Início Destaque FÓRMULA-E – Resultado Final – Corrida 2 – ePrix da Arábia Saudita...

FÓRMULA-E – Resultado Final – Corrida 2 – ePrix da Arábia Saudita – 2019/2020

311
Foto: Fia Fórmula-E Oficial

E tivemos neste sábado (23/11/2019) o complemento da rodada dupla da Arábia Saudita com a 2ª etapa da temporada da Fórmula-E 2019/2020! Pole position foi Alexander Sims novamente, seguido de Buemi e Lucas di Grassi. Massa em 15º e o bicampeão, Vergne em último graças a punição pela troca do sistema de bateria – Inicio complicado de temporada para o bicampeão.

Mas quanto a prova, largada tranquila – Jerome d’Ambrosio fica parado no grid antes da formação de largada, Sims dispara na ponta, seguido do Buemi e Di Grassi. Massa fecha a 1 volta em 13º. Vergne, em dramática estreia de temporada, cumpre mais uma punição punição na segunda volta.

Faltando 36 minutos de prova, Felix da Costa parte definitivamente para o ataque em Di Grassi e toma a sua 3 posição. Mesmo momento em que Bird toma a posição de Evans e parte para também cima do brasileiro. Buemi acaba tocado por Felix da Costa e roda. No retorno a pista atrapalha muita gente, causando confusão. Com isso Felix assume o P2 e Di Grassi recupera o P3 inicial.

Minutos depois, o TOP 10 era composto por Sims, Felix, Di Grassi, Bird, Evans, Mortara, Guenther, Vandoorne, Wehrlein e Lotterer. Massa era 12. Buemi caindo para 14. Logo em seguida, confusão nas tentativas de Bird e Evans para cima de Di Grassi, toque entre Bird e Evans. Bird, leva outro toque na traseira em seguida e acaba no muro. Evans parte para os boxes, abandonando também. Bandeira amarela e safety-car – primeira do dia!

Relargada com classificação alterada: Sims ainda líder, Felix, Di Grassi, Vandoorne, Guenther, Mortara, Frijns, Lotterer, Wehrlein e Massa bo TOP10. Di Grassi ativa o modo ataque e acaba perdendo a posição para Guenther. Massa assume a 9 posição. Voltas depois Di Grassi recupera a posicão. Momento em que Felix é punido com drive-thru pelo toque em Buemi. O piloto cai para 21 e Di Grassi assume o P2. Momento em que Frijns roda sozinho e fica no muro e mais uma vez, safety car. Com isso Massa passa a 7º. Vergne em 17º.

Organização anuncia e para variar, Massa punido. Relargada faltando 10 minutos… mas… mas… em uma situação insana, organização reativa bandeira amarela em todo circuito, pois ainda estava sendo retirado o carro de Frijns (uma demora absurda).

Pista liberada, Di Grassi vai ao modo ataque, em momento complicado e perde posições para Guenther e Vandoorne. Mas parte para cima, para recuperar – alguns minutos depois – a 3 posição. Evans punido pelo toque em Bird, recebe drive-thru, retorna apenas em 21. Massa em 16º, mas novamente investigado pela organização, agora por ultrapassar limite de velocidade nos boxes. 0_o

Fim de prova! Dobradinha da BMW com Sims e Guenther, sensacional. Di Grassi fecha o pódio. Vandorne e Mortara (companheiro de Massa) fecham o TOP5. E falando em Massa, punido, chegou a figurar no TOP10, mas termina mesmo em 20º. Destaque para a 7ª posição de De Vries, estreante da Mercedes. Loterrer punido ao final da prova e perde a 6ª colocação conquistada em pista. Vergne, com todas as confusões na etapa, termina ainda em um comemorável 11º lugar!

VEJA TAMBÉM: Galeria de fotos da etapa e entrevista com Lucas di Grassi!

Vamos para a próxima, mas apenas em 2020: 3ª ETAPA – ePrix do Chile – 18/01/2020. Calendário COMPLETO aqui!

RESULTADO FINAL – CORRIDA #2

ATUALIZAÇÃO: Desculpem o desabafo, mas é por isso que é tão complicado cobrir as provas da Fórmula-E! Após 5 temporadas de experiências e aprendizados, ainda é MUITO comum essa logística TERRÍVEL de punições! Além de punições que não acabam nunca, levam 4 horas para liberar um resultado OFICIAL – e que as vezes ainda sofre mudanças em seguida! Uma pena!

Mas falando sobre a etapa de hoje, nada de dobradinha da BMW! Guenther foi punido por ultrapassagens em safety-car! De Vries punido em 24 segundos e Turvey desclassificado por exceder limites de potência!

Com isso, Di Grassi fica com a 2ª posição e Vandoorne fecha o pódio! A nova (e por enquanto) classificação da prova é:

1º – Alexander Sims (BMW)
2º – Lucas di Grassi (Audi)
3º – Vandoorne (Mercedes)
4º – Edoardo Mortara (Venturi)
5º – Oliver Rowland (Nissan)
6º – Daniel Abt (Audi)
7º – James Calado (Jaguar)
8º – Jean-Éric Vergne (Techeetah)
9º – Brendon Hartley (Dragon)
10º – Felix da Costa (Techeetah)
11º – Max Guenther (BMW)
12º – Sébastien Buemi (Nissan)
13º – Neel Jani (Porsche)
14º – André Lotterer (Porsche)
15º – Pascal Wehrlein (Mahindra)
16º – Nyck de Vries (Mercedes)
17º – Mitch Evans (Jaguar)
18º – Felipe Massa (Venturi)
19º – Ma Qing Hua (NIO)
DESCLASSIFICADO – Oliver Turvey (NIO)
ABANDONOU – Nico Müller (Dragon)
ABANDONOU – Robin Frijns (Virgin)
ABANDONOU – Sam Bird (Virgin)
NÃO LARGOU – D’Ambrosio (Mahindra)

VEJA TAMBÉM
SIGA A GENTE