Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – GP BRASIL – Autódromo pronto, Viracopos recebe equipamentos e...

FÓRMULA 1 – GP BRASIL – Autódromo pronto, Viracopos recebe equipamentos e carros – 2017

118

E as obras necessárias no Autódromo de Interlagos para a 46ª Edição do GP Brasil de Fórmula e a 19º Etapa da temporada 2017, estão prontas! Os modificações de pista, paddock, centro de comando e edifício de apoio foram concluídas! As obras foram realizadas Prefeitura de São Paulo, em parceria com o Ministério do Turismo, e divididas em dois lotes: Obras de Paddock custeados pelo Governo Federal (R$ 14 milhões) e as obras de pista pagas pela Prefeitura (R$ 7 milhões). As mudanças e melhorias foram necessárias para atender as exigências da FIA e também para evolução de estrutura para atendimento a outros tipos de eventos, ampliando assim as possibilidades de utilização do local.

AS OBRAS – ESTRUTURA
Autódromo de Interlagos – Foto: HELOISA BALLARINI / SECOM / FOTOS PÚBLICAS

No PADDOCK, tivemos mudanças na sala de imprensa, edifício da administração e estrutura metálica. A sala de imprensa foi demolida e o prédio antigo da administração foi convertido no CENTRO DE MÍDIA – melhores condições para os jornalistas. A estrutura metálica que existia na parte de cima do paddock foi removida.

O EDIFÍCIO DE APOIO, que fica atrás dos boxes, foram finalizadas as obras de ACESSIBILIDADE: Nova escada, novas passarelas para acesso ao paddock e o melhor, 2 elevadores para pessoas com necessidades especiais. Ainda, teremos sistema de ar-condicionado local. Já no CENTRO OPERACIONAL, que fica ao lado dos boxes, TODAS as exigências dos Bombeiros foram atendidas, principalmente a instalação de dispositivos de combate à incêndio.

AS OBRAS – PISTA
Autódromo de Interlagos – Foto: HELOISA BALLARINI / SECOM / FOTOS PÚBLICAS

Para este ano, com o aumento na velocidade dos carros, uma série de RECOMENDAÇÕES da FIA foram acatadas pela Prefeitura e implantadas:

  • Ranhuras na pista (grooving): Reta oposta e na subida do café
  • Recapeamento: “S do Senna” e a curva da junção/subida do café
  • Outras: Novas barreiras de pneus, zebras, guard-rails, softwall (colchão de ar colocado na frente dos muros para amenizar impacto) e pintura antiderrapante
PREPARATIVOS

E nesta terça-feira (31/10) começaram as movimentações de carros e equipamentos. Mais uma vez (16ª vez), o aeroporto definido como oficial é o de Viracopos em Campinas/SP. Estima-se que mais de 600 toneladas serão transportados em 7 big aviões Boeing 747. Depois, através de caminhões e carretas, tudo será transferido para o Autódromo de Interlagos na capital paulista. Estima-se mais de 80 carretas/caminhões para o trabalho.

Foto: Blog Aviação em Detalhes

Ao todo serão 4 dias para a chegada de todo o material/carros/equipamentos: de 30/10 à 03/11. O diretor-presidente da Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, Gustavo Mussnich, deixa clara a satisfação por fazer parte da operação:

“É uma honra receber o GP BRASIL de FÓRMULA 1 mais uma vez. Nosso objetivo é continuar a realizar esta operação no Terminal de Cargas de Viracopos, que é um dos mais seguros, ágeis e eficientes da América Latina”

E o diretor de Operações, Marcelo Mota, ressalta a boa estrutura de Viracopos para tal atividade:

“A infraestrutura do terminal e a operação especial montada pelo aeroporto são essenciais para a eficiência operacional que o GP do Brasil de Fórmula 1 precisa”

Fontes de informação: Aviação em Detalhes e Site Oficial Autódromo de Interlagos