Início Destaque FÓRMULA E – Aquecimento para o E-Prix do México – 2022

FÓRMULA E – Aquecimento para o E-Prix do México – 2022

548

 3 min de leitura

(Foto: Cortesia da Fórmula E)
Saiba os detalhes da próxima corrida da temporada, em um circuito conhecido dentro e fora da categoria.

A Fórmula E realizará no próximo sábado (12) o E-Prix do México, a terceira etapa do calendário 2021/2022, no Autódromo Hermanos Rodríguez, circuito tradicionalmente utilizado pela Fórmula 1 e que oferece um traçado alternativo e próprio para a série elétrica.

O EP mexicano faz parte da programação desde a temporada 2015/2016 e sempre ocorreu no famoso Hermanos Rodríguez. A única exceção foi no ano passado, quando a prova, organizada em rodada dupla pela primeira vez no país, aconteceu de forma inédita em Puebla, uma cidade do município do México. Assim, a competição inaugural foi chamada de E-Prix de Puebla.

Ao todo, o país latino-americano sediou seis provas da Fórmula E. Assim, o E-Prix no México se tornou uma etapa essencial no itinerário da categoria movida a eletricidade.

Layout do circuito do México
Autódromo Hermanos Rodríguez (Imagem: Fórmula E/Divulgação)

O traçado especial do Autódromo Hermanos Rodríguez possui 2.606 km de extensão, 16 curvas, fluxo em sentido horário e é um verdadeiro misto de emoções para os pilotos, devido a variedade de formato de setores e ângulos de curva presentes no layout.

Apesar das seções internas lentas e técnicas, os setores rápidos compõem a maior parte do circuito. Isso inclui as longas curvas 2 e 16 (estas que lembram partes de pistas ovais), a reta principal e a oposta.

O modo ataque fica localizado no pequeno trecho entre as curvas 11 e 12. O melhor momento de ativação desse famoso recurso de ultrapassagem é na reta dos boxes.

O grande desafio para os 22 pilotos do grid não será o gerenciamento de energia, mas terminar a corrida intactos. A disputa no Hermanos Rodríguez costuma ser conturbada: na última edição, durante a temporada 2019/2020, 7 pilotos abandonaram o E-Prix por conta de contato com outros competidores ou com o muro.

O que esperar do E-Prix mexicano
(Foto: Cortesia da Fórmula E)

No grid atual, há quatro pilotos que se destacam no Autódromo Hermanos Rodríguez: Lucas Di Grassi, Sébastien Buemi e António Félix da Costa. Di Grassi costuma se sair bem nesse traçado e já garantiu duas vitórias, enquanto que, Buemi, subiu ao pódio três vezes e, Da Costa, duas.

Ao considerar a classificação do campeonato de pilotos, só um dos mencionados chegou a terceira etapa com vantagem: o brasileiro da Venturi, Lucas Di Grassi. Esse fato o torna um dos favoritos à vitória no sábado.

Outro competidor para ficar de olho é o companheiro de Lucas, Edoardo Mortara, que venceu a segunda corrida em Diriyah, na Arábia Saudita, é o atual líder do campeonato e um dos favoritos ao título. Mortara também já subiu ao pódio na famosa pista mexicana e tem como parceiro um especialista em EPs no Hermanos Rodríguez. Assim, uma vitória conquistada por um dos pilotos da equipe monegasca não será nenhuma surpresa.

Transmissão no Brasil
(Foto: Cortesia da Fórmula E)

A TV Cultura e o SporTV vão transmitir o E-Prix do México de Fórmula E ao vivo, a partir das 18h30.

Artigo anteriorSTOCK CAR – Conheça os pilotos estrangeiros convidados para a corrida de duplas em Interlagos – 2022
Próximo artigoSTOCK CAR – Programação, Horários e Transmissão – Corrida de Duplas (Interlagos/SP) – 2022