Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP de Cingapura – 2018

FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP de Cingapura – 2018

771
Foto: Lewis Hamilton Twitter Oficial

E tivemos neste domingo (16/09/2018) a 15ª etapa do mundial de Fórmula 1 2018 em Cingapura! Na primeira fila, Hamilton e Max, seguidos de Vettel e Bottas. No campeonato, Hamilton lidera com 30 pontos à frente de Vettel, que está muito pressionado pelos resultados e por menos erros.

Foto: Twitter F1 Oficial

Largada limpa entre os ponteiros, Hamilton larga muito bem e Vettel pressiona muito Max, mas não consegue tomar a posição do piloto da Red Bull. Mas na curva seguinte, Ocon tentava ultrapassar, por fora, o companheiro de equipe (Perez) e é tocado pelo próprio Perez – um “chêga prá lá” daqueles. Em seguida bate no muro e fim de prova!

Foto: Twitter F1 Oficial

E… ainda antes do anúncio do safety-car, Vettel parte para cima de Max Verstappen e ganha a 2ª posição.

Foto: Twitter F1 Oficial

Volta 5/61 e temos a primeira relargada da prova! Hamilton, Vettel, Verstappen, Bottas, Kimi, Ricciardo, Perez, Grosjean, Alonso e Sainz no TOP10. Hamilton começa a abrir distância, com mais de 1seg para Vettel na volta seguinte. Mesma distância de Vettel para Max.

Décima volta, nenhuma mudança de posição! Seguimos com Hamilton, mas já 1.5seg à frente de Vettel e Max Verstappen em 3º, 1seg atrás.

Volta 15 e Vettel faz sua parada de box, saindo com os ultramacios. Aparentemente uma parada antecipada! Mercedes reage, entra Hamilton, mas coloca pneus amarelos para seguir até o fim da prova! Fica a dúvida se Vettel conseguiria finalizar a prova com os pneus roxos.

Vettel retorna em 7º, atrás de Perez e acaba se complicando um pouco pela demora em ultrapassar a Force India. Hamilton retorna em 5º e conseguiu abrir uma boa diferença em relação ao rival.

Volta 18, Max faz troca por pneus amarelos e aqueles segundos perdidos por Vettel atrás de Perez, custa a 2ª colocação. Max retorna à pista à frente de Vettel, dividindo roda! UAU!

Foto: Twitter F1 Oficial

Via Rádio, Ferrari informa ao Vettel que “fizeram lambança” e que terão que retornar aos Boxes até o fim da prova em virtude da escolha dos pneus ultramacios. Quando não é Vettel, é a Ferrari que erra, mas nenhuma novidade quanto a isso!

Volta 22 a situação era a seguinte, considerando que Kimi e Ricciardo ainda não haviam parado: Kimi, Ricciardo, Hamilton, Verstappen, Vettel, Bottas no TOP6. Depois tínhamos Alonso, Sainz, Gasly e Leclerc fechando o TOP10.

Volta seguinte Kimi Raikkonen faz seu pit e retorna com pneus amarelos em 6º. Ricciardo seguia ainda na pista! A diferença entre Hamilton e Max já era de mais de 4 segundos e para Vettel, mais de 7 segundos!

Volta 28 e Ricciardo finalmente entra nos boxes, retorna em 6º e temos o grid real: Hamilton com quase 5 segundos de vantagem para Max. Vettel em 3º, Bottas, Kimi e Ricciardo no TOP6. Naquele momento Hamilton abria 40 pontos de diferença para Vettel na liderança do campeonato!

E… E… E… PEEEEEREZ! PEEEEEREZ! Que foi isso! Na “mini” disputa com Sirotkin pela 13ª posição, depois de muitas voltas tentando, conseguiu iniciar um processo de ultrapassagem e várias curvas lado a lado! Até que, quando estava praticamente definindo a ação, JOGOU literalmente o carro para cima da Williams! E ficou caro, com pneus furado, fim de qualquer chance na prova! A atitude mostra que a atitude com Ocon na primeira volta, pode ter sido sim em caso pensado!

Foto: Twitter F1 Oficial

Mas seguimos com a corrida, CHAAAATA até então: Hamilton, Max, Vettel, Bottas, Kimi e Ricciardo. Algumas ultrapassagens no pelotão de trás, mas nada também que gerasse uma emoção assim tão expressiva!

Hamilton se aproxima de retardatários (Gasly, Grosjean e Sirotkin). Gasly abriu rapidamente, mas Grosjean não! Com isso, Max conseguiu tirar os quase 5 segundos para Hamilton, assim como Vettel também. Mas assim que Hamilton ultrapassa o pelotão, retoma o ritmo e já se distancia mais de 2 segundos novamente. Grosjean acabou punido com 5 segundos por não obedecer bandeiras azuis!

Foto: Twitter F1 Oficial

Volta 40 e direção de prova anuncia punição de drive-thru para Sérgio Perez pela atitude para cima de Sirotkin. Momento em que, curiosamente, Perez cola na traseira de Sirotkin NOVAMENTE! Mas desta vez, ultrapassa o piloto da Williams da forma correta! 0_o

Chegamos na volta 50 e o TOP10 era: Hamilton, Max, Vettel, Bottas, Kimi, Ricciardo, Alonso, Sainz, Leclerc e Hulkenberg. Expectativa de alguma disputa entre os ponteiros quando ficam próximos Bottas, Kimi e Ricciardo (inclusive cravando o record da pista até então 1:43.335). Vettel seguia em ritmo de economia de pneus já tomava quase 20 segundos de Hamilton!

Foto: Twitter F1 Oficial

E… e… Magnussen destrói a marca até então de Ricciardo e crava 1:41.905. Novo recordista de Cingapura!

FIM DE PROVA! Nada saiu da disputa entre Bottas, Kimi e Ricciardo! LEWIS HAMILTON vence com “V” maiúsculo, sem dificuldade alguma e deixa Vettel com 40 pontos atrás na disputa do título! Max Verstappen e Vettel fecham o pódio!

Tirando as lambanças de Perez, algumas ultrapassagens entre os retardatários e as disputas de Vettel/Verstappen na largada e saída dos boxes… uma corrida bemmmmm morna! Mas valeu!

RESULTADO FINAL – COMPLETO

PRÓXIMA ETAPA

E o próximo encontro será em Sochi/Rússia entre os dias 28 e 30 de setembro de 2018! Veja no nosso calendário!