Início Destaque FÓRMULA-E – Resultado Final – ePrix de Berlim – 2018/2019

FÓRMULA-E – Resultado Final – ePrix de Berlim – 2018/2019

507
Créditos: Instagram/lucasdigrassi

Com a vitória do brasileiro Lucas Di Grassi na Alemanha, a temporada 2018/2019 da Fórmula E se encaminha para um duelo entre Di Grassi e Vergne, os dois pilotos que venceram duas provas até o momento.

A CORRIDA

Os 22 pilotos largaram muito e Buemi, Vandoorne e Di Grassi mantiveram suas posições conquistadas na qualificação. Felipe Massa que largou na p19 ganhou uma posição.

Já na segunda volta, Di Grassi passa Vandoorne e na sequencia Buemi. Massa passa Evans e assume p17. Paffett que largou na p4 é ultrapassado por Lynn, Abt e Félix da Costa. Faltavam 37 minutos de prova.

Dois minutos depois, Abt ultrapassa Lynn e assume a p4. Na sequencia é advertido pela direção de prova.

O tempo passa e faltando 30 minutos, o top10 era formado por Di Grassi, Buemi, Vandoorne, Abt, Lynn, Da Costa, Vergne, Paffett, Wehrlein e Rowland, enquanto Massa ocupava a P17.

Na frente, Di Grassi procurava se distanciar de Buemi com 1,1 segundos. O recurso do modo ataque começava a ser uma opção muito importante percorridas 13 voltas.

Com 15 voltas percorridas e faltando 25 minutos, muitos pilotos iniciaram sua passagem pela curva onde se situava o carregador de modo ataque, mas Di Grassi, Buemi e Vandoorne deixaram para mais tarde.

Lembrando que Buemi ganhou o FanBoost e Di Grassi não, o suiço tinha essa vantagem para usar ao final da prova. Ciente desse fato, Di Grassi  a 1.6 segundos abria distância para o segundo colocado.

Faltando 22 minutos tudo muda porque pilotos usavam o modo ataque. Di Grassi, Félix da Costa, Buemi, Vandoorne, Abt, Lynn, Vergne, Paffett, Rowland e Sims no top10.

Finalmente, faltando 21 minutos, Di Grassi carrega o modo ataque para tentar aumentar a distância para Félix da Costa. Com 1.8 segundos de diferença e aumentando. Massa P20. Buemi passa Félix da Costa faltando 17 minutos.

BANDEIRA AMARELA!

Faltando 15 minutos, Alex Lynn roda e fica parado  no meio da pista. Carros mantém suas distâncias o que favorece Di Grassi. Di Grassi mantém a p1, seguido de Buemi e Da Costa. Vergne tinha passado Abt e Vandoorne e assumira a p4. Massa na p19.

Faltando 11 minutos e ainda em bandeira amarela, Lucas aproveita para carregar o modo ataque.

A bandeira verde foi acionada faltando pouco mais de 9 minutos. Lucas acelerou e manteve a distância para briga entre Buemi e Félix da Costa. Na sequência, Vergne passa Da Costa e assume a p3.

Ao entrar nos 4 minutos finais, o consumo de bateria passa a preocupar pilotos e equipes. Vergne tentava de todas as formas se aproximar de Buemi o que ajudava Di Grassi a controlar sua bateria.

No último minuto o top10 era formado por Di Grassi, Buemi, Vergne, Da Costa, Vandoorne, Abt, Sims, Rowland, Bird e Wehrlein. Massa P18.

Última volta aberta por Lucas Di Grassi que também era dono da melhor volta. Buemi e Vergne na sua batalha pela segunda colocação.

Vence Di Grassi e assume a vice liderança do cqampeonato atrás de Vergne. Briga aberta entre os dois pelo título de primeiro Bi Campeão da Fórmula E.

RESULTADO FINAL

Di Grassi, Buemi e Vergne. Da Costa, Vandoorne e Abt. Sims, Rowland e Bird. Wehrlein, Mortara e Evans. Frijns, Gunter e Massa. Paffett, D’Ambrosio e Turvey. Dillman e Lopez. Lotterer e Lynn não terminaram.

Colaboração  de @gilsonrc para o @tomadadetempo.