Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – De Bottas a Alonso, o que disseram os pilotos...

FÓRMULA 1 – De Bottas a Alonso, o que disseram os pilotos após o GP da Rússia 2017?

63

 5 min de leitura

Foto: Twitter Oficial F1

Neste final de semana em que tivemos o domínio da Ferrari em treinos e a grande vitória de Bottas na corrida, seguem os comentários dos pilotos após o Grande Prêmio da Rússia 2017:

Para Bottas, a ficha ainda não caiu! O piloto conquistou sua primeira vitória na carreira:

“Vai demorar algum tempo para cair a ficha. Normalmente, não sou tão emocional, mas ouvir o hino finlandês foi MUITO especial. É tudo um pouco surreal, espero que seja a primeira vitória de muitas. Foi uma das minhas melhores corridas. A pressão de Sebastian não foi tão ruim, o maior problema foram os retardatários. Eu ainda travei os pneus quando restavam cerca de 15 voltas para o final, mas foi controlável” – Valtteri Bottas

Em segundo no pódio, Vettel acredita que a largada não foi ruim (?????) e reclama (pra variar) da demora no apagar das luzes. Por outro lado, destaca que a confusão (da mídia) em relação ao momento com Felipe Massa, não passou de um mal-entendido:

“Minha largada foi boa, mas talvez pudesse ter sido um pouco mais agressivo. Houve um atraso em desligar as luzes e não pude ter uma boa leitura de como o grid estava. Ainda assim, tive uma boa largada, mas tivemos um forte vento de frente o dia todo e Bottas teve uma forte largada, então não havia nada que eu pudesse fazer. O piloto da Mercedes fez uma grande corrida, dirigiu melhor do que o resto de nós e então merecia vencer. No final, eu tive a sensação de que podia entrar no alcance do DRS e quem sabe levá-lo a um erro. O que aconteceu com Massa foi apenas um mal-entendido, eu não tinha certeza de onde ele estava indo, mas não perdi a corrida naquele momento” – Vettel

O outro piloto da Ferrari, Kimi, achou que o final de semana foi bom em comparação as 3 primeiras etapas:

“No geral, foi um fim de semana bem melhor em comparação com as 3 primeiras corridas. A corrida foi decidida na largada e eu tive uma ruim. Eu pensei que estava perdendo muitas posições, mas eu consegui recuperar e ficar lá. Meu carro esteve bem durante toda a corrida. Tentamos o nosso melhor, mas não havia muito a fazer, eu estava apenas segurando a minha posição. Obviamente estou feliz pelo pódio, mas estou desapontado por perder um lugar na largada. Estou feliz por Valtteri que venceu sua primeira corrida, tenho certeza que ele terá um futuro brilhante” – Kimi

Em um final de semana terrível, Lewis Hamilton parabeniza o companheiro e se contenta com alguns pontos somados:

“Parabéns! Parabéns a Bottas. Fez um trabalho excepcional hoje e realmente mereceu a vitória. Foi veloz o fim de semana inteiro e vem fazendo um ótimo trabalho pela equipe. É um companheiro fantástico e vencer seu primeiro GP é uma sensação incrível. Para mim, foi um fim de semana duro e não fui rápido o suficiente. Nunca tive problemas de arrefecimento como estes, mas isso me tirou da disputa desde o início. Acho que eu tinha ritmo para lutar com Kimi, mas o carro não parava de superaquecer” – Luizinho, ainda vice-líder do mundial

Foto: Sam Bloxham / LAT Images / Fotos Públicas

E aí, no resto do resto, tivemos Max Verstappen, Perez e Ocon, respectivamente em 5º, 6º e 7º lugares:

“A largada foi muito importante e consegui passar Massa e Daniel. Depois fizemos uma prova solitária. Eu podia ver os carros à minha frente abrindo e estava me distanciando dos carros atrás, então só tentei controlar tudo para chegar ao final. Nós maximizamos as oportunidades que tivemos e agora vamos pensar em Barcelona, teremos atualizações e espero que possamos começar a nos envolver na luta pelos primeiros lugares” – Max Verstappen com um solitário 5º lugar

“O 6º lugar é bastante satisfatório, ainda mais com Esteban em 7º. Foi um dia realmente positivo para a equipe. Nós consolidamos nosso quarto lugar no campeonato e eu estou em 7º na classificação dos pilotos. A prova não foi empolgante para mim porque andei sozinho o tempo todo. Assim, não houve batalhas na pista, pude me concentrar em simplesmente controlar minha corrida e garantir os pontos” – Perez, feliz pela colocação no mundial

“É uma ótima sensação chegar em 7º. Estou muito feliz pelo que alcançamos neste fim de semana! Dos mecânicos aos engenheiros, todos fizeram um ótimo trabalho e podemos nos orgulhar. Terminar nos pontos nas 4 primeiras etapas é uma ótima maneira de começar a temporada e o melhor que eu poderia esperar” – Esteban Ocon

O único brazuka do grid, Felipe Massa, mostra desapontamento com o desempenho e os problemas na etapa:

“Estou MUITO desapontado, não tivemos sorte com os pneus. Eu estava cuidando do carro e dos pneus, mantendo as diferenças nos lugares certos e tivemos uma sexta posição ao nosso alcance hoje. É lamentável e doloroso para a equipe que tenhamos perdido bons pontos, mas não podemos fazer nada. Tive uma boa largada e uma primeira volta. Cerca de oito segundos à frente de Perez, nós fomos apenas azarados. Estou muito feliz que Valtteri conseguiu obter a sua primeira vitória. Eu sabia quando ele assinou com a Mercedes que ia fazer um bom trabalho lá, como fez para a nossa equipe” – Felipe Massa que foi apenas 9º colocado

Já Daniel Ricciardo e Fernando Alonso estão longe das comemorações:

“É difícil e frustrante, todos os finais de semana é a mesma coisa! O meu motor não tinha a potência habitual durante a volta de formação, por isso o meu engenheiro me disse para mudar algumas configurações no volante. Infelizmente isso não funcionou e no final da volta o motor foi desligado. A minha corrida terminou antes de começar. Não poder participar hoje e não ser capaz de terminar qualquer corrida até agora nesta temporada é extremamente duro. Mas a Fórmula 1 é a minha vida, por isso espero que possamos melhorar a situação em breve” – Fernando Alonso que nem largou devido problemas no motor da sua McLaren

“A largada pareceu muito boa, mas os pilotos à frente me seguraram e acabei perdendo o time. Fiquei um pouco sem defesa na linha externa e perdi posições, mas parecia que seria uma boa batalha. Após o safety car, olhei no meu retrovisor para ver onde estava a Force India e notei que o freio traseiro direito estava pegando fogo. Informei a equipe e eles me disseram para levar o carro de volta aos pits. Infelizmente, o problema não pôde ser resolvido e tive de abandonar” – Daniel Ricciardo que não completou a prova devido problemas nos freios da sua Red Bull

Vamos então aguardar a etapa de Barcelona em 14 de maio! O campeonato agora fica interessante com Vettel abrindo 13 pontos para Hamilton e a chegada de Bottas, com apenas 10 pontos de diferença para o companheiro. Se não viu ainda, acesse o RESULTADO FINAL do GP da Rússia de 2017!