Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – Williams anuncia Latifi no lugar de Kubica para 2020

FÓRMULA 1 – Williams anuncia Latifi no lugar de Kubica para 2020

157
(Foto: reprodução twitter oficial @NicholasLatifi)

A escuderia inglesa contratou o piloto de Fórmula 2 para preencher a vaga de Robert Kubica, que deixará a Williams depois da corrida em Abu Dhabi. A equipe foi a última a fechar o line-up para 2020.

A escolha de Nicholas Latifi já era esperada. O canadense participou de alguns Treinos Livres 1 desde o GP do Canadá, bem antes do anúncio de Kubica. Atualmente, o piloto de apenas 24 anos está para se tornar vice-campeão na F2, atrás de Nick De Vries, que já se tornou campeão antes da última etapa da temporada.

Ano que vem, será a estréia de Latifi na F1, que vai pilotar ao lado de George Russell, que completará seu segundo ano na equipe. O estreante já foi piloto de testes da Renault e chegou a ser reserva da Force India.

Nicholas em entrevista, comentou sua promoção ao grau mais alto do automobilismo:

Estou emocionado por me apresentar como piloto de corrida para 2020. Gostei muito de trabalhar com a equipe este ano, apoiando-a no desenvolvimento do carro e ajudando onde quer que eu podia andar na pista e na fábrica. Estou ansioso pela jornada à frente com a equipe e estou animado para fazer minha estréia na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Austrália em 2020.”

A vice-diretora da escuderia inglesa, Claire Williams, afirmou: “Todos nós da Williams ficamos imensamente impressionados com o que ele conseguiu este ano na Fórmula 2, junto com seu compromisso com a equipe e com o trabalho que ele colocou nos bastidores. Nicholas tornou-se um membro estabelecido e respeitado na Williams, e estamos ansiosos para que ele adquira esse novo papel, enquanto procuramos lutar para voltar ao meio-campo.”

(Foto: reprodução twitter oficial @NicholasLatifi)

A Williams busca voltar a batalhar com as adversárias do meio-campo, como a Renault, a Toro Rosso e a Racing Point. Ano passado, perderam o patrocínio de Lawrence Stroll, que comprou a Force India e decidiu abandonar a escuderia de Frank Williams, pela falta de resultado. Na temporada atual, apenas 1 ponto foi conquistado pela equipe, através de Robert Kubica.

A última vez que tiveram um carro competitivo, foi em 2017, quando Felipe Massa (em seu ano de despedida da categoria) levou a Williams nas costas e a fez terminar em 5º lugar no campeonato de construtores.

Oficialmente, Nico Hulkenberg está fora do grid de 2020 e corre um sério risco de não voltar a correr na Fórmula 1. Além do fato das equipes preferirem jovens (a nova geração), o alemão em 178 corridas na carreira, não pisou nenhuma vez no pódio. Nico é o corredor com mais corridas sem finalizar entre os top 3 da história.

(Nico Hulkenberg. / Foto: reprodução twitter oficial @RenaultF1Team)

Embora Latifi seja um piloto com um desempenho considerável, a Williams tem um desafio nas mãos: tornar o carro competitivo para o próximo ano.