Início MotoE MOTO-E – Em 2019 teremos o Mundial de Motovelocidade Elétrica (MotoE)

MOTO-E – Em 2019 teremos o Mundial de Motovelocidade Elétrica (MotoE)

1020
MotoE - Foto: MotoGP.com
MotoE – Foto: MotoGP.com

E nesta terça-feira (06/02/2018) tivemos o lançamento do projeto MOTO-E! 0_o

Isso mesmo, depois da Fórmula-E, chegou a hora de experimentos com motos elétricas nas pistas de corrida! A Dorna, organizadora MOTOGP, revelou detalhes da primeira temporada do MUNDIAL de MOTO-E em evento em Roma. A moto a ser utilizada é a italiana EGO, que tem cerca de 110kW (comparado a uns 147HP) de potência e tem a marca de 0 à 100 em 3 segundos, chegando a 250 KM/H de velocidade.

Lançamento do projeto MotoE - Foto: MotoGP.com
Lançamento do projeto MotoE – Foto: MotoGP.com

Quanto as provas, a ideia é que tenham 10 voltas e 18 motos no grid. Parace estar já garantido que as equipes Tech3, LCR, VDS, Pramac, Avintia, Nieto e Gresini da MOTOGP terão 2 motos cada. E quatro equipes da com MOTO2 e MOTO3 completarão o grid. Treinos acontecerão nas quintas-feiras, classificação no sábado e as corridas acontecerão, em tese, ao fim do WARM-UP da categoria principal – antes da prova da MOTO3. Na categoria de estreia serão 5 etapas – todas na EUROPA!

Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna, comemora a novidade:

“Todos nós da Dorna, em conjunto com a Federação Internacional de Motociclismo, estamos muito felizes por entrar nesse mundo da mobilidade elétrica. Uma opção que consideramos um caminho paralelo para o futuro”

Quem participa do desenvolvimento da categoria e já andou testando a máquina em pista foi o grande Loris Capirossi e não se decepcionou:

“É bem diferente, pois pilotei os outros tipos de moto a vida inteira! Foram primeiramente as de 2 tempos, depois 4 tempos e agora tive a oportunidade de subir em uma elétrica. Gostei! O torque é incrível e você pode brincar com o acelerador. A potência está sempre lá, disponível. Já o som, o som… NÃO é SOM! É algo muito diferente e na primeira vez que pilotei, coloquei o joelho para baixo e só ouvi o som do joelho raspando no chão”

Loris Capirossi pilotando a MotoE - Foto: MotoGP.com
Loris Capirossi pilotando a MotoE – Foto: MotoGP.com

Mas CALMA, o projeto entrará nas pistas apenas em 2019! Por enquanto é acompanhar as novidades e ver um pouco do evento de lançamento: