Início Destaque STOCK CAR – Resultado Final – Campo Grande/MS – 2018

STOCK CAR – Resultado Final – Campo Grande/MS – 2018

416
Foto: Fernanda Freixosa / Canal Telegram Oficial Stock Car

E com uma prova emocionante e outra, digamos intrigante, passamos por Campo Grande/MS. Na 7ª etapa da temporada 2018 da Stock Car, tivemos a vitória de Felipe Fraga na corrida #1 e a vitória de Ricardo Zonta na conturbada Corrida #2.

CORRIDA #1

A corrida começou com as 3 primeiras filas formadas por Daniel Serra, Fraga, Cacá, Di Grassi, Thiago Camilo e Max Wilson (penalizado por incidente com Átila nos treinos)! Daniel recebeu pressão de Fraga desde o início. Antes mesmo das paradas de boxes, Fraga tomou a ponta, mas com problemas nos boxes perdeu a liderança e a vantagem que havia conseguido.

Daniel Serra retornou na liderança, mas viu Fraga (muito focado neste domingo) ultrapassá-lo POR FORA no fim da enorme reta oposta!

Foto: Fernanda Freixosa / Canal Telegram Oficial Stock Car

Outra disputa interessante ficou por conta de Cacá Bueno e Max Wilson, na disputa pelo último lugar no pódio e quem acabou vencendo foi Max! Cacá, Cesar Ramos (bela prova) e Camilo fecharam o TOP6.

1º – #88 Felipe Fraga ( Cimed Chevrolet Racing ) – 28 voltas
2º – #29 Daniel Serra ( Eurofarma RC ) – a 1.860
3º – #65 Max Wilson ( Eurofarma RC ) – a 3.404
4º – #0 Cacá Bueno ( Cimed Chevrolet Racing ) – a 6.567
5º – #30 Cesar Ramos ( Blau Motorsport ) – a 8.548
6º – #21 Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ) – a 9.687
7º – #51 Átila Abreu ( Shell V-Power ) – a 10.782
8º – #83 Gabriel Casagrande ( Vogel Motorsport ) – a 11.815
9º – #111 Rubens Barrichello ( Full Time Sports ) – a 16.430
10º – #46 Vitor Genz ( Eisenbahn Racing Team ) – a 17.077
11º – #80 Marcos Gomes ( Cimed Chevrolet Racing Team ) – a 17.678
12º – #10 Ricardo Zonta ( Shell V-Power ) – a 21.613
13º – #4 Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ) – a 23.828
14º – #90 Ricardo Maurício ( Full Time Sports ) – a 24.845
15º – #8 Rafael Suzuki ( Bardahl Hot Car ) – a 36.890
16º – #12 Lucas Foresti ( Cimed Chevrolet Racing Team ) – a 37.881
17º – #3 Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ) – a 1 volta
18º – #116 Nestor Girolami ( Bardahl Hot Car ) – a 1 volta
19º – #70 Diego Nunes ( Full Time Bassani ) – a 1 volta
20º – #5 Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ) – a 1 volta
21º – #77 Valdeno Brito ( Eisenbahn Racing Team ) – a 1 volta
22º – #33 Nelson Piquet Jr ( Full Time Bassani ) – a 8 voltas
23º – #1 Antonio Pizzonia ( Prati-Donaduzzi Racing ) – a 8 voltas
24º – #44 Bruno Baptista ( Hero Motorsport ) – a 9 voltas
25º – #110 Felipe Lapenna ( Cavaleiro Contuflex ) – a 13 voltas
26º – #28 Galid Osman ( Cavaleiro Sports ) – a 14 voltas
27º – #11 Lucas Di Grassi ( Hero Motorsport ) – a 15 voltas
28º – #18 Allam Khodair ( Blau Motorsport ) – a 15 voltas
29º – #9 Guga Lima ( Vogel Motorsport ) – a 15 voltas

CORRIDA #2

Conforme regulamento, o TOP10 da Corrida #1 forma o grid de largada na Corrida #2 (com posições invertidas) e assim tivemos nas 5 primeiras filas: Genz, Barrichello, Casagrande, Átila, Ramos, Cacá, Max, Serra e Fraga.

Foto: Duda Bairros / Canal Telegram Oficial Stock Car

A corrida se delineava por uma disputa entre Átila Abreu e Rubens Barrichello pela vitória. Vitor Genz largou bem, mas não conseguiu assegurar a ponta por muito tempo. Assim, após algumas disputas entre Genz, Rubinho, Átila e Casagrande, Barrichello assumiu a ponta, sendo caçado por Átila Abreu e ambos conseguindo abrir distancia para o restante do pelotão.

Mas… Mas… quis o destino que Cesar Ramos abandonasse a prova e com o carro em posição insegura, obrigasse a organização a colocar o Carro de Segurança na pista! E aí… começam TODOS os “problemas” ou “soluções”.

No momento em que Barrichello se aproximou da entrada de Boxes, fora avisado de que o Carro de Segurança seria acionado e assim recuou, perdendo a posição para Átila Abreu. Logo atrás, Cacá Bueno, Zonta, Casagrande, Daniel Serra, Valdeno e Thiago Camilo entraram para os boxes – em tese com os memos fechados em virtude do safety-car.

Com isso, REVIRAVOLTA completa nas primeiras posições! Zonta assumia a liderança, seguido de Casagrande, Valdeno, Serrinha, Thiago Camilo e Cacá Bueno. Todos dando o “pulo do gato” na prova! Átila Abreu e Barrichello, despencavam na classificação e posicionavam nas 7ª e 8ª posições.

Tensão completa na torcida e os pilotos, via rádio, sem entender o ocorrido! MUITA demora da organização da prova para se pronunciar e na última volta, anuncia que Cacá Bueno e Zonta não haviam infringido o regulamento, entrando para os boxes ANTES do fechamento. Já Casagrande, Valdeno, Daniel Serra e Thiago estariam desclassificados! Com isso, pódio foi definido por ZONTA, CACÁ BUENO e ÁTILA ABREU. Barrichello, com problemas no carro acabou terminando em 8º.

Átila realmente expressou muito descontentamento com a decisão da organização e sem entender, mostrou-se muito insatisfeito durante os procedimentos de pódio!

Foto: Duda Bairros / Canal Telegram Oficial Stock Car

Ainda não sabemos se essa confusão já terminou, teremos que aguardar os recursos de VÁRIOS pilotos no decorrer dos próximos dias. O próprio Rodrigo (CEO da Stock Car), em entrevista, explicou que as decisões foram baseadas em CRONÔMETRO e que após a prova serão verificadas as câmeras. Aguardemos!

No campeonato, mesmo com a desclassificação, Daniel Serra é o grande líder com 191 pontos, Max Wilson (novo vice-líder) tem 148, seguido de Fraga com 147. Marcos Gomes com 135 pontos e Barrichello com 128 fecham o TOP5. Campeonato TOTALMENTE aberto ainda!

1º – #10 Ricardo Zonta ( Shell V-Power ) – 27 voltas
2º – #0 Cacá Bueno ( Cimed Chevrolet Racing ) – a 30.236
3º – #51 Átila Abreu ( Shell V-Power ) – a 34.708
4º – #33 Nelson Piquet Jr ( Full Time Bassani ) – a 35.833
5º – #110 Felipe Lapenna ( Cavaleiro Contuflex ) – a 36.838
6º – #3 Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ) – a 38.306
7º – #65 Max Wilson ( Eurofarma RC ) – a 38.668
8º – #111 Rubens Barrichello ( Full Time Sports ) – a 41.534
9º – #18 Allam Khodair ( Blau Motorsport ) – a 44.095
10º – #9 Guga Lima ( Vogel Motorsport ) – a 45.252
11º – #8 Rafael Suzuki ( Bardahl Hot Car ) – a 46.877
12º – #46 Vitor Genz ( Eisenbahn Racing Team ) – a 49.599
13º – #116 Nestor Girolami ( Bardahl Hot Car ) – a 59.604
14º – #28 Galid Osman ( Cavaleiro Sports ) – a 1:10.014

Não terminaram
================
15º – #70 Diego Nunes ( Full Time Bassani ) – a 8 voltas
16º – #1 Antonio Pizzonia ( Prati-Donaduzzi Racing ) – a 9 voltas
17º – #5 Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ) – a 11 voltas
18º – #30 Cesar Ramos ( Blau Motorsport ) – a 16 voltas
19º – #90 Ricardo Maurício ( Full Time Sports ) – a 18 voltas
20º – #4 Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ) – a 21 voltas
21º – #11 Lucas Di Grassi ( Hero Motorsport ) – a 22 voltas
22º – #12 Lucas Foresti ( Cimed Chevrolet Racing Team ) – a 23 voltas
23º – #44 Bruno Baptista ( Hero Motorsport ) – a 25 voltas
24º – #88 Felipe Fraga ( Cimed Chevrolet Racing ) – a 27 voltas
25º – #80 Marcos Gomes ( Cimed Chevrolet Racing Team ) – a 27 voltas

Desclassificados
=================
26º – #83 Gabriel Casagrande ( Vogel Motorsport )
27º – #77 Valdeno Brito ( Eisenbahn Racing Team )
28º – #29 Daniel Serra ( Eurofarma RC )
29º – #21 Thiago Camilo ( Ipiranga Racing )

PRÓXIMA ETAPA

E a próxima etapa da Stock Car será em 09 de setembro de 2018 na cidade de Cascavel/PR. Lembrando que a prova de 04 de novembro de 2018 já tem local definido! Veja o calendário completo!

Marcelo Henrique Dias Abreu .·.

“Um Goiano, acolhido por Mineiros e apaixonado pela família e por esse SUL maravilhoso. Maluco e apaixonado por automobilismo (Fórmula 1, Stock Car, Turismo e as demais), o que não quer dizer especialista!” – Marcelo é o idealizador e um dos colunistas do Tomada de Tempo!