Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – Resultado Final (Venceu: Hamilton) – GP do Eifel/Alemanha (Nurburgring)...

FÓRMULA 1 – Resultado Final (Venceu: Hamilton) – GP do Eifel/Alemanha (Nurburgring) – 2020

1395

 4 min de leitura

Foto: Mercedes AMG F1 Twitter Oficial

E tivemos neste domingo (11/10/2020) o GP do Eifel/Alemanha, diretamente de Nurburgring, pela 11ª etapa do mundial de Fórmula 1.

Largada sem incidentes, Hamilton pula na ponta, mas Bottas – bem agressivo – recupera liderança em seguida. Ao final da 1ª volta tínhamos Bottas, Lewis, Max, Leclerc e Ricciardo (que tomou a posição de Albon) no TOP5. Lá atrás, boas largadas de Giovinazzi e Nico, que ganharam 3 posições cada e assumiram – respectivamente – as 11ª e 17ª posições.

Volta 6, Bottas abria quase 2 segundos para Hamilton e mais atrás, bela disputa entre Ricciardo e Leclerc pela 4ª posição. Volta 10 e em manobra SENSACIONAL, Ricciardo toma a posição de Leclerc, que ao observar também a aproximação de Norris, resolve antecipar a parada de box.

Ainda, naquele momento, Vettel roda ao tentar evitar batida com Giovinazzi. Um pouco depois, Boottas acaba errando na frenagem da curva 1 e permite a aproximação de Hamilton e ainda a ultrapassagem! Hamilton era o novo líder! Bottas, com pneus danificados, faz seu pit-stop e retorna com compostos médios e em 4º lugar.

O TOP10 naquele momento era:

Volta 15 e… e… Kimi perde a frente do carro em disputa com Russel e acaba tocando no carro da Williams, que acabou abandonando! Kimi acaba punido com 10 segundos ao final da prova!

Uma enorme dificuldade dos fiscais de pista em retirar o carro de Russel, organização aplica safety-car VIRTUAL, momento que vários pilotos aproveitam para realizar suas trocas de pneus! E… e… momento em que Bottas fica lento em pista, perde posições para Norris e Perez. Volta seguinte entra para os boxes e acaba abandonando!

Com isso, em pista Norris assume o P3, mas na prática e em tese, Ricciardo assumiria a posição após as paradas de box dos demais. Volta 23 e disputa muito interessante entre Albon e Gasly pela 7ª posição. Momento em que Ocon vai aos boxes e abandona com problemas no carro, juntando-se a Russel e Bottas. E… e… volta seguinte, foi a vez de Albon também encaminhar-se aos boxes para cumprir penalização de 5 segundos, mas acaba abandonando também. UAU!

Norris, Perez, Sainz e Hulkenberg postergam bastante suas paradas de box e assim, seguiam em 3º, 4º, 5º e 9º – respectivamente. Enquanto isso, lá na ponta, Hamilton abre 4 segundos para Max Verstappen, que tinha 34 segundos de vantagem para Norris. Leclerc em 8º e Vettel em 12º ao final da volta 26.

Volta 30 e finalmente Perez entra nos boxes. Volta seguinte, Sainz e Grosjean também realizam suas trocas de pneus. Em com a entrada de Norris e Hulkenberg, fechamos quase todas as trocas (faltava Gasly que largou com pneus medios). Situação REAL, na volta 31, era:

Com relato de problemas com potência, Norris acaba perdendo a 5ª posição para Perez. Em seguida Sainz também ganha posição do companheiro. Um pouco mais à frente, disputa interessante entre Perez e Leclerc, na disputa pela 4ª colocação. Perez consegue a ultrapassagem e Leclerc volta aos boxes para MAIS um pit-stop. Retorna em 10º.

Volta 40, destaque para a ultrapassagem de Hulkenberg para cima de Vettel, assumindo a 9ª colocação. Perez tentava reduzir diferença para Ricciardo, na busca pelo pódio. Assim como Leclerc tentava se aproximar de Norris na disputa pela 6ª, disputa facilitada pelo abandono do piloto da McLaren, que vinha sofrendo com problemas de potência desde a metade da prova. E… e… faltando 15 voltas para o final, SAFETY-CAR em pista! Praticamente todos aproveitam para mais uma troca de pneus!

Após realinhamento, situação de pista era:

Relargada na volta 50, faltando 10! Hamilton dispara, Ricciardo pressiona Max na disputa pela 2ª colocação. Ricciardo não consegue e acaba recebendo pressão de Perez! Sainz, Leclerc, Gasly, Hulkenberg, Grosjean e Giovinazzi completavam o TOP10.

FIM DE PROVA! FIM DE PROVA! Em uma das provas mais fáceis até então, LEWIS HAMILTON vence tranquilamente e sim, finalmente alcança a marca de Michael Schumacher, com 91 vitórias na categoria.

Max Verstappen termina em 2º com a melhor volta e sim, com abandono de Bottas, a última vaga no pódio ficou com Daniel Ricciardo (primeiro pódio na Renault e da Renault após seu retorno à F1) – assumindo a 4ª colocação na classificação geral de pilotos com 78 pontos. Hamilton passa a 230 pontos, com Bottas (161) e Max (147) fechando o TOP3. Classificação COMPLETA aqui!

Perez e Sainz fecham o TOP5. Gasly, Leclerc, Hulkenberg, Grosjean e Gio completaram o TOP10. Destaque realmente para Nico Hulkenberg, que assumiu o comando do carro algumas horas antes do treino classificatório, largou em ÚLTIMO e ainda terminou em uma 8ª posição!

Tirando Hamilton e Max, que fizeram corrida à parte, no restante do grid tivemos uma PROVA sensacional, com muitas disputas, ultrapassagens, variáveis e variantes! Nurburgring foi show!

RESULTADO FINAL

CALENDÁRIO 2020

E a próxima etapa será em Portugal (Portimao) pela 12ª ETAPA – 23 a 25 de outubro. Calendário completo aqui:

Calendário 2020 – Fórmula 1 – Tomada de Tempo
SIGA A GENTE