Início Fórmula Indy FÓRMULA INDY – Resultado Final – Etapa de Pocono – 2015

FÓRMULA INDY – Resultado Final – Etapa de Pocono – 2015

85

 5 min de leitura

Fonte: IndyCar.com
Fonte: IndyCar.com

E além de toda emoção das 500 Milhas de Pocono, pelo Mundial de Fórmula Indy, o que não faltou foram acidentes! E no final a experiência falou mais ALTO! Quem se esquivou e correu com cautela se deu bem, que o diga o MAIS líder que nunca, Juan “Pablito” Montoya – O colombiano largou em 19º e fechou o pódio em Pocono.

Mas entre os diversos acidentes, o mais grave e que ainda requer preocupação é o que envolveu Sage Karam e Justin Wilson. Sage era líder e acabou batendo após perder o controle do carro. Até aí tuuuudo bem, mas infelizmente um pedaço do carro que rolava pela pista bateu na cabeça de Justin que vinha bem atrás. O piloto a princípio perdeu a consciência e bateu forte na barreira de proteção. Após a batida, Karam saiu sozinho do carro e mostrava claramente que sentia dores no corpo. Já Wilson demorou muito para se mover e foi imediatamente levado ao hospital. Ao final da prova Karam também foi levado ao hospital com suspeita de fratura no pé e a direção informou que Justin tem uma lesão na cabeça, grave e está em coma. Que pena minha gente, que pena! ATUALIZAÇÃO em 24/08/15 às 21:30 – JUSTIN NÃO RESISTE AOS FERIMENTOS!

Veja o vídeo do acidente (Via nascarcrashesnmore2 Channel – Youtube):

E aqui um compilado com os demais acidentes (Via nascarcrashesnmore2 Channel – Youtube):

https://www.youtube.com/watch?v=upYAfplOfOU

Outra característica da prova foi a grande quantidade de ultrapassagens e alternâncias de posições. Tivemos inclusive um “7Wide” que apesar de fantástico é extremamente perigoso! E ainda 11 bandeiras amarelas!

11953002_868089106617303_81
Um 7Wide em Pocono – 7 carros lado a lado! Periiiiigo!

E não deu Hélio (P1), nem Graham Rahal e nem Montoya! O dia foi mesmo de Ryan Hunter-Reay! O piloto assumiu a liderança da prova na volta 129 e até o final ficou alternando entre os líderes. Após a última bandeira amarela, a 5 voltas do final tomou a primeira posição de Gabby Charles para não mais perder! Charles liderou toda a bandeira amarela em virtude do acidente de Karam. Ao final Charles teve problema no motor e obrigou a direção de prova finalizar a corrida em bandeira amarela!

Em segundo tivemos Josef Newgarden (CHF) que liderou 55 voltas desde o início da prova. Perdeu a 1ª colocação na volta 55 para Tony Kanaan. O brasileiro bateu sozinho na volta 132 e abandonou a prova. Como eu disse antes, péssima temporada, fria e com um astral muito pesado.

Na sequência, o SHOW do dia! O exemplo vivo de experiência e perseverança! JUAN PABLO MONTOYA! O colombiano que largou em 19º garantiu a terceira colocação fugindo de problemas, acidentes e sendo extremamente cauteloso em suas estratégias! Somou 35 pontos no campeonato e DISPAROU à frente de Graham Rahal. Ainda mais pelo fato de que o piloto da RLL (Rahal) foi ao muro após toque do IRRESPONSÁVEL e INCONSEQUENTE Tristan Vautier na volta 93. Graham desceu do carro soltando os cachorros para cima do piloto francês. Este acidente pode ter decidido o campeonato! Sobre o acidente, Tristan falou à TV: “Sinto que merecia um pouco de espaço. Obviamente, me sinto mal, se trata de alguém brigando pelo campeonato pela Honda”. Já Rahal reforça que nada está decidido: “Aceito o caminho difícil e digo que esse campeonato ainda não terminou, e eu não vou parar de lutar até a última volta em Sonoma”.

Foto: Momento do acidente entre Rahal e Tristan. Fonte: Reprodução Twitter
Foto: Momento do acidente entre Rahal e Tristan. Fonte: Reprodução Twitter

Montoya fala um pouco sobre o resultado:

“Nós fizemos tudo certo e tivemos inteligência o tempo todo para não nos envolvermos nas confusões. Eu até acho que tínhamos carro para vencer a prova, mas o risco não compensava de jeito nenhum. Fizemos exatamente o que era necessário”.

Em 4ª lugar tivemos o rei das poles, Will Power em prova de constância e sorte ao se recuperar da rodada nos boxes em seu 3º pit-stop. Na cola de Power tivemos o grande Carlos Muñoz, seguido de Takuma Sato que chegou a disputar a ponta da prova no final. Em 7º tivemos Pagenaud, 8º Ryan Briscoe, em nono Scott Dixon e fechando do top10, James Jakes.

O outro brasileiro e POLE POSITION, Hélio Castroneves acabou sofrendo acidente faltando 34 voltas para o final! Uma pena! O piloto agora está em 5º lugar no mundial com 423 pontos – ainda tem chance, mas é praticamente impossível conquistar o título.

RESULTADO FINAL:

1º – #28 – RYAN HUNTER-REAY – EUA – ANDRETTI – 200 voltas
2º – #67 – JOSEF NEWGARDEN – EUA – CFH / +0.105
3º – #2 – JUAN PABLO MONTOYA – COL – PENSKE / +0.570
4º – #1 – WILL POWER – AUS – PENSKE / +1.471
5º – #26 – CARLOS MUÑOZ – COL – ANDRETTI / +2.000
6º – #14 – TAKUMA SATO – JAP – FOYT / +3.517
7º – #22 – SIMON PAGENAUD – FRA – PENSKE / +4.503
8º – #5 – RYAN BRISCOE – AUS – SCHMIDT PETERSON / +4.800
9º – #9 – SCOTT DIXON – NZL – GANASSI / +5.686
10º – #7 – JAMES JAKES – ING – SCHMIDT PETERSON / +6.299
11º – #98 – GABBY CHAVES – COL – BRYAN HERTA / +3 voltas – Não completou
12º – #83 – CHARLIE KIMBALL – EUA – GANASSI / +7 voltas – Não completou
13º – #18 – PIPPA MANN – ING – DALE COYNE / +15 voltas – Não completou
14º – #8 – SAGE KARAM – EUA – GANASSI / +21 voltas – Não completou
15º – #25 – JUSTIN WILSON – ING – ANDRETTI / +21 voltas – Não completou
16º – #3 – HELIO CASTRONEVES – BRA – PENSKE / +34 voltas – Não completou
17º – #20 – ED CARPENTER – EUA – CFH / +44 voltas – Não completou
18º – #27 – MARCO ANDRETTI – EUA – ANDRETTI / +62 voltas – Não completou
19º – #10 – TONY KANAAN – BRA – GANASSI / +69 voltas – Não completou
20º – #15 – GRAHAM RAHAL – EUA – RLL / +108 voltas – Não completou
21º – #19 – TRISTAN VAUTIER – FRA – DALE COYNE / +108 voltas – Não completou
22º – #41 – JACK HAWKSWORTH – ING – FOYT / +118 voltas – Não completou
23º – #11 – SÉBASTIEN BOURDAIS – FRA – KV / +164 voltas – Não completou
24º – #4 – STEFANO COLETTI – MCO – KV / +181 voltas – Não completou

Classificação do mundial (TOP-10) a uma etapa do fim:

1º JUAN PABLO MONTOYA – 500 pontos
2º GRAHAM RAHAL – 466
3º SCOTT DIXON – 453
4º WILL POWER – 439
5º HELIO CASTRONEVES – 423
6º JOSEF NEWGARDEN – 413
7º MARCO ANDRETTI – 390
8º SÉBASTIEN BOURDAIS – 386
9º TONY KANAAN – 366
10º SIMON PAGENAUD – 356

VEJA O VÍDEO (Oficial) com os melhore momentos:

PRÓXIMA E ÚLTIMA ETAPA

E a próxima etapa será em SONOMA (Circuito Misto) e tem a importância por ser a última etapa da temporada 2015. A pontuação será em DOBRO e cada milésimo torna-se primordial. Veja calendário COMPLETO!

FOTOS DO FINAL DE SEMANA

[Best_Wordpress_Gallery id=”22″ gal_title=”FÓRMULA INDY – Etapa de Pocono 2015″]

NOTÍCIAS RELACIONADAS