Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Hungria – 2018

FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Hungria – 2018

1926

E tivemos, neste domingo (29/07/2018) o GP da Hungria de Fórmula 1 2018! Primeira fila dominada pela Mercedes e segunda fila composta pela Ferrari.

Foto: Twitter Oficial F1

Hamilton larga bem, Bottas fez PERFEITAMENTE seu papel ao proteger o companheiro de qualquer ataque das Ferraris. Vettel, mesmo com compostos amarelos, largou bem, forte e ultrapassou Kimi Raikkonen. Sainz também faz largada forte, mas após pressão para cima de Vettel, acaba perdendo posições para Max, Gasly e Magnussen. Final da primeira volta: Hamilton, Bottas, Vettel, Kimi, Verstappen, Gasly, Magnussen, Sainz, Hartley e Hulkenberg no TOP10. Ericsson toca em Ricciardo, por sorte não abandonam, mas o que já estava ruim para o piloto da Red Bull piora, caindo para 16º. Leclerc, em final de semana terrível, abandona.

Mercedes com compostos ULTRA MACIOS, contra os MACIOS de Vettel, começam a abrir bastante na ponta. Especialmente Hamilton, que ao final da 5ª volta já tinha quase 4 segundos à frente de Bottas. Volta 6 e Max Verstappen avisa no rádio que tem problemas de potência! Êêêêlaiá… Red Bull mais uma vez deixa o piloto na mão.

Foto: Twitter Oficial F1

“Piiiiii… piiiiii… piiiiii… piiiiii” – Max Verstappen via rádio após o problema.

Final da 10ª volta, sem Leclerc e Max, tínhamos Hamilton com 4.3 segundos de vantagem para Bottas, seguido de Vettel (+2.0s), Kimi Raikkonen e Gasly no TOP5. Ricciardo, em corrida de recuperação, já assumia a 11ª posição, mesmo momento em que Alonso reclama via rádio que Grosjean o ultrapassou ainda em Safety-Car virtual.

Sem mudanças entre os ponteiros, Gasly mantendo a 5ª posição e Hulkenberg em 6º, Ricciardo recupera mais 3 posições e ao final da 15ª volta já era 8º. Momento em que temos a primeira para de box com Kimi Raikkonen, péssima parada por sinal. Retorna em 6º com compostos amarelos.

Volta seguinte Bottas entra nos boxes e retorna em 4º com compostos macios também. Ricciardo ultrapassa Sainz e assume a 7ª posição. Hamilton faz volta rápida atrás de volta rápida e seguia líder com mais de 8 segundos para Vettel.

20ª volta, Bottas ultrapassa Gasly e era o 3º. Kimi ultrapassa Magnussen e assume a 5ª posição. Ricciardo também se aproxima do piloto da Haas e inicia a pressão, conquistando a 6ª posição na volta seguinte. Sem dúvida alguma, o piloto do dia! Kimi recupera o 4º lugar após ultrapassar Gasly na volta 23.

De forma impressionante, Hamilton ainda com seus compostos ULTRA MACIOS após 25 voltas. Momento em que o líder faz sua parada e coloca pneus MACIOS! Vettel assume a liderança da prova com 13 segundos à frente. Ricciardo ultrapassa Gasly e já é o TOP5.

Chegamos à metade da prova (35 voltas), a diferença entre Vettel (sem parar nos boxes) e Hamilton (já com 1 parada) se mantinha em 13 segundos. A classificação geral era: Vettel, Hamilton, Bottas, Kimi, Ricciardo, Gasly, Alonso, Vandoorne, Magnussen, Ocon, Sainz, Grosjean, Hartley, Hulkenberg, Perez, Stroll, Ericsson e Sirotkin.

Mas nas voltas seguinte, com os desgastes de pneus de Vettel e as negociações com retardatários, Hamilton reduz muito a diferença para Vettel – Volta 38 com 9.5 segundos atrás do rival. Volta em que KIMI Raikkonen faz MAIS uma parada e retorna novamente com pneus macios. Volta seguinte entra nos boxes Sebastian Vettel, efetuando a troca pelos ULTRA MACIOS. Novamente a Ferrari erra no pit-stop e Vettel não consegue retornar à frente de Bottas. Assim, Hamilton, Bottas, Vettel, Ricciardo (sem parada) e Kimi completavam o TOP5.

Foto: Twitter Oficial F1

E Vettel inicia a caçada ao Bottas, tentando recuperar o tempo perdido nos boxes, mas não consegue aproximar-se suficientemente para um ataque efetivo. Com isso Hamilton já tinha quase 10 segundos de vantagem para o rival da Ferrari. Volta 47 e Ricciardo faz seu pit-stop, retornando em 5º com pneus ultra macios.

Bottas, mesmo com pneus macios, abre quase 3 segundos para Vettel, que não tem desempenho esperado com os compostos ultra. Chegamos à volta 50 e destaque para as 2 McLarens em 8º e 9º, respectivamente, Alonso e Vandoorne. E claro, Gasly conseguindo manter-se entre o TOP6 até então. Force India, em situação administrativa delicada, apenas em 14º e 15º (Ocon e Perez) e obviamente, em últimos tínhamos Sirotkin / Stroll com a terrível Williams (Claire reforçou este final de semana que não são os pilotos o problema, mas sim o carro que é MUITO ruim).

Safety-Car virtual na volta 52, Mercedes se prepara para algum pit-stop, mas em seguida abortam. Vandoorne abandona, demorou até demais. Sainz assume a 9ª colocação e Grosjean entra para o TOP10.

Faltando 15 voltas e Vettel novamente se aproxima de Bottas, com a expectativa de utlizar as aberturas de asa para definir a ultrapassagem. Mas é impressionante o desempenho de Bottas com esse composto macio de mais de 40 voltas. Cinco voltas depois, Vettel não consegue atacar definitivamente e quem se aproxima da disputa é Kimi Raikkonen.

Com Ricciardo estagnado na posição mais que possível para sua Red Bull, a emoção da prova se resume então à esta “caçada” das Ferraris para cima de Bottas. Faltando 8 voltas, Bottas era um guerreiro ao segurar a posição, Kimi encosta em Vettel, mas aparentemente com melhor ritmo (mesmo com pneus macios).

Ciiiiiinco voltas para o final e pela primeira vez Vettel dá o bote! Vettel ultrapassa e na tentativa de segurar a posição, Bottas toca com o bico na traseira de Vettel, com isso Kimi aproveita e toma também a posição do piloto da Mercedes. As duas ferraris entram na zona de pódio.

Foto: Twitter Oficial F1

Duas voltas depois Ricciardo encosta em Bottas e tenta ultrapassar o #77 na curva #1, mas Bottas deixa o carro “deslizar” e bate em Ricciardo, que escapa da pista. Incidente sob investigação! Mas na última volta, Ricciardo encosta novamente em Bottas! E na mesma curva, faz a ultrapassagem! UAU!

Foto: Twitter Oficial F1

FINAL DE PROVA! Boas emoções nas voltas finais, com a perseguição de Vettel e Kimi para cima de Bottas, e depois com a ultrapassagem de Ricciardo em Bottas também – sem dúvida o melhor piloto do dia (largou em 12º, caiu para 16º e ainda terminou em 4º)! Mas sem desmerecer o que foi feito por Bottas durante a prova, segurando bravamente as Ferraris. Mas o vencedor foi Hamilton, LEWIS HAMILTON, que amplia a diferença no campeonato. Vettel e Kimi completam o pódio!

Foto: Twitter Oficial F1
RESULTADO FINAL

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO

E veja como está a classificação de pilotos e equipes após 12 etapas! CLIQUE AQUI!

PRÓXIMA ETAPA

E entramos em férias! Fórmula 1 parte para descanso de equipes e pilotos, retornando apenas em 26 de agosto de 2018 no circuito de Spa-Francorchamps. Mas teremos entre os dias 31/07 e 01/08/2018, testes na Hungria. Veja o calendário completo aqui!

Marcelo Henrique Dias Abreu .·.

“Um Goiano, acolhido por Mineiros e apaixonado pela família e por esse SUL maravilhoso. Maluco e apaixonado por automobilismo (Fórmula 1, Stock Car, Turismo e as demais), o que não quer dizer especialista!” – Marcelo é o idealizador e um dos colunistas do Tomada de Tempo!