Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP do Bahrein – 2019

FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP do Bahrein – 2019

2194
Foto: Twitter Oficial Hamilton

E chegamos à 2ª etapa da temporada 2019 da Fórmula 1! Diretamente do deserto, no Bahrein, Leclerc foi o pole position em dobradinha da Ferrari. Hamilton e Bottas na segunda fila! Na largada, o novato da Ferrari perdeu posições para Vettel e Bottas, mas em apenas 6 voltas consegue recuperar e retoma a liderança! A vitória garantida vira drama com problemas no sistema de recuperação de energia faltando 10 voltas.

Com o erro de Vettel, Hamilton e Bottas recebem no COLO a dobradinha da Mercedes. Com uma bandeira amarela faltando 2 voltas, Leclerc consegue ao menos assegurar o pódio! Em resumo, Leclerc deixou Hamilton 10 segundos atrás, tinha mais de 30 segundos à frente de Bottas. Que continue seguro de seus ideais, o garoto é bom! Vettel termina em 5º, com Max em 4º. Destaque também para Ricciardo e Hulkenberg que estavam conseguindo contornar bem suas posições de largada, mas com PROBLEMAS mecânicos/elétricos AO MESMO tempo, abandonam.

Resultado final:

PROVA EM DETALHES

LARGADA

Largada sem incidentes entre os ponteiros, Leclerc não larga bem, perde a ponta para o companheiro já na primeira curva. Bottas larga melhor que Hamilton, ultrapassa também Leclerc e assume o P2. Hamilton também pressiona Leclerc, mas não consegue tomar a posição.

Foto: Twitter Oficial F1

Volta 2, Leclerc encosta em Bottas e ultrapassa! Hamilton aproveita o embalo e também retoma a posição de Bottas! Final da volta 2: Vettel, Leclerc, Hamilton, Bottas, Max Verstappen, Sainz, Magnussen, Kimi, Ricciardo e Perez. Hulkenberg assume a 11ª posição em largada sensacional!

CORRIDA

Após 5 voltas, Vettel segue na liderança com 1.2seg à frente do companheiro e mais de 3 segundos à frente das Mercedes. Ferrari começa dominando forte a prova. Leclerc faz melhor volta e começa a tirar tempo para Vettel. Ricciardo em recuperação sensacional, assume a 7ª posição com sua Renault!

Leclerc retoma a liderança! Foto: Twitter Oficial F1

Volta 6, Leclerc reduz para 0.500 a diferença para o companheiro, abre asa e literalmente ENGOLE Vettel! Parabéns FERRARI, parabéns por permitir! Assim, Leclerc retoma liderança, Vettel em 2º. Hamilton e Bottas na sequência. Diferença de Leclerc para Vettel já era mais de 1.5seg na volta seguinte! Hamilton começa a tirar diferença para Vettel na disputa pela 2ª colocação. Sainz, na disputa com Max Verstappen, danifica bico dianteiro e complica a sua corrida! E olha, pelo visto, Red Bull ficará para disputar o pelotão intermediário! Pena! Ricciardo assume o P6.

Chegamos à volta 10, TOP5 é o mesmo formado na largada: Leclerc, Vettel, Hamilton, Bottas e Max. Na turma do fundão, Kubica em 16º, seguido de Russell, Stroll, Grosjean e Sainz. Diferença entre Leclerc e Vettel era de 2 segundos!

Volta 12, estranhamente Max Verstappen faz seu pit-stop! Normalmente a Red Bull é uma das últimas a trocar pneus! Mudança de estratégia possivelmente! Ricciardo assume o P5. Diferença de Leclerc para Vettel já era de ABSURDOS 3.3 segundos. Hamilton encosta definitivamente em Vettel. Bottas também faz sua parada de troca de pneus! Ricciardo é P4 temporariamente. Bottas perde a posição para Max Verstappen.

Mais 2 voltas, Leclerc para nos boxes, assim como Hamilton! Max faz a melhor volta e recebe pressão de Bottas, que recupera a posição para cima do piloto da Red Bull. Vettel entra nos boxes na volta seguinte e perde a posição para HAMILTON! Assim, volta 16, Ricciardo líder temporário, seguido de Leclerc, Hamilton, Vettel, Bottas e Max. Hulkenberg, em 9º, faz a melhor volta, mas Leclerc toma em seguida, que tem mais de 3 segundos à frente de Lewis, que abre mais de 3 segundos para Vettel. Ferrari e Bottas com compostos amarelos (médios) e Hamilton com macios (vermelhos).

Chegamos na volta 20, pelotão intermediário formado por Ricciardo em 6º, seguido de Kimi, Hulkenberg, Norris e Perez no TOP10. Mas Ricciardo ainda sem parada de box. Na ponta, Leclerc com mais de 5 segundos à frente de Hamilton (mesmo com pneus macios). Pressão aumenta para a Mercedes e Hamilton, que comete alguns erros, tanto em estratégia (novamente), como em pista. Na tentativa de retornar à pista com pneus macios para o segundo stint e assim, assumir a ponta, faltou apenas COMBINAR (como diz nosso amigo Gilson Costa/Tomada de Tempo) com Leclerc e a Ferrari! Não deu certo, definitivamente! Leclerc abre mais de 6 segundos e Vettel se aproxima absurdamente rápido de Hamilton!

Chegamos à metade da prova, Ricciardo é o último a efetuar seu pit-stop e cai para 13º. Hulkenberg assume o papel de destaque da Renault na 6ª posição (após largar em 17º). A classificação era a seguinte:

Volta 30, Ricciardo reinicia corrida de recuperação, ultrapassa Giovinazzi e Magnussen, assumindo a 11ª posição. Leclerc seguia como dono da volta mais rápida e tinha mais de 8 segundos à frente de Vettel. Mais 5 voltas, Max Verstappen efetua o último pit-stop, assim como Hulkenberg, retornando respectivamente em 6º e 10º. Hamilton também efetua sua troca, retorna com pneus macios e retorna em 4º.

Volta 36 e Vettel entra para sua troca. Retorna novamente com pneus amarelos e à frente de Hamilton. Volta seguinte é a vez de Leclerc, continua com pneus médios e obviamente retorna na liderança. Momento em que Hamilton parte para cima de Vettel, que consegue segurar a posição. Hamilton faz a melhor volta da prova e segue na disputa com Vettel pela 2ª colocação. Bottas também efetua sua parada de box e retorna em 4º.

E… e… e… HAMILTON pressiona Vettel, coloca por fora e… e… VETTEL rodaaaaa, rodaaaaa sozinho! Ainda, para piorar, atropela literalmente a sua a asa dianteira e complica a corrida toda! Box box box! E assim, Mercedes como sempre – mais sorte que juízo – consegue colocar os 2 carros no pódio! Vettel em 9º.

Volta 42, boa disputa entre as Renaults com Hulkenberg em 5º e Ricciardo em 6º. Vettel se aproxima e ultrapassa Ricciardo, assumindo a 6ª posição. Ricciardo começa a perder mais algumas posições e na volta 46 era o 9º.

E… e… e… LECLERC reporta algum problema no motor da sua Ferrari. UAU! A diferença para Hamilton cai de 10 segundos para 6 segundos. Problemas com sistema de recuperação de energia, o que complica a vida de Leclerc – vinha em prova sensacional!

Volta 48, Hamilton encosta e obviamente ultrapassa Leclerc. MAIS SORTE que JUÍZO Mercedes! Sem sorriso Totto! Sem sorriso! Naquele momento a diferença de Leclerc para Bottas era de 27 segundos e diminuindo.

Foto: Twitter Oficial F1

Bottas encosta na volta 53, Leclerc é ultrapassado até por retardatários. Volta seguinte Bottas ultrapassa o piloto da Ferrari, que agora tem Max Verstappen atrás. De forma incrível, as 2 RENAULTs tem PROBLEMAS mecânicos/elétricos AO MESMO tempo e abandonam. Safety Car na pista, faltando 2 voltas!

E FIM DE PROVA! FIM DE PROVA! PROVA SENSACIONAL de Charles Leclerc! Que pena que a Ferrari não o deu um carro confiável e em condição de terminar a prova. Com o erro de Vettel, Hamilton e Bottas recebem no COLO a dobradinha da Mercedes. Graças ao safety-car, Leclerc ao menos assegura o pódio em 3º lugar. Em resumo, Leclerc deixou Hamilton 10 segundos atrás, tinha mais de 30 segundos à frente de Bottas e ainda ficou com a volta mais rápida. Que continue seguro de seus ideais e mantenha os pés no chão, o garoto é bom! Vettel termina em 5º, com Max em 4º.

Foto: Twitter Oficial Hamilton

Vitória mais que sem graça de Lewis Hamilton! Mas é vitória! Parabéns! E o principal, UMA EXCELENTE CORRIDA no geral! Valeu a emoção!

RESULTADO FINAL

PRÓXIMA ETAPA

A próxima etapa será em 14 de abril de 2019 no GP da China (Xangai)! Veja o calendário completo!

SIGA A GENTE