Início Stock Car STOCK CAR – Resultado Final – 7ª Etapa – Velo Città –...

STOCK CAR – Resultado Final – 7ª Etapa – Velo Città – 2017

99
Foto: Duda Bairros / VICAR / Fotos Públicas

Neste domingo (06/08/2017) tivemos a 7ª etapa da Stock Car 2017 na estreia do Autódromo do Velo Città na categoria.

Na Corrida 1, largada com Átila na pole, seguido de Daniel Serra e Felipe Fraga. Ao apagar das luzes, Fraga ultrapassou Serra e acabou tocando em Átila Abreu que teve seu pneu furado. Assim, Fraga assumiu a ponta. Em seguida, foi anunciado que o piloto da CIMED RACING teria que pagar punição – drive through – pelo toque no piloto da Shell Racing. Mas rapidamente, Lube – chefe de equipe de Fraga – argumentou com a direção da prova que Felipe apenas havia tocado em Átila por ter sido tocado também! A direção reavaliou e RETIROU a punição! Situação parecida ocorreu com toque de Marcos Gomes em Max Wilson, mas neste caso o piloto da CIMED foi desclassificado na volta 4.

Desta forma, Fraga seguiu na liderança da prova até a bandeirada final! Em prova com muitos toques, rodadas e Safety Car (4x) todas as estratégias foram por água abaixo e uma bagunça generalizada após paradas de boxes. Consequência? Alguns se beneficiaram e outros se complicaram. Foram os casos de Cacá Bueno e Vitor Genz, que mesmo sem uma prova FABULOSA, acabaram no pódio. O contrário podemos dizer de Daniel Serra, Casagrande e Barrichello que terminaram, respectivamente, em 8º, 9º e 16º.

“Foi um dos momentos mais inacreditáveis da minha carreira. Eu recebi uma punição, mas que foi tirada com justiça pelos comissários ainda durante a corrida. Estou feliz e gostaria de agradecer minha família e todos da Cimed. A equipe vem com tudo para lutar pelo título em mais uma temporada” – Fraga

Átila Abreu, que com pneu furado em virtude do toque de Fraga, chegou a se posicionar em último, também foi beneficiado pelas bandeiras amarelas e terminou em 10º, sendo NOVAMENTE, pole position na prova #2. O vice-líder, Thiago Camilo e Antonio Pizzonia fecharam o TOP5.

Já na Corrida 2, Átila Abreu largou na pole, seguido de Casagrande, Serra, Jimenez, Galid Osman, Pizzonia, Thiago Camilo, Genz, Cacá e Fraga no TOP10. O piloto da Shell Racing, pole das 2 provas, conseguiu fazer prova limpa e escapando de incidentes. Desta forma, venceu de ponta a ponta a prova #2 e conseguiu dar um belo salto no campeonato!

Daniel Serra, largando em 3º, conseguiu avançar 1 posição para cima de Casagrande e fechou em 2º. Thiago Camilo até tentou atrapalhar a vida de Gabrel e tomar o pódio, mas Casagrande mostrou mais uma vez a que veio e total condição de disputar com os gigantes da categoria. Assim, Casagrande fechou o pódio, seguido de Camilo e Júlio Campos no TOP5. E se o que foi ruim na prova #1, ficou pior para Rubens Barrichello, Ricardo Zonta e Denis Navarro que se envolveram em toque, com Barrichello e Navarro abandonando.

Foto: Victor Eleutério / Fotos Públicas

“Nem o melhor roteirista de cinema conseguiria escrever que eu ganharia a segunda e não a primeira corrida. O fim de semana tinha começado muito bem, tive a pole position, mas depois do que aconteceu na primeira prova, com o pneu furado, o restante tinha tudo para ser uma tragédia. O importante é nunca perder a fé e ter confiança de que as coisas vão dar certo. Quero agradecer a Shell Racing, que me deu um carro perfeito e me acalmou e deu tranquilidade após os problemas. O trabalho da equipe foi perfeito e todas as decisões foram certas. Fui orientado a não gastar push na primeira prova e com isso tinha push para todas as voltas na segunda prova” – Átila Abreu

RESULTADOS FINAIS

CORRIDA #1

1º – #40 – Felipe Fraga – (Cimed Racing Team)
2º – #0 – Cacá Bueno – (Cimed Racing) – a 1s856
3º – #46 – Vitor Genz – (Eisenbahn Racing Team) – a 3s122
4º – #21 – Thiago Camilo – (Ipiranga Racing) – a 4s248
5º – #1 – Antonio Pizzonia – (Prati-Donaduzzi Racing) – a 5s367
6º – #28 – Galid Osman (Ipiranga Racing) – a 6s465
7º – #73 – Sergio Jimenez – (Bardahl Hot Car) – a 9s158
8º – #29 – Daniel Serra – (Eurofarma RC) – a 9s545
9º – #83 – Gabriel Casagrande – (Vogel Motorsport) – a 9s855
10º – #51 – Átila Abreu – (Shell Racing) – a 10s143
11º – #4 – Julio Campos – (Prati-Donaduzzi Racing) – a 10s791
12º – #25 – Tuka Rocha – (RCM Motorsport) – a 11s618
13º – #18 – Allam Khodair – (Full Time Sports) – a 17s769
14º – #77 – Valdeno Brito – (Eisenbahn Racing Team) – a 21s462
15º – #12 – Lucas Foresti – (Full Time Academy) – a 21s966
16º – #111 – Rubens Barrichello – (Full Time Sports) – a 35s037
17º – #10 – Ricardo Zonta – (Shell Racing) – a 36s520
18º – #9 – Guga Lima – (Bardahl Hot Car) – a 42s817
19º – #90 – Ricardo Mauricio – (Eurofarma RC) – a 53s865
20º – #8 – Rafael Suzuki – (Cavaleiro Sports) – a 57s047
21º – #70 – Diego Nunes – (Hero Motorsport) – a 1min10s351
22º – #5 – Denis Navarro – (Cimed Racing Team) – a 1min11s818
23º – #3 – Bia Figueiredo – (Full Time Academy) – a 1min24s102
24º – #188 – Beto Monteiro (Scuderia Colon) – – a 1 volta
25º – #117 – Guilherme Salas – (Vogel Motorsport) – a 4 voltas
26º – #30 – Cesar Ramos – (Blau Motorsport) – a 10 voltas
27º – #44 – Betinho Valério – (Hero Motorsport) – a 13 voltas
28º – #31 – Marcio Campos – (Blau Motorsport) – a voltas
29º – #110 – Felipe Lapenna – (Cavaleiro Sports) – a 22 voltas
30º – #65 – Max Wilson – (RCM Motorsport) – a 22 voltas
31º – #80 – Marcos Gomes – (Cimed Racing) – a 22 voltas

CORRIDA #2

1º – #51 – Átila Abreu – (Shell Racing)
2º – #29 – Daniel Serra – (Eurofarma RC) – a 0s824
3º – #83 – Gabriel Casagrande – (Vogel Motorsport) – a 11s889
4º – #21 – Thiago Camilo – (Ipiranga Racing) – a 12s395
5º – #4 – Julio Campos – (Prati-Donaduzzi Racing) – a 23s949
6º – #1 – Antonio Pizzonia – (Prati-Donaduzzi Racing) – a 26s999
7º – #30 – Cesar Ramos – (Blau Motorsport) – a 29s126
8º – #18 – Allam Khodair – (Full Time Sports) – a 30s533
9º – #46 – Vitor Genz – (Eisenbahn Racing Team) – a 33s224
10º – #0 – Cacá Bueno – (Cimed Racing) – a 34s817
11º – #10 – Ricardo Zonta – (Shell Racing) – a 35s235
12º – #117 – Guilherme Salas – (Vogel Motorsport) – a 40s151
13º – #80 – Marcos Gomes – (Cimed Racing) – a 41s821
14º – #25 – Tuka Rocha – (RCM Motorsport) – a 42s525
15º – #77 – Valdeno Brito – (Eisenbahn Racing Team) – a 43s071
16º – #40 – Felipe Fraga – (Cimed Racing Team) – a 43s165
17º – #8 – Rafael Suzuki – (Cavaleiro Sports) – a 46s238
18º – #70 – Diego Nunes – (Hero Motorsport) – a 47s154
19º – #28 – Galid Osman – (Ipiranga Racing) – a 51s838
20º – #188 – Beto Monteiro (Scuderia Colon) — a 52s962
21º – #9 – Guga Lima – (Bardahl Hot Car) – a 57s903
22º – #3 – Bia Figueiredo – (Full Time Academy) – a 58s904
23º – #12 – Lucas Foresti – (Full Time Academy) – a 1min18s573
24º – #90 – Ricardo Mauricio – (Eurofarma RC) – a 7 voltas
25º – #31 – Marcio Campos – (Blau Motorsport) – a 11 voltas
26º – #73 – Sergio Jimenez – (Bardahl Hot Car) – a 18 voltas
27º – #110 – Felipe Lapenna – (Cavaleiro Sports) – a 26 voltas
28º – #111 – Rubens Barrichello – (Full Time Sports) – a 26 voltas
29º – #5 – Denis Navarro – (Cimed Racing Team)
30º – #44 – Betinho Valério – (Hero Motorsport)
31º – #65 – Max Wilson – (RCM Motorsport)

CAMPEONATO

Com os resultados de hoje, a liderança não troca de mãos, mas tivemos uma boa mexida na classificação geral! Átila Abreu e Fraga sobem, Ricardinho e Rubinho caem! Veja como ficou a classificação do campeonato após as 7 etapas:

PRÓXIMA CORRIDA

E o próximo encontro será em Londrina/PR nos dias 08, 09 e 10/09/2017. Veja o calendário completo!