Início Destaque FÓRMULA 1 – Resultado Final – Lewis vence em dobradinha da Mercedes!...

FÓRMULA 1 – Resultado Final – Lewis vence em dobradinha da Mercedes! – GP da Espanha – 2018

412
0
Foto: Twitter Oficial F1

E tivemos neste domingo de dia das mães (13/05/2018) a 5ª etapa da Fórmula 1 2018! Lewis na ponta, seguido de Bottas, Ferraris e Red Bulls! Largada tranquila entre os ponteiros, com Vettel ganhando a posição de Bottas já na 1ª curva. Mas no pelotão de trás, Grosjean roda, desliza pela pista (talvez na tentativa de retornar) e acaba acertando a roda traseira de Hulkenberg. Sobra ainda para Gasly. Bandeira amarela, safaty-car e 3 carros fora! Que ano do Grosjean!

Foto: Twitter Oficial F1
Foto: Twitter Oficial F1

“Perdi o carro e tentei de tudo para não sair da pista, mas obviamente sem atrapalhar os outros, infelizmente não foi o que aconteceu” – Explica Grosjean

Relargada após 6 voltas e seguimos com a classificação pós primeiras curvas: Hamilton, Vettel, Bottas, Kimi, Max, Ricciardo, Magnussen, Sainz, Leclerc e Ocon, mas logo em seguida, em ultrapassagem fantástica, Alonso toma o P10. Após 10 voltas completadas, Hamilton já abria 4 segundos para Vettel, que seguia apenas 1 segundo à frente de Bottas. Vandoorne leva penalização de 5 segundos no tempo de prova. Stroll, largando nas últimas posições, acabou sendo beneficiado pelo acidente anterior e segue em 12º.

A diferença de Hamilton para os demais é impressionante, principalmente em virtude da proximidade que se tinha até a 4ª etapa. Vettel não consegue acompanhar o atual campeão, mas ao mesmo tempo abre pouco a pouco da outra Mercedes/Bottas. Ressaltando que todos até então, estavam com compostos amarelos, exceto Alonso com o super macio (vermelho).

Volta 18, prova sem ultrapassagens e sem carros próximos o suficiente para qualquer ação. Única exceção foi Vandoorne para cima de Perez, mas sem conclusão até então.

Volta seguinte e o primeiro a parar é Vettel, saindo com pneus médios. Retornou em 7º, logo à frente de Sainz. A diferença de Hamilton para Bottas era de quase 10 segundos. Na Mercedes o primeiro a parar é Bottas, que NÃO consegue retornar à frente de Vettel. Enquanto isso, Hamilton faz volta rápida atrás de volta rápida e vai desmoronando o record do circuito! Naquele momento já era 1:21.157, até que Bottas, na volta 22 crava 1:20.402.

Bottas faz sua parada nos boxes e não consegue retomar a posição de Vettel – Foto: Twitter Oficial F1

E na volta 25, Kimi Raikkonen tem problemas de desempenho, perde as posições para as 2 Red Bulls. Quase estacionando o carro, recebe ordem da equipe para modificar configuração do carro e consegue retornar à pista! Mesmo momento em que Hamilton faz seu pit-stop, retornando em 2º – sobra na pista. Max Verstappen é o novo líder – temporário claro. Kimi entra nos boxes e infelizmente abandona!

Após quase todas as paradas de box, com Max e Ricciardo certamente em estratégia de 1 parada, tínhamos as seguintes posições:

Chegamos à volta 40, diferença de Hamilton para Vettel era de mais de 11 segundos. Bottas, em 3º, seguia com 2.2 segundos atrás do piloto da Ferrari. Lá atrás, com as paradas de Vandoorne e Ericsson, tínhamos Sainz em 7º, seguido de Leclerc (fantástico), Alonso e Perez. Ocon se complicou após a parada, seguia em penúltimo e acabou abandonando – bandeira amarela no setor 2. A Williams, com péssimo desempenho nos treinos deste final de semana, seguia ao menos com uma 11ª colocação de Stroll.

Volta 42, ainda em safety-car VIRTUAL, Vettel faz sua última parada, saindo com compostos brancos novamente e em 4º lugar. E o “jovem” Max Verstappen, que TINHA tudo para disputar a vitória, em virtude da estratégia, consegue a PROEZA de tocar seu bico no carro de uma Williams. Por enquanto, seguia na pista sem parada para troca do bico dianteiro.

Foto: Twitter Oficial F1

Bandeira verde, em uma bela disputa entre Leclerc e Alonso, a McLaren ganha a posição e assume a 8ª posição. Na ponta seguiam Hamilton e Bottas, com Max em 3º. Vettel, Ricciardo e Magnussen, únicos na mesma volta, completavam o TOP6.

Volta 47 e Vandoorne, sem expressão alguma na etapa, abandona com problemas no carro. Até o momento estavam fora: Grosjean, Gasly, Hulkenberg, Kimi, Ocon e Vandoorne. Enquanto isso, Hamilton crava 1:19.766 e é o novo record da pista! Vettel, com pneus mais novos, se aproxima de Verstappen na disputa da 3ª posição.

Faltando 15 voltas para o final, Ricciardo crava 1:19.147 e a ordem era a seguinte:

Mesmo com pneus bem gastos, Ricciardo continua diminuindo seus tempos e marca novo record – 1:19.093. Faltando 8 voltas, Vettel não parece ter forças para dimunuir a diferença de 2.5 para Verstappen. Disputa possível nas últimas voltas fica com Perez que cola em Leclerc, respectivamente em 10º e 9º colocados.

E o esperado não acontece, a Mercedes muda estratégia e NÃO faz mais uma parada de box e consegue garantir a dobradinha com Lewis Hamilton e Bottas. Mesmo com lambança, sorte e boa estratégia, Max Verstappen termina em 3º e sobe ao pódio!

Ferrari, com o feijão com arroz, trocou pneus de Vettel MUITO cedo e pagou por isso, terminando em 4º – logo à frente de Ricciardo! Impressionante a participação de Magnussen, conseguindo acompanhar o TOP5 e terminar em 6º, na mesma volta! Sainz, Alonso, Perez e Leclerc fecham o TOP10. Ricciardo ainda diminui o tempo de volta, crava 1:18.441 e reforça o record da pista.

RESULTADO FINAL

CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO – PILOTOS

#embreve

PRÓXIMA ETAPA

E a próxima etapa da Fórmula 1 será em 27 de maio de 2018 para o GP de Mônaco, infelizmente na mesma data da INDY500 da Fórmula Indy! Veja o calendário completo da Fórmula 1!

Marcelo Henrique Dias Abreu .·.

“Um Goiano, acolhido por Mineiros e apaixonado pela família e por esse SUL maravilhoso. Maluco e apaixonado por automobilismo (Fórmula 1, Stock Car, Turismo e as demais), o que não quer dizer especialista!” – Marcelo é o idealizador e um dos colunistas do Tomada de Tempo!