Início Moto GP MotoGP 2017 – Começam as estratégias

MotoGP 2017 – Começam as estratégias

39

 2 min de leitura

Fonte: twitter motogp

Começamos 2017. Nova era na MotoGP. Acompanhando as primeiras entrevistas de Andrea Dovizioso nos vários sites de velocidade percebi uma certa tentativa de dissimulação sobre as perspectivas do ano.

Dovi considera que Viñales foi privilegiado por ocupar uma moto muito forte e ajustada, com a qual Jorge Lorenzo já foi campeão mundial.

Em contrapartida estima que seu novo companhiro de equipe, JL99 terá que aprender muito com a nova moto.

Ao comentar sobre Ianonne, lembra que a Suzuki estava em franca evolução e que o conjunto homem-máquina dará trabalho.

Até aí ia tudo bem, mas ao relacionar Márquez e Rossi como postulantes ao título, posicionando Viñales como terceira força, pode ter dado um tiro no pé. Deixou Lorenzo de fora da briga pelo campeonato.

A opinião deste torcedor é a seguinte: cutucou a fera com vara curta. Lorenzo de bobo não tem nada, que o diga Rossi. Nem de longe passou por sua cabeça ser mero coadjuvante na temporada. Acredito mais, que JL99 irá aproveitar toda a potência de sua Ducati, ajudando os engenheiros a torná-la imbatível também em circuitos travados.

Sempre espero que meu sentimento esteja errado. Torço realmente para que Dovizioso com toda sua experiência fique a frente de Lorenzo até que o espanhol se encontre com a bike, mas tenho a impressão que AD04 está blefando. Será que nos primeiros treinos de Lorenzo percebeu que o buraco é mais embaixo?

Só para constar: continuo torcendo para Vale46 conquistar o 10° campeonato de motovelocidade. Vai que seja nesse ano?