentes no traçado. Por ser o local de provas mais curto da temporada, o Red Bull Ring costuma gerar sessões classificatórias extremamente competitivas, com tempos de volta baixos e poucas diferenças de tempo entre as equipes.

Além disso, há três zonas de abertura da asa móvel (DRS) disponíveis, o que proporciona ultrapassagens frequentes durante as provas. Confira abaixo como é uma volta no circuito austríaco, através do simulador/game F1 22.

O Red Bull Ring, apesar de curto e apresentar um layout que parece inofensivo, costuma punir de uma maneira bem severa pilotos que saem da pista em direção às britas, principalmente no complexo das curvas 6, 7 e 8.

Outra dificuldade que os competidores encontram nesse circuito, é acertar a curva 1 sem infringir os limites de pista, que são rigorosos e costumam deletar várias voltas preciosas durante a classificação.

Na temporada passada, o vencedor da Sprint Race foi Max Verstappen, seguido de Sergio Perez e de Carlos Sainz, após largar na P1. No GP de domingo, o atual tricampeão também levou a melhor, ao largar na pole, dominar a corrida e cruzar a linha de chegada logo à frente de Charles Leclerc e de Sergio Perez, que completaram o pódio.

Informações sobre os pneus
(Infográfico: Pirelli)

A Pirelli escolheu os três compostos mais macios da gama 2024: o C3 como Duro, o C4 como Médio e o C5 como Macio. A superfície da pista de Spielberg é altamente abrasiva, mas as forças laterais exercidas sobre os pneus são abaixo da média, o que resulta em um desgaste geral mais limitado.

A tração nas curvas lentas e a estabilidade nas frenagens são fatores importantes para serem observados nesta pista. Os pilotos precisam administrar os pneus para evitar o superaquecimento, principalmente se rodarem em alta velocidade.

Em contraste, os pilotos que não conseguirem manter os compostos frios o suficiente podem ter dificuldade em se defender dos ataques de outros carros, especialmente no primeiro e no último setores.

Outro ponto crucial será a temperatura ambiente no Red Bull Ring, onde o clima é bastante variável. Nas duas últimas edições desta corrida, a estratégia de duas paradas se provou a mais rápida com pneus médios e duros e, no ano passado, nenhum piloto apostou nos macios.

Informações da assessoria de imprensa da Pirelli Brasil.

Previsão do tempo
(Foto: Clive Rose/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Sexta-feira:

Mínima de 15°C e Máxima de 28°C. Tempo nublado, com 20% de possibilidade de chuva fraca durante o dia.

Sábado:

Mínima 18°C e Máxima 30°C. Céu nublado, sem chances de chover.

Domingo:

Mínima de 16°C e Máxima de 28°C. Tempo fechado, com 45% de chances de precipitação.

Fonte: www.weather.com

Top 10 do Campeonato de Pilotos:

1 – Max Verstappen #1 (Red Bull Racing) – 219 pts;

2 – Lando Norris #4 (McLaren) – 150 pts;

3 – Charles Leclerc #16 (Scuderia Ferrari) – 148 pts;

4 – Carlos Sainz #55 (Scuderia Ferrari) – 116 pts;

5 – Sergio Perez #11 (Red Bull Racing) – 111 pts;

6 – Oscar Piastri #81 (McLaren) – 87 pts;

7 – George Russell #63 (Mercedes-AMG F1) – 81 pts;

8 – Lewis Hamilton #44 (Mercedes-AMG F1) – 70 pts;

9 – Fernando Alonso #14 (Aston Martin Aramco) – 41 pts;

10 – Yuki Tsunoda #22 (Visa Cash App RB) – 19 pts.

Transmissão no Brasil

A corrida acontecerá no próximo domingo, às 10h (horário de Brasília), e será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes de Televisão.

Entrevistas disponibilizadas pela assessoria de imprensa de cada equipe.