Início Red Bull Air Race Red Bull Air Race – Resultado Final – 5ª Etapa – Kazan...

Red Bull Air Race – Resultado Final – 5ª Etapa – Kazan / Rússia – 2017

59

América do Norte voando alto

Realizada na manhã deste domingo a 5ª Etapa do Red Bull Air Race – Corrida Aérea – em Kazan na Rússia o piloto americano Kirby Chambliss venceu a segunda prova consecutiva seguido do canadense Pete McLeod e do compatriota Michael Goulian em terceiro. Assumiu assim a liderança da competição com 40 pontos, seguido por Muroya e Sonka com 39 e McLeod com 38 pontos. Campeonato aberto faltando etapas de Portugal, Alemanha e Estados Unidos com 45 pontos em disputa.

Kirby Chambliss na volta vencedora.

Créditos: Red Bull TV

O “Round of 14” estabelecido ontem  que é disputado para estabelecer as 4 duplas que seguirão na prova abateu três dos principais pilotos: Muroya que estava na liderança, Sonka e o atual campeão Dolderer. A chuva fina, nebulosidade e o vento forte seguramente contribuiram para complicar o vôo de todos os pilotos. O “Round of 8” ficou assim estabelecido:

Créditos: Red Bull TV

Os sete melhores tempos mais o melhor dos outros sete se classificaram e foram emparceirados da seguinte forma:

Créditos: Red Bull TV

Round of 8

O primeiro a entrar na pista foi Chambliss passando dentro do limite de velocidade com 200.1 knots e fechou uma volta limpa com 59.157s. Levot foi o segundo passando com 199.7 knots e cometeu uma penalidade ao cortar um pilão que lhe rendeu +2″, assim terminou o duelo com 1’02.887″. Chambliss passou.

Momento em que Levot corta o pilão.

Créditos: Red Bull TV

Bolton abriu o segundo duelo com 201.6 knots e foi punido duas vezes. Com +3″ conseguiu o tempo de 1’03.8″. Goulian entrou na pista a 198.6 knots e teve uma punição de +3″ terminando com 1’00.537″. Passou Goulian.

Momento em que Goulian aguarda revisão da punição que foi confirmada.

Créditos: Red Bull TV

Terceira dupla inicia a volta com Kopfstein a 197,2 knots e numa volta limpa termina as duas passagens pela pista com o melhor tempo de 58.380″. Velarde iniciou com 199.3 knots e também fez uma volta limpa, porém conseguiu apenas 59.319″. Kopfstein passou para final.

Velarde terminando sua passagem pela pista.

Créditos: Red Bull TV

Última dupla a entrar na pista teve o bi-vice campeão australiano Matt Hall passando o portão de largada com 198.7 knots. Ao bater num pilão foi punido com +3″ terminando suas duas voltas com 1’01.953″. O canadense Pete McLeod cumpriu tabela então e entrou com 194 knots fazendo uma volta limpa em 59.596″. Passou McLeod. A Final 4 ficou assim determinada: Chambliss, Goulian, Kopfstein e McLeod nesta ordem.

A disputa será piloto a piloto e o melhor tempo vence.

McLeod iniciando loop.

Créditos: Red Bull TV

Quatro pilotos, um vencedor

Comandante Chambliss mostrou porque é uma das lendas do Air Race. Iniciou sua passagem pela pista com 194.7 knots e fez uma volta fantástica, vencedora, limpa e sem punições, marcando o tempo de 58.378″. O também americano Goulian entrou na pista a 195.9 knots, também cumpriu volta limpa mas terminou com 59.650″. O único representante europeu na final, Kopfstein aumentou a velocidade de entrada e passou a 199 knots. A vontade de passar Chambliss teve ter desconcentrado o piloto que cometeu duas penalidades e fou punido com +6″ terminando a volta com 1’04.297″. Novamente último a entrar na pista, McLeod passou a 199.3 knots e com uma punição por erro de nível no pilão 3 somou 2″ ao seu tempo e terminou com 59.125 na segunda posição.

Kirby Chambliss descendo de seu EDGE 540 V3 e comemorando vitória em Kazan.

Créditos: Red Bull TV

Red Bull Air Race 2017 está se mostrando o campeonato mais disputado de todas as temporadas. Quatro pilotos separados por 2 pontos. Próxima etapa será em Porto / Portugal nos dias 2 e 3 de setembro. Tripulação TDT, decolagem autorizada!

Créditos: Red Bull TV