Início Destaque NASCAR – Em Vegas, Logano faz a aposta certa e vence a...

NASCAR – Em Vegas, Logano faz a aposta certa e vence a primeira na temporada – 2020

96

 4 min de leitura

Las Vegas recebeu a segunda etapa da NASCAR. Créditos: Chase Wilhelm | NASCAR Digital Media

Olá amigos e amigas do Tomada de Tempo e do Kojak! Nesse período, no qual a maioria das categorias ainda estão em pré temporada, a NASCAR já está colocando todo mundo para correr e nos brindando com ótimas disputas. No último fim de semana, em Las Vegas, tivemos mais uma rodada completa, ou seja, com as três principais divisões, Truck Series, Xfinity e a Cup.

Novamente a chuva se fez presente, desta vez adiando a Xfinity para o domingo e não permitindo a classificação para formação do grid da Cup. Sendo assim, as posições de largada foram definidas de acordo com a classificação final dos CARROS na última temporada. O campeão Kyle Busch #18 largaria na ponta, mas foi punido por não passar nas inspeções técnicas pré corrida e foi para o fim do pelotão, juntamente com Denny Hamlin #11 (vencedor da Daytona 500) e Christopher Bell #95.

Mas difícil mesmo está a vida do mexicano Daniel Suarez #96. Demitido ano passado pela Stewart Haas, foi contratado pela pequena equipe Gaunt Brothers. Não conseguiu se classificar para a Daytona 500 e nesse último domingo, o carro teve problemas mecânicos na primeira volta. O campeão da Xfinity de 2016 vive momento de baixa na sua carreira.

Sobre a corrida, os dois primeiros segmentos tiveram um ritmo muito forte, até mesmo pelos pilotos que largaram na frente, e ainda, Vegas tem um retrospecto de poucas amarelas, que se confirmou em boa parte da prova. Chase Elliott em boa fase venceu os dois estágios iniciais. Mas, quem até agora não teve muita sorte foi Christopher Bell #95. Uma das principais promessas da NASCAR se envolveu em acidente em Daytona e bateu novamente em Vegas. A expectativa sobre o garoto ainda não se confirmou nas duas primeiras provas, apesar de bom ritmo apresentado na Daytona 500.

Podemos considerar quem, apesar do ritmo, houve um certo marasmo nos dois primeiros segmentos vencidos pelo carro #9, pilotos apenas controlando a corrida, sem maior agressividade. Mas, veio o terceiro segmento e parecia que era outra corrida. Matamos inclusive a saudade de ver o hepta Jimmie Johnson #48 brigando pelas primeiras posições. Além disso, tivemos outro momento que vemos pouco ultimamente, Martin Truex Jr. #19 no muro. Bandeira amarela.

Para confirmar a mudança no panorama da prova neste último segmento, Chase Elliott #9, que havia vencido os dois primeiros estágios, encontrou o muro de forma estranha, sozinho, após troca de pneus. Mais um candidato à vitória que saía da briga.
Após tudo isso, faltando 20 voltas, estavam brigando pela ponta, Joey Logano #22, Kevin Harvick #4 e Ryan Blaney #12. Mas, o mais rápido da pista, vinha de trás, escalando o pelotão de forma avassaladora. Passando um a um, Alex Bowman #88 (The Showman) chegou a P2, e quando iria buscar a P1 e possivelmente vencer a prova, Ross Chastain #6, substituindo o acidentado Ryan Newman, chamou a bandeira amarela faltando apenas seis voltas.

Neste momento veio a aposta vencedora de Joey Logano #22. A maioria dos pilotos, após o acidente de Chastain, foi para os pits fazer a troca dos pneus. Logano #22 permaneceu na pista, acreditando que poderia sustentar a liderança mesmo com os pneus gastos.
Dada a relargada e após a passagem dos pilotos para a última volta, um acidente com John Hunter Nemechek #38 veio para garantir a vitória do Ford 22 de Logano e consequentemente a vaga nos playoffs. Destaque para Matt DiBenedetto #21 que fechou numa excelente P2, seguido por um surpreendente Ricky Stenhouse Jr. #47, que também apostou em permanecer na pista durante a amarela. Bowman #88 que tinha a vitória nas mãos ficou apenas com a P13.

Joey Logano #22 venceu em boa estratégia e garantiu vaga nos playoffs. Créditos: Jonathan Ferry | Getty Images

Na Truck Series, mais uma vez o polêmico Kyle Busch foi lá acabar com a graça do pessoal na sexta feira. O maior vencedor da categoria venceu mais uma. O seu domínio é tal grande, que seu colega de Cup Series, Kevin Harvick ofereceu U$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares) para algum piloto regular da Cup vencer o “Buschinho” na Truck Series. Não bastando, um patrocinador ofereceu mais U$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares). Quem vai levar a bolada? Na Xfinity, o bom Chase Briscoe levou a vitória e vem se consolidando como protagonista na categoria. Austin Cindric (de quem se espera algo a mais em 2020) e Ryan Sieg fecharam o Top3.

A Cup Series volta no próximo domingo em Fontana para sua terceira etapa. Segue abaixo a tabela com os candidatos mais próximos das dezesseis vagas para os playoffs. Denny Hamlin #11 e Joey Logano #22 já se garantiram com suas respectivas vitórias. Vamos acompanhar, pois vale a pena conferir essa disputa e VIVA A NASCAR!

Fonte : Nascar.com

E como diria Kal-El: “Para o alto e avante!!”

QUE TAL UM RESUMO DA CUP SERIES EM 52 MINUTOS?

CALENDÁRIO – NASCAR 2020

Veja como está o calendário 2020 da NASCAR (TRUCK SERIES, XFINITY e CUP):

SIGA A GENTE