Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Áustria – 2018

FÓRMULA 1 – Resultado Final – GP da Áustria – 2018

1920
5
COMPARTILHAR
Foto: Twitter Oficial F1

UAU! UAU! UAU! Sem dúvida alguma, sem medo de errar, a MELHOR etapa da temporada 2018 da Fórmula 1! O GP da Áustria tinha TUDO para ser mais uma vez a mesmice de sempre e a Mercedes simplesmente passeando na casa da Red Bull. Não, não foi isso que aconteceu neste domingo (01/07/2018) em Red Bull Ring! Vitória de MAX VERSTAPPEN e pódio completado pela FERRARI! 0_o

Susto? Mercedes fora do pódio? SIM SIM SIM! Veja na nossa resenha tudo o que ocorreu!

LARGADA

Na largada já acabamos presenciando mais um bom momento da queda livre da McLaren com Alonso largando dos boxes! Mas em pista, o que foi aquela largada… a melhor do ano, no estilo que gostamos.

Foto: Twitter Oficial F1

Kimi simplesmente pulou entre as Mercedes, quase assumiu a ponta, mas Hamilton é quem consegue tomar a liderança. Bottas larga mal e cai para o 4º lugar, com Max Verstappen pressionando Kimi pelo 2º lugar. Na curva 1 Vettel perde ponto de tangencia e cai para a 8ª posição. Na curva 2 foi a vez de Kimi errar, mas consegue manter-se em 2º, até que BOTTAS em manobra espetacular, simplesmente ultrapassar tanto Max como Kimi, formando a dobradinha da Mercedes novamente. Ainda, na primeira volta, boas disputas entre as HAAS, RENAUTs e Ocon. Ao final da volta #1, Vettel se recupera e assume a posição de largada (6º) e a situação era a seguinte: Hamilton, Bottas, Max, Kimi, Ricciardo, Vettel, Grosjean, Magnussen, Hulkenberg e Ocon no TOP10. As Williams até largaram bem e estavam em 13º e 14º, respectivamente, Stroll e Sirotkin.

CORRIDA

E 10 voltas depois, Kimi Raikkonen já não tinha o mesmo desempenho da largada e Ricciardo começava à se aproximar. Mesmo momento em que Alonso disparava via rádio: “Façam alguma coisa ai, alguma estratégia, pois não quero ficar 71 voltas aqui”. Em seguida o motor de Hulkenberg não se sustenta, fumaça para todo lado, abandonando a prova. Leclerc, que largou no fim do pelotão pela punição, começa a escalada, era o 15º na volta 14.

Foto: Twitter Oficial F1

E… e… para tristeza completa do pole position (Bottas), carro da Mercedes apresenta problemas e também abandona, a direção de prova resolve ativar o VSC (Virtual Safety-Car).

Foto: Twitter Oficial F1

Momento em que praticamente todos aproveitam para entrar nos boxes e efetuar suas trocas de pneus! EXCETO Lewis Hamilton, Magnussen, Perez, Sirotkin, Ericsson e Hartley. FALHA grotesca da Mercedes, deixando Hamilton na pista – único entre os ponteiros. Tal atitude nos levou à seguinte situação: Hamilton ainda era o líder obviamente, mas APENAS 13 segundos para Max Vertappen e menos de 20 segundos para Kimi + Ricciardo.

Na volta 20, Kimi acaba errando novamente e Ricciardo consegue ultrapassar, assumindo a 3ª colocação. Naquele momento, via rádio, a equipe Mercedes assume para Hamilton que erraram e pedem para ele literalmente “pisar fundo”. Mas Hamilton explica que os pneus atuais (supermacios), já gastos, não permitiam maior desempenho. Fato comprovado pela aproximação de Max Verstappen.

E na volta 26, Hamilton entra nos boxes para a troca, retornando em 4º – logo à frente de Vettel. Era a Red Bull em uma dobradinha brilhante em casa. Em seu retorno à pista, Hamilton se assusta e questiona a equipe: “What? Como asssim? Sou 4º agora?” e em resposta os engenheiros informam “Sim, erro nosso, mas tente contornar aí”. Hamilton retorna um “Ok, gostaria de falar algo agora, mas deixa para depois”. Dramática a situação da equipe que tinha tudo para vencer FÁCIL a etapa!

Lá pela volta 30 Vettel não conseguia acompanhar o ritmo de Hamilton, que se aproximava de Kimi na disputa pela 3ª colocação. Situação que se inverteu ao chegarmos na metade da prova. Com Kimi, definitivamente partindo para cima de Ricciardo, Hamilton perdia espaço para Raikkonen e com isso Vettel literalmente encostou no piloto da Mercedes. Em seguida Kimi ultrapassa Ricciardo, que teve que entrar nos boxes prematuramente devido BOLHAS nos pneus macios da Red Bull – situação apresentada em outros carros também.

Vettel ultrapassando Hamilton – Foto: Twitter Oficial F1

Assim tínhamos Max Verstappen na liderança, Kimi na 2ª colocação e Vettel, após bela ultrapassagem em Hamilton, em 3º. Chegamos na volta 45 e Hamilton, mesmo com com as tais bolhas visíveis, se aproxima de Vettel na disputa pelo pódio ao menos, mas dura pouco tempo e Vettel consegue contornar a pressão e abre mais de 2 segundos para o rival. Situação naquele momento:

Volta 50 do GP da Áustria e Max seguia soberano na ponta, mais de 6 segundos para Kimi Raikkonen. Um pouco mais atrás, Ocon e Perez invertem a situação da classificação e faziam corrida melhor, até aquele momento em 8º e 9º. Grosjean e Magnussen seguiam em 6º e 7º. Leclerc em 12º, atrás das duas Toro Rosso.

Com os problemas nos pneus, Hamilton se obriga a mais um pit stop, perdendo então a posição para Ricciardo – o favorito à vitória era apenas o 5º colocado. Era a Mercedes perdendo uma corrida literalmente ganha! Mas… mas… como um “BELÍSSIMO” presente de aniversário, carro de Ricciardo tem problemas (aparentemente câmbio) e abandona! Que pena! Pena! Hamilton reassumia a 4ª colocação. Mesmo momento em que Hartley também tinha problemas e assim presenciávamos mais um ponto mágico para a Sauber com Charles Leclerc na 10ª posição.

Riccardo abandona – Foto: Twitter Oficial F1

Ocon, com as mesmas bolhas nos pneus, abria caminho para o companheiro Perez, que sem dúvida alguma foi a grande surpresa da prova, largando no final do pelotão após um qualify em que nem passou ao Q2… o mexicano assumia a 7ª colocação. Mesmo destaque para Fernando Alonso, que largando doa boxes, tomava a posição de Leclerc, colocando a McLaren nos pontos.

E… e… e… se a vida da Mercedes já estava complicada em Red Bull Ring, meu DEUS, virou um inferno completo! Que dia! Que dia! HAMILTON com problemas no carro também abandona! E repito, em corrida que poderia acabar com o campeonato, com Lewis disparando de vez na liderança, o inverso poderia acontecer! Campeonato esquenta e até aquele momento, Vettel assumiria a liderança com seu 3º lugar na prova.

Hamilton também abandona em Red Bull Ring – Foto: Twitter Oficial F1

Momento em que, no pelotão de trás, tudo mudava novamente! Alonso ultrapassou Gasly e assumir o 8º lugar, com isso Leclerc voltaria à zona de pontuação. E mais, com Ericsson conseguindo acompanhar o ritmo do companheiro, ultrapassando-o inclusive no final. Ambos também conseguem ultrapassar a última Toro Rosso na pista e colocam as duas Saubers nos pontos!

Dupla ultrapassagem das SAUBERs para cima de Gasly – Foto: Twitter Oficial F1

Faltando apenas 5 voltas, Max Verstappen tinha seus pneus completamente destruídos e assim Kimi já havia reduzido para 2 segundos a diferença. Mas como o próprio Max havia dito ao engenheiro (“Tudo sob controle”), Kimi não consegue encostar e FIM DE PROVA!

Sem duvida alguma, por todos incidentes e expectativas geradas durante a corrida, a MELHOR ETAPA da F1 em 2018! Uau! Repleta de variantes e variáveis! Vitória de MAX VERSTAPPEN e com a Ferrari fechando o pódio (Kimi e Vettel). Depois as 2 HAAS, as 2 FORCE INDIA, Alonso, Ericsson e Leclerc no TOP 10. Dia infernal para a Mercedes e principalmente Hamilton. Mas Muito bom muito bom para o campeonato! Vettel é o novo líder com 1 ponto à frente de Hamilton.

Foto: Twitter Oficial F1
RESULTADO FINAL

CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO – TOP10

PRÓXIMA CORRIDA

A próxima etapa será em Silverstone, dia 8 de julho de 2018. Clique aqui para acessar o calendário COMPLETO!

Marcelo Henrique Dias Abreu .·.

“Um Goiano, acolhido por Mineiros e apaixonado pela família e por esse SUL maravilhoso. Maluco e apaixonado por automobilismo (Fórmula 1, Stock Car, Turismo e as demais), o que não quer dizer especialista!” – Marcelo é o idealizador e um dos colunistas do Tomada de Tempo!