Início Fórmula Indy FÓRMULA INDY – Grave acidente com Sebastien Bourdais – 500 Milhas de...

FÓRMULA INDY – Grave acidente com Sebastien Bourdais – 500 Milhas de Indianápolis – 2017

253

 3 min de leitura

Foto: Reprodução

E infelizmente, a parte triste do treino classificatório das 500 Milhas de Indianápolis, ficou por conta do acidente de Sebastien Bourdais. O piloto da Dale Coyne foi levado para o hospital e a IndyCar transmitiu a seguinte informação: “Consciente e alerta, ele não perdeu a consciência e foi transportado por terra para IU Health Methodist Hospital”.

Bourdais tinha estabelecido uma média de 231.534mph nas 2 primeiras voltas e sem dúvida, estaria entre os FAST9, mas perdeu o controle na curva #2 na 3º e penúltima volta. Mesmo tentando acertar a traseira do carro, acertou de frente no muro! A cena é assustadora, já que o carro ficou de cabeça para baixo e se arrastou por INTERMINÁVEIS instantes, até virar novamente com as rodas no chão. Veja o vídeo do acidente:

Atualizações – 20/05/2017 – 21:45

Após avaliação no Hospital Metodista da cidade, o piloto foi diagnosticado com lesões graves – fraturas na bacia e no quadril, o que irá exigir cirurgia. Atrávés de comunicado, a IndyCar cita:

“O piloto Sébastien Bourdais foi diagnosticado com múltiplas fraturas na bacia e uma fratura no quadril depois de um acidente no treino classificatório da 101ª edição das 500 Milhas de Indianápolis. De acordo com o Dr. Geoffrey Billows, médico da Indy, Sebastien Bourdais vai passar por uma cirurgia na bacia ainda esta noite (20/05)”

O chefe da equipe, está confiante na cirurgia e recuperação do piloto: “Sébastien está em boas mãos no Hospital Metodista. Agora vamos esperar a recuperação”

Em relação à sua participação ou não na corrida de 28/05, nada foi dito, mas independente de uma rápida recuperação, creio ser impossível a liberação da equipe médica!

Atualizações – 21/05/2017 – 17:00

Após a cirurgia, Sebastien Bourdais passa bem. Em comunicado da equipe:

“A boa notícia é que tudo correu bem na cirurgia. Esperávamos que seriam duas cirurgias diferentes, mas conseguiram executar todo o procedimento em uma só. Não demorou mais de 20 minutos depois após a operação para que o cirurgião dele me dissesse que tudo estava bem. Ele é um cara forte e isso ajudou muito. Infelizmente, fomos informados que ele vai ficar de seis a oito semanas usando muletas e somente depois, começa o processo de recuperação. Então, acabou a temporada para dele. É triste pois ele chegou muito bem ao time”

E assim pessoal, já era 500 Milhas de Indianápolis! Assim como outras tantas etapas da temporada 2017. Ainda, provavelmente nada de WEC e as 24 Horas de Le Mans pela FordGT. Em substituição ao piloto, a equipe Dale Coyne escolheu James Davison. O piloto já disputou as 500 milhas de Indianápolis em 2016 pela equipe e atualmente corre na Pirelli World Challenge.

VEJA TAMBÉM