Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – Novela – Red Bull realmente sairá da F1? Ela...

FÓRMULA 1 – Novela – Red Bull realmente sairá da F1? Ela tem razão?

43

 3 min de leitura

Foto: Mark Thompson/ Red Bull Content Pool / Fotos Públicas
Foto: Mark Thompson/ Red Bull Content Pool / Fotos Públicas

Mesmo achando que a questão da Reb Bull com a F1 seja coisa de criança mimada que fez a festa durante 4 anos e não conseguiu o mesmo feito nos últimos 2, dá para entender a situação!

A parada se resume em BUSINESS, nada mais que isso! Existe algum inocente ainda achando que Fórmula 1 é fomentar esporte, promover emoção? NÃO, simplesmente NÃO! É negócio e nesse mundo de negócios o ROI1 defini tudo! A Red Bull está vendo que com a atual situação da categoria, baixa audiência em nível mundial, o retorno sobre o marketing e a fortuna colocada nas equipes não volta em forma de consumo e brand equity2. Por curiosidade, você sabia que o Brasil é um dos poucos países que ainda passa F1 ao vivo e de “graça” (TV Globo)? E que mesmo com a queda de audiência nos últimos anos ainda é o maior consumidor da categoria com 77 milhões de telespectadores? Pois é, até na Europa as emissoras não dão toda atenção à categoria. E por exemplo na França, situação mais complicada, a perda foi significativa! Caindo de 27 milhões em 2012 para 10 milhões em 2013, graças à mudança das transmissões para um canal pago. O motivo? O mesmo que levou a Alemanha se retirar do calendário, perspectiva e praticamente GARANTIA de BAIXO público! Na TV alemã não tem sido diferente!

No título de Vettel em 2013, 450 milhões assistiram, 50 milhões a menos que 2012. Para piorar, em seus estudos, a FOM (Fórmula One Management) indica que o motivo da diminuição de audiência (TV e PISTA) se deu em 2012 e 2013 devido o domínio TOTAL da RBR e seu menino Vettel. E agora Juvenal? Quer dizer… e aí Horner? Em teoria o que acontece hoje é consequência do seu próprio domínio! E chega 2014, agora 2015 e a situação é quase a mesma, só que em outra equipe – a Mercedes. Campeã ano passado e mais uma vez será campeã em 2015! 2016? 2017? 2018?

“De acordo com nossas pesquisas, o declínio da audiência na TV em 2014 foi de 26%. Então, se isso continuar acontecendo e as regras continuarem as mesmas, então teremos de perguntar: qual é o valor esportivo e comercial da Fórmula 1?”, questionou o consultor da Red Bull, Helmut Marko, à Speed Week.

No ponto de vista da RBR, o KERS deveria ser padronizado e a potência do motor liberado até 1000cv. Itens que foram muito bem desenvolvidos pela Mercedes e que as demais estão atrás. Me parece a briga de todos contra a suspensão ativa da Williams nos anos de Ouro da equipe! Só que para que tudo isso mude, todas as outras equipe deve concordar e os chefões da F1 escutarem! E então, sejamos sensatos… a Mercedes vai querer mudar alguma coisa? Ha Ha Ha!

E como Marko tem a garantia de que o time de Hamilton/Rosberg não irá concordar, dá uma cutucada:

“Só quando ninguém mais assistir à Fórmula 1 eles vão questionar o valor de suas vitórias. Precisamos de uma liderança que possa forçar as decisões, como acontecia na época em que o presidente da Federação Internacional de Automobilismo era Max Mosley.” – Disse Marko.

Como na época de Mosley, a RBR mandava e desmandava e o domínio era total, o atual presidente Jean Todt não é bem visto pela equipe do energético mais famoso!

E então, a RBR fez um monte de continha e chegou à conclusão de que estar na F1 não vale a pena, o custo/benefício não é mais favorável! MAS, claro, se mudarem as regras e nossos carros começarem a ganhar novamente como no período 2010-2013, aí a gente refaz as contas e deve valer a pena brincar mais um pouquinho! Parece pía/guri/muleque dono de bola de futebol que se ficar no banco de reserva, pega a bola e vai embora! O fato é que com uma possível saída da RBR a Fórmula 1 se define claramente para um caminho sombrio (mais sombrio)! E a perspectiva? Hummmm, ao meu ver ZERO! Nem Jean Todt (Presidente da FIA) e nem o nosso “amado” Bernie estão aparentemente preocupados e se estão, nada tem sido feito para contornar a situação!

Vamos aguardar e pagar para ver se é apenas um BLEFE da RBR ou realmente fizeram as contas e a decisão está baseada em BUSINESS! E ainda, o que os “donos” da F1 farão? Hoje é a RBR gritando e amanhã? Quem será o próximo? Vilão ou vítima?

Para descontrair um pouco:

Christian-Horner-Red-Bull-Racing-RBR2

  1. Retorno do investimento
  2. O valor monetário da marca e assim aumentar o valor da empresa em si