Início SuperBike Brasil SUPERBIKE BRASIL – Faustino é o campeão da SBK Brasil, confira o...

SUPERBIKE BRASIL – Faustino é o campeão da SBK Brasil, confira o resumo da temporada – 2016

97

 5 min de leitura

Faustino, consolidou hoje, no templo do automobilismo brasileiro, o grande autódromo de Interlagos o seu terceiro titulo na SBK Brasil. Alguns meses atrás conversei com o londrinense, antes de acompanharem o resumo da temporada 2016, confiram como foi nosso Bate Papo nas Pistas, ficou show!!!

Faustino e sua equipe em Interlagos.
Faustino e sua equipe em Interlagos.

Após um espetáculo em São Paulo, com direito a Alex Barros novamente no pódio, encerrando a temporada 2016 da categoria, mostro a vocês foram as etapas da SBK Brasil.

1ª Etapa: Interlagos – A disputa mais acirrada do campeonato.

Logo na 1ª etapa, realizada em Interlagos, tivemos uma disputa que foi bastante quente, Faustino, Zerbo, Gutierrez e Lewis brigaram pela vitória até os últimos segundos. Na corrida os quatro pilotos revezaram posições e a definição saiu apenas na volta final. Lewis conseguiu assumir a ponta e ficar com a vitória. Faustino faturou a vice-liderança e Zerbo, o terceiro lugar.

2ª Etapa: Interlagos – Lewis venceu com folga.

Lewis manteve o bom desempenho e, desta vez, venceu a prova com bastante folga – colocando quase 10 segundos de vantagem para o segundo colocado. Enquanto isso, Maico “Cachorrão” garantiu o segundo lugar, com Gutierrez em terceiro, Zerbo em quarto e Faustino completou o pódio com o quinto lugar.

3ª Etapa: Interlagos – A corrida das reviravoltas.

O atual campeão mantinha a liderança da corrida e buscava sua primeira vitória na temporada. Porém, na última volta, o argentino Solorza forçou uma ultrapassagem malsucedida e os dois acabaram indo parar no chão. Assim, a vitória caiu de bandeja para Lewis, que manteve o 100% de aproveitamento no campeonato. Cachorrão ficou com a segunda posição, seguido por Maico fechou o top-3.

4ª Etapa: Interlagos – Faustino foi insuperável.

O piloto largou dos boxes e iniciou sua escalada por posições. Na reta final, e na última volta, o londrinense de forma heroica conseguiu a ultrapassar o então líder, Lewis, recebendo a bandeirada em primeiro por apenas quatro centésimos de vantagem. Lewis ficou com a segunda posição, seguido por Cachorrão em terceiro, Wesley em quarto e Pretel em quinto.

5ª Etapa: Interlagos – Faustino incontestável, porém dessa vez foi no molhado!

Interlagos, é sinônimo de qual clima? Chuva? Acertou!! Em sua primeira prova com chuva na temporada, Faustino de cara já disparou e ampliou sua vantagem – colocou mais de 8 segundos de vantagem NO MOLHADO – até receber a bandeirada em primeiro. Cachorrão faturou o segundo lugar, com Maico Teixeira em terceiro.

6ª Etapa: Curitiba – Pierliugi surge, e incomoda.

O mito argentino, e ídolo dos Hermanos, foi o grande nome da sexta etapa da SuperBike em Curitiba. Pierliugi entrou no meio do campeonato disputando o campeonato pela equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing. PORÉM, Diego não queria saber de nada, e interferiu diretamente na disputa do título, que vinha sendo travada por Lewis e Faustino.

Pierluigi assumiu a ponta ainda nas primeiras voltas e em seguida começou a abrir vantagem até receber a bandeirada em primeiro. Enquanto isso, Faustino, que vinha em segundo, sofreu uma queda na parte final da corrida e ficou apenas com a nona posição. Lewis, que poderia com isso ampliar ainda mais sua vantagem, foi somente o quinto.

7ª Etapa: Londrina – Pierluigi x Faustino: O argentino leva a melhor!

Arquibancada lotada, céu azul, recorde da pista sendo batido como se fosse algo simples, bom assim foi em Londrina. Marcada pela intensa disputa entre Pierluigi e Faustino, o londrinense corria em casa, e tinha todo apoio da torcida, já o argentino tinha todo carinho dos fãs que também o admiravam.

Faustino vinha na ponta com o argentino logo atrás, que estudava a melhor forma de tomar a posição, o que se repetiu até a penúltima volta quando, enfim, Pierluigi realizou uma manobra arrojada e assumiu a liderança, logo após o londrinense tentou dar o troco, os dois quase foram para o chão. Realmente era o dia do argentino, Faustino ficou apenas como o segundo lugar, Lewis, foi o terceiro, seguido por Wesley Gutierrez em quarto e Maico Teixeira em quinto.

8ª Etapa: Goiânia – O domino continua!

Penúltima etapa da temporada, e primeira corrida dupla da temporada, nada melhor que estrear esse novo método na chuva não é mesmo?

Primeira bateria: Pierliugi, voa, MAS!! Não foi na pista e sim no chão. O argentino sofreu uma grave queda nos treinos que antecediam a prova. Com o joelho parecendo uma bola de futebol, e debaixo de muita chuva ele acelerou forte e venceu com folga a primeira da rodada dupla, fechando três seguidas na temporada. Seu conterrâneo Solorza garantiu a segunda colocação após realizar uma grande prova e ganhar diversas posições.

Segunda bateria: Solorza fez novamente uma grande corrida e venceu a segunda bateria, Wesley Gutierrez da Kawasaki não conseguiu impedir a ultrapassagem do argentino e ficou em segundo. Diego Faustino fechou a terceira.

9ª Etapa: Interlagos – Faustino se consagra campeão.

Primeira bateria: Diego Faustino largou na segunda marca e desde o início da prova travou um embate intenso com Alex Barros da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, e com Danilo Lewis seu adversário direto pelo título. Faustino acabou sendo ultrapassado por Barros e neste momento passou a perseguir os dois ponteiros.

Na quarta volta, o atual campeão da SuperBike já havia conseguido assumir a dianteira, o que logo depois quase saiu muito caro. Faustino perdeu de leve a traseira da sua moto e quase tomou um high side. Faustino recebeu a bandeirada em primeiro, menos de dois décimos à frente de Alex Barros.

Segunda bateria: Alex Barros da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, foi o vencedor da segunda bateria da etapa final da SuperBike. O maior representante da motovelocidade brasileira fez uma excelente prova, largou da terceira posição e já na primeira curva assumiu a vice-liderança da corrida.

Na segunda volta da prova marcou o desfecho do campeonato. Lewis que vinha na disputa do título, teve problemas mecânicos com sua moto e abandonou a corrida. Com isso, Faustino garantiu o tricampeonato da SuperBike antes mesma da prova acabar.

No Bate Papo nas Pistas dessa semana apresento a vocês, o argentino que deu MUITA dor de cabeça para o Faustino na temporada, Diego Pierliugi.