Início Moto GP MotoGP – Comunicação em boa Hora – GP da Austrália – Phillip...

MotoGP – Comunicação em boa Hora – GP da Austrália – Phillip Island – 2018

60
Créditos: Twitter Yamaha

Escute os mais experientes, você pode vencer uma corrida!

Por @gilsonrc

Maverick Viñales escutou conselho de Dani Pedrosa sobre o lastro necessário na sua moto e venceu o GP da Austrália 2018.

Claro que estou brincando gente! Na madrugada deste domingo aconteceu o GP da Austrália na belíssima paisagem de Phillip Island na Motovelocidade 2018.

Depois de uma largada conturbada onde o pole penta campeão Marc Márquez foi superado por Dovizioso e começõu a travar batalha com Miller, parecia que tudo iria se organizar para mais uma grande corrida do “formiga atômica” que reassumiu a ponta e liderou até a quinta volta.

Na sexta volta, quando os pilotos cruzavam a reta, o francês Johann Zarco, com sua Tech3 motor Yamaha tentando ultrapassar Marquez, empolgado se assustou com a freada de Márquez e atingiu a traseira da Honda.

Zarco foi ejetado e toda a mecânica de sua queda e aterrissagem assustou os telespectadores. As câmeras mostraram Marc Márquez olhando para traseira de sua bike e mexendo no banco. Equipamento danificado, #93 voltou para garagem e abandonou. Zarco levanta e volta para garagem também.

Depois desse incidente, a corrida tomou outra configuração. Dovizioso na ponta não conseguiu desgarrar e foi seguido pelas Yamaha de Viñales e Rossi. Iannone e Bautista chegaram nesse pelotão e a prova ficou mais agitada. Nesse momento caiu Dani Pedrosa, o que me faz retornar ao início do meu texto.

Fala piloto!

Dani Pedrosa alertou Viñales sobre a sua Yamaha parecer muito leve na traseira. Se o #25 acrescentou ou não lastro e se feito isso teve influência na sua performance na Austrália dificilmente saberemos. Outro acontecimento na semana também pode ter influenciado sua vitória.

Entre a prova do Japão e esta da Austrália, o espanhol da Yamaha continuou reclamando dos problemas de tração na sua moto e principalemente da falta de comunicação na garagem. De acordo com Viñales, na Suzuki a equipe trabalhava para ele no sentido de ouvir seu sentimento quanto ao desempenho da moto.

Em relação a Suzuki, olhando os últimos desempenhos de Iannone e Rins, inclusive na madrugada passada, p2 e p5 ao final da prova, podemos perceber que a equipe evoluiu muito em 2018.

Teremos que aguardar novas declarações de Viñales para saber se surtiu efeito essas reclamações e se isso foi a origem da melhora do desempenho das Yamaha oficial e satélite no gp da austrália. Importante lembrar que tanto Viñales quanto Iannone foram destaques nos treinos de sexta e sábado.

Aceita um conselho?

Dani Pedrosa aconselhou Viñales, Viñales aconselhou Yamaha. Tomada de Tempo aconselha você: não perca as próximas duas corridas no próximo domingo 4 de novembro em Sepang-Malasia e depois a última corrida do ano dia 18 de novembro em Valência-Espanha.

Tomada de Tempo: Aqui o conselho é sempre bom!

Gilson Roberto Costa

“Professor, Analista de Sistemas, apaixonado pela esposa e filhos e um grande torcedor dos esportes de velocidade. Uma pessoa de bem com a vida que gosta muito de conversar e entender a natureza humana” – Gilson é um parceiro/colunista voluntário do Tomada de Tempo e escreve sobre as mais diversas categorias de esporte a motor no Brasil e no Mundo!