Início Stock Car STOCK CAR – Resultado Final – Etapa Cascavel/PR – Deu Cacá e...

STOCK CAR – Resultado Final – Etapa Cascavel/PR – Deu Cacá e Barrichello – 2016

190

 6 min de leitura

E em uma etapa para nunca esquecer, a 6º etapa da Stock Car em Cascavel/PR neste domingo (17/07) foi fantástica e muito, mas muito emocionante nas 2 corridas do dia! Cacá Bueno mostrou que ainda é grande na categoria vencendo a corrida #1 e Rubens Barrichello, largando em 17º na corrida #2, venceu a prova em chegada sensacional, lado a lado com Allam Khodair.

CORRIDA #1

Foto: Fernanda Freixosa / Fotos Públicas
Foto: Fernanda Freixosa / Fotos Públicas

Em uma prova fantástica, principalmente pelo lindo duelo entre o pole position (Cacá Bueno) e o atual campeão (Marcos Gomes), o piloto da Red Bull venceu e mostrou que não é pentacampeão por acaso (mesmo que eu não concorde com algumas atitudes do piloto). Cacá se manteve na ponta até que foi alcançado por Gomes e assim o público pode presenciar um duelo pra lá de épico entre os dois e uma alternância enorme da liderança da prova! Infelizmente o carro da CIMED deixou Marquinhos na mão com uma quebra de suspensão e não permitiu que o piloto terminasse a prova e permitisse que Cacá subisse ao local mais alto do pódio. Quem também aproveitou a oportunidade e mostrou que não está para brincadeira, foi Ricardo Zonta! O curitibano largou em 6º, pulou para 2º na largada e depois de algumas trocas de posições, terminou em 2º, seguido de Diego Nunes que também fez etapa impecável!

Vitor Genz, que já havia feito um treino classificatório brilhante, chegou em 4º e seguido de Max Wilson. Valdeno também correu bem e terminou em sexto, atrás dele tivemos Rafael Suzuki em 7º lugar. Mas o show mesmo da prova foi Felipe Fraga que largou em 27º e ainda chegou em 8º lugar! No finalzinho da prova Jimenez ultrapassou Serrinha e terminou em 9º. Daniel Serra fechou o TOP 10 e largou na pole na Corrida #2.

Rubens Barrichello que largou em 5º acabou caindo para 24º na largada. Se recuperou um pouco e terminou a prova em 17º.

RESULTADO FINAL DA CORRIDA #1

1º – #0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – 43 voltas
2º – #10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 1s221
3º – #70 Diego Nunes (União Química Racing) – a 2s336
4º – #46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) a 3s617
5º – #65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 6s548
6º – #77 Valdeno Brito (TMG Racing) – a 12s969
7º – #8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – a 21s465
8º – #88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – a 25s529
9º – #73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 27s914
10º – #29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 29s107
11º – #63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – a 33s889
12º – #9 Guga Lima (TMG Racing) – a 35s528
13º – #26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 36s051
14º – #56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) – a 36s591
15º – #21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 56s669
16º – #74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – a 57s086
17º – #111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 1 voltas
18º – #18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 1 voltas
19º – #90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 1 voltas
20º – #110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 1 voltas
21º – #28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 1 voltas
22º – #66 Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) – a 1 voltas
23º – #3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 2 voltas
24º – #51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 7 voltas
25º – #80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 10 voltas
26º – #5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 23 voltas
27º – #4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – a 30 voltas
28º – #12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – a 36 voltas
29º – #11 Cesar Ramos (RZ Motorsport) – a 41 voltas
30º – #83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – NC

CORRIDA #2

Foto: Fernanda Freoxosa / Vicar / Fotos Públicas
Foto: Fernanda Freoxosa / Vicar / Fotos Públicas

Com a largada invertida entre os 10 primeiros da Corrida #1, o pole position foi Daniel Serra, seguido de Jimenez, Fraga, Suzuki, Valdeno, Max Wilson, Genz, Diego Nunes, Ricardo Zonta e Cacá Bueno. Rubinho largou em 17º.

Mas quem tinha realmente vantagem para a prova #2 eram Thiago Camilo largando em 15º, Rubens Barrichello (17º) e Allam Khodair (18º). Os 3 já haviam feitos suas paradas na corrida #1. Todos os outros pilotos à frente teriam que parar obrigatoriamente.

Na sexta volta, quando Sergio Jimenez entrou para os boxes e anda com o abandono de Átila Abreu, Thiago Camilo assumiu a liderança e partiu para a vitória. Atrás vinha Khodair, que segurava a pressão de seu companheiro de equipe, Rubens Barrichello. Naquele momento não havia dúvida, a vitória estaria com um dos 3. Claro, caso nada de estranho acontecesse!

E adivinha! SIM… SIM… algo aconteceu! Thiago Camilo a poucas curvas da linha de chega teve pane no carro e permitiu que Allam assumisse a ponta, seguido de perto por Barrichello! Então estava fácil, Khodair tinha a vitória nas mãos! Não… engano seu, engano nosso! Rubinho mostrou o motivo pelo qual é campeão da Stock Car (2014) e em uma chegada ELETRIZANTE, ultrapassa o companheiro na linha de chegada, conquistando mais uma vitória na categoria! Rubinho ficou apenas 0s081 à frente de Khodair. Fechando o pódio tivemos Júlio Campos.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Segundo Allam, o carro perdeu um pouco de potência na reta final devido falta de combustível. Em quarto ainda chegou Marcos Gomes e somou pontos importantes na briga pelo campeonato.

Felipe Guimarães ficou em 5º, seguido de Galid Osman, Valdeno Brito e Max Wilson que definitivamente entra na briga pelo título. Felipe Fraga, que apesar de um final de semana complicado, chegou em 9º e se manteve na liderança do campeonato. Ricardo Zonta fechou o TOP 10. O coitado do Thiago Camilo acabou apenas em 11º. Força Camilo, Força!

Fraga agora tem 133 pontos e abriu 21 pontos para Marcos Gomes (112). Max Wilson está em 3º com 110 e os pilotos da Red Bull dividem o 4º lugar com 101 pontos.

RESULTADO FINAL DA CORRIDA #2

1º – #111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 28 voltas
2º – #18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 0s061
3º – #4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – a 4s080
4º – #80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 11s872
5º – #66 Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) – a 23s160
6º – #28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 34s757
7º – #77 Valdeno Brito (TMG Racing) – a 42s569
8º – #65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 44s436
9º – #88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – a 46s943
10º – #10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 01:09s7
11º – #21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 1 voltas
12º – #90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 1 volta
13º – #0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 1 volta
14º – #8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – a 1 volta
15º – #56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) – a 1 volta
16º – #9 Guga Lima (TMG Racing) – a 1 volta
17º – #26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 1 volta
18º – #46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 1 volta
19º – #73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 2 voltas
20º – #12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – a 7 voltas
21º – #29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 7 voltas
22º – #110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 13 voltas
23º – #5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 14 voltas
24º – #83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – a 14 voltas
25º – #70 Diego Nunes (União Química Racing) – a 16 voltas
26º – #74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – a 17 voltas
27º – #63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – a 22 voltas
28º – #3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 7 voltas
29º – #51 Átila Abreu (Shell Racing) – NC
30º – #11 Cesar Ramos (RZ Motorsport) – NC

PRÓXIMA CORRIDA

INFELIZMENTE, mas INFELIZMENTE MESMO, a Stock Car fará uma LONGA parada devido aos Jogos Olímpicos (Não entendo o que tem uma coisa com a outra). A categoria retornará às pistas na Corrida do Milhão em 11 de setembro e o palco será Interlagos/SP. Veja o calendário completo aqui!

GALERIA DE FOTOS

Aprecie algumas fotos do final de semana em Cascavel! Os clique são de Fernanda Freixosa / Stock Car / Fotos Públicas e Fábio Davini / Vicar / Fotos Públicas.