Início Destaque WSBK / WorldSBK – Mudanças no regulamento, mas resultados continuam os mesmos...

WSBK / WorldSBK – Mudanças no regulamento, mas resultados continuam os mesmos – Holanda – 2019

279
Fonte: Vídeo oficial Eurosport

Depois das 9 vitórias consecutivas de #19 Alvaro Bautista, organização do WorldSBK fez algumas alterações na potencia das motos, especificamente Ducati e Honda. A Ducati V4 de #19 Alvaro Bautista teve seu limite de rotação diminuída em 250rpm, já na Honda aumentada em 500rpm. Confira na tabela abaixo como ficaram as configurações de cada motor:

Lembrando aos nossos leitores que Aprilia, Mv Agusta e Suzuki, não participam do campeonato este ano, mas já tem seus motores homologados. Depois destas mudanças, seguia a pergunta: será que #19 Alvaro Bautista continuaria a dominar o WorldSBK? Para a resposta foi necessário aguardar mais um pouco pois o mau tempo, chuva, granizo e neve fizeram com que a prova fosse cancelada no sábado e adiada para o domingo.

Com a corrida transferida para o Domingo todos estavam ansiosos como as condições da pista, fazia muito frio. Largando da pole #19 Bautista iria tentar defender sua 10ª vitória na temporada e assim bater um recorde, o de piloto que mais venceu em sequencia.

Dada a lagarda #19 Bautista sai na frente, seguido por #28 Reiterberger (BMW Motorrad WorldSBK Team) – vale notar que a cada corrida a BMW vem melhorando – uma das equipes que se espera muito durante a temporada. Em terceiro aparece o piloto local #60 Michael Van der Mark (Pata Yamaha WorldSBK Team) e em seguida #91 Leon Haslan(Kawasaki Racing Team WorldSBK).

Com decorrer da corrida o piloto #28 Reiterberger não consegue segurar a segunda posição e vai para trás no pelotão, #1 Rea que largou na 8ª posição consegue largar bem e alcança o 2º lugar, se mantendo até o final.

Fonte: Vídeo oficial Eurosport

No meio do pelotão a disputa estava por conta de #7 Chaz Davies (ARUBA.IT Racing – Ducati), #66 Tom Sykes(BMWMotorrad WorldSBK Team), #81 Jordi Torres (Pedercini Racing Team) e #54 ToprakRazgatlioglu (TurkishPuccetti Racing). No final da prova #19 Bautista vence sua corrida de número 10 (das 10 corridas disputadas na temporada), se tornando o primeiro piloto a vencer dez corridas na temporada. #1 Rea se mantém no 2º lugar, seguido pelo herói local #60 Van de Mark.

Neste final de semana, em virtude das mudanças de horários, não tivemos a Super Pole Race e fomos direto para a 2ª corrida onde o grid foi o mesmo da primeira corrida.

#1 Rea piloto da Kawasaki que largou na 8ª posição logo na 5ª curva já estava na ponta, deixando #19 Bautista na segunda posição e pressionado pelo piloto da casa #60 Van de Mark. Por seis voltas #1 Rea se manteve a frente, mas #19 Bautista estudou bem e conseguiu a ultrapassagem, #1 Rea tentou acompanhar #19 Bautista mas logo foi ultrapassado por #7 Chaz Davies, mas #1 Rea logo retomou a posição.

Fonte: Vídeo oficial Eurosport

Uma surpresa grata foi por #28 Reiterberger(BMW Motorrad WorldSBK Team) que andou bem nas duas corridas terminando a segunda em 7º. #60 Van de Mark piloto da Yamaha e correndo em casa, estava muito rápido, até mesmo superando o tempo de #19 Alvaro Bautista.

Fonte: Vídeo oficial Eurosport

No final #19 Bautista faturou sua 11ª vitória na temporada, vencendo todas até agora, a segunda posição ficou com #60 Van de Mark e terceiro #1 Rea. No final a diminuição no RPM da Ducati não fez a menor diferença para Bautista. E para as Hondas, os RPM’s adicionais não ajudaram a marca que continua nas últimas posições.

Fonte: Vídeo oficial Eurosport

Próxima etapa acontece na Itália entre os dias 10 e 12 de maio de 2019. Veja o calendário completo!

Me siga também em minhas redes sociais: